Mais de 400 civis fugiram do leste de Aleppo para bairros sob controle do governo - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Beirute27/11/2016 | 07h24

Mais de 400 civis fugiram do leste de Aleppo para bairros sob controle do governo

Mais de 400 civis fugiram durante a noite deste sábado dos bairros rebeldes do leste de Aleppo para uma área sob controle governamental, anunciou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A fuga dos civis aconteceu depois que o exército sírio assumiu o controle de Massaken Hanano, o principal bairro de Aleppo em poder dos rebeldes.

Uma parte dos habitantes dos bairros rebeldes de Haydariyé e Shaar foram para Massaken Hanano durante a noite, informou o OSDH.

Esta reconquista, anunciada pela imprensa oficial, poderia significar um importante avanço das forças do presidente Bashar al Assad na ofensiva por retomar a segunda cidade da Síria.

Segundo o OSDH, os combates aconteceram na madrugada de domingo entre forças do regime e grupos rebeldes nos bairros vizinhos de Haydariyé e Sakhur.

Estas áreas também foram afetadas por disparos de obuses das forças do regime, afirmou a ONG.

A imprensa do governo comemorou o "êxito" das forças governamentais e assegurou que continuarão avançando neste domingo.

No sábado, ao menos 18 civis morreram em ataques do regime e disparos de artilharia em vários bairros do leste de Aleppo. Desde que começou a ofensiva, no dia 15 de novembro, morreram na área 219 civis, entre eles 27 crianças, segundo o OSDH.

Por sua vez, os rebeldes intensificaram no sábado seus disparos de foguetes contra os bairros leste, onde mataram quatro civis e feriram dezenas de pessoas, segundo a mesma fonte. Um total 27 civis, entre eles 11 crianças, morreram na operação.

Mais de 300.000 pessoas morreram neste conflito que começou em 2011.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem é detido após roubo e tentativa de estupro em Joinville https://t.co/pp58RfG5Jv #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaIlha em SC está à venda por R$ 5,5 milhões https://t.co/AioY9C9zRf #LeianoANhá 2 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca