Entenda como será a eleição presidencial na França - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Disputa04/05/2017 | 12h03Atualizada em 04/05/2017 | 12h14

Entenda como será a eleição presidencial na França

Cerca de 47 milhões de eleitores estão registrados para escolher, no próximo domingo (7), o sucessor de François Hollande

Entenda como será a eleição presidencial na França JOEL SAGET,ERIC FEFERBERG/AFP
Foto: JOEL SAGET,ERIC FEFERBERG / AFP
AFP
AFP

Quase 47 milhões de eleitores estão registrados para votar no segundo turno da eleição presidencial francesa, no próximo domingo (7), para escolher o sucessor do socialista François Hollande.

Como se elege o presidente? 

O chefe de Estado é eleito por sufrágio universal direto, em votação uninominal majoritária em dois turnos, por um mandato de cinco anos — renovável uma vez.

Para ser eleito, o candidato deve obter a maioria absoluta dos votos expressos em um ou dois turnos, independentemente da taxa de participação.

O voto em branco, que permite expressar uma rejeição das opções propostas, não é reconhecido na França. Desde a promulgação de uma lei em 2014, esses votos são contados separadamente dos votos nulos e somados como tal na ata de cada colégio eleitoral, mas não são tidos em conta no cálculo dos votos expressos.

Leia mais
Em vídeo, Obama declara apoio a Macron na eleição presidencial francesa
Os principais pontos dos programas de governo de Macron e Le Pen
Luiz Antônio Araujo: Animais e insubmissos

Os últimos presidentes

2012-2017 : François Hollande (socialista)
2007-2012: Nicolas Sarkozy (direita)
1995-2007: Jacques Chirac (direita), um mandato de sete anos e outro de cinco
1981-1995 : François Mitterrand (socialista), dois mandatos de sete anos

Quem são os candidatos? 

Os eleitores deverão escolher entre Marine Le Pen, de 48 anos (Frente Nacional, de extrema-direita) e Emmanuel Macron, 39 anos (Em Marcha!, de centro).

Como acontece a votação? 

Nas listas eleitorais, estão inscritos 46,97 milhões de eleitores, dos quais 1,3 milhão de residentes franceses no exterior.

No sábado, a votação será realizada nas Antilhas francesas, na Guiana (América do Sul), em São Pedro e Miquelón (arquipélago francês da América do Norte) e na Polinésia francesa (Pacífico sul).

São 66.546 locais de votação na França. Para garantir a segurança, serão mobilizados mais de 50 mil policiais e gendarmes, apoiados por 7 mil militares.

E os resultados?

A lei francesa proíbe a publicação de resultados, exceto aqueles relacionados à participação, antes do encerramento da votação às 20h locais para evitar influenciar os eleitores. As primeiras estimativas serão atualizadas com frequência durante a noite.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia"São infelizes coincidências", diz secretário sobre ataques a agentes prisionais em SC https://t.co/l7puETDfhv #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMorre Uno Theilacker, ex-ciclista premiado de Joinville https://t.co/jqZFCzrkHQ #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros