Trump e Putin conversam pela primeira vez após bombardeios dos EUA contra base aérea síria - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Diplomacia02/05/2017 | 08h10Atualizada em 02/05/2017 | 08h13

Trump e Putin conversam pela primeira vez após bombardeios dos EUA contra base aérea síria

Diálogo entre os presidentes norte-americano e russo ocorrerá na tarde desta terça-feira, pelo horário de Washington

Trump e Putin conversam pela primeira vez após bombardeios dos EUA contra base aérea síria JIM WATSON / Alexey DRUZHININ/AFP
Presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump (à esquerda), e da Rússia, Vladimir Putin (à direita) Foto: JIM WATSON / Alexey DRUZHININ / AFP
AFP
AFP

O presidente norte-americano Donald Trump conversará por telefone, nesta terça-feira, com o mandatário russo Vladimir Putin. O diálogo foi confirmado pelos porta-vozes da Casa Branca e do Kremlin.

— Confirmamos que a conversa acontecerá esta terça-feira à tarde, horário de Washington — afirmou o porta-voz do governo russo, Dmitri Peskov.

Esta será a terceira conversa por telefone entre os dois presidentes desde que o republicano chegou à Casa Branca. Em 28 de janeiro, Trump e Putin conversaram sobre como derrotar o grupo extremista Estado Islâmico (EI). No dia 3 de abril, Trump ligou para Putin com o objetivo de expressar solidariedade após o atentado no metrô de São Petersburgo que deixou 15 mortos.

Leia mais
Congresso dos EUA consegue acordo sobre orçamento, mas ignora muro
Relembre os primeiros meses do governo Trump em 10 tuítes
Luiz Antônio Araujo: Cem dias de fiasco na Casa Branca

Os temas que os dois devem abordar durante a conversa desta terça-feira não foram divulgados, mas a ligação acontecerá depois dos bombardeios dos Estados Unidos, em abril, contra uma base aérea do regime sírio, que tem a Rússia como principal aliado.

Putin e Trump ainda não se encontraram pessoalmente, apesar das promessas eleitorais do candidato republicado de normalizar as relações entre Rússia e Estados Unidos. O primeiro encontro entre os dois está previsto para a reunião de cúpula do G20, nos dias 7 e 8 de julho em Hamburgo, Alemanha.

Durante a campanha eleitoral e nos primeiros dias como presidente, Donald Trump defendeu uma aproximação com a Rússia, que demora a ser traduzida em gestos concretos após 100 dias no poder. As divergências entre os dois países são grande sobre a Síria, Ucrânia, Coreia do Norte e Afeganistão.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVazamento compromete abastecimento no bairro Espinheiros em Joinville  https://t.co/INbz8N4FLP #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidente entre caminhão e moto deixa ferido na Serra Dona Francisca  https://t.co/rkmwqksajX #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros