China pede a suspensão de escudo antimísseis dos EUA na Coreia do Sul - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Diplomacia02/05/2017 | 09h22Atualizada em 02/05/2017 | 09h22

China pede a suspensão de escudo antimísseis dos EUA na Coreia do Sul

Na segunda-feira, autoridades norte-americanas afirmaram que o sistema THAAD já está "operacional" para interceptar mísseis da Coreia do Norte

AFP
AFP

A China pediu, nesta terça-feira (2), a suspensão "imediata" da instalação do sistema antimísseis norte-americano THAAD na Coreia do Sul, horas depois de Washington confirmar que o equipamento já está operacional para contra-atacar a ameaça da Coreia do Norte.

— A posição da China é clara e firme. Somos contrários à instalação do sistema THAAD e pedimos às partes envolvidas que interrompam imediatamente a instalação. Tomaremos as medidas necessárias para defender nossos interesses — afirmou o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Geng Shuang.

Leia mais
Trump e Putin conversam pela 1ª vez após ataque dos EUA contra base síria
Presidente chinês pede a Trump para conter tensão com Coreia do Norte
Coreia do Norte ameaça atacar porta-aviões dos Estados Unidos 

Na segunda-feira, o coronel Rob Manning, porta-voz das forças americanas na Coreia do Sul, anunciou que o sistema THAAD já estava "operacional", com a "capacidade de interceptar os mísseis norte-coreanos".

Outra fonte norte-americana, que falou à AFP na condição de anonimato, indicou, no entanto, que o sistema instalado alcançou apenas a "capacidade inicial de interceptação".

O porta-voz chinês expressou, ao mesmo tempo, satisfação com as declarações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que estaria disposto a uma reunião com o dirigente norte-coreano Kim Jong-Un "sob as circunstâncias adequadas".

— A prioridade urgente é tomar medidas para reduzir a tensão. E uma das medidas eficazes para fazer isto é retomar as negociações de paz com a Coreia do Norte — disse.

A China, assim como os Estados Unidos, denuncia o programa nuclear e balístico da Coreia do Norte. Washington, no entanto, deseja que Pequim faça mais para convencer o regime norte-coreano a abandonar seus projetos.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVazamento compromete abastecimento no bairro Espinheiros em Joinville  https://t.co/INbz8N4FLP #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidente entre caminhão e moto deixa ferido na Serra Dona Francisca  https://t.co/rkmwqksajX #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros