Diretor da CIA acredita que romper acordo nuclear com o Irã seria "desastroso" - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Diplomacia30/11/2016 | 09h37Atualizada em 30/11/2016 | 09h37

Diretor da CIA acredita que romper acordo nuclear com o Irã seria "desastroso"

Trump prometeu rever o pacto durante a campanha, mas o assunto não voltou a ser mencionado após a vitória do republicano nas eleições

AFP
AFP

Romper o acordo nuclear entre as grandes potências e o Irã, como prometeu o presidente eleito dos Estados Unidos Donald Trump, seria desastroso e um disparate, afirmou à BBC, na terça-feira, o diretor da CIA, John Brennan.

— Creio que seria desastroso. Em primeiro lugar, um governo romper um acordo do anterior não teria precedente, e poderá provocar uma corrida armamentista no Irã, que levaria outros países da zona a embarcar em seus próprios programas — afirmou. — Dessa forma, acho que seria um grande disparate que o próximo governo venha a romper o acordo — concluiu.

Leia mais
Em processo de transição, Trump ainda busca chefe da diplomacia 
Barack Obama afirma que "Michelle nunca será candidata"
Irã envia armas aos rebeldes no Iêmen através da Somália, afirma investigação

Donald Trump não voltou a mencionar este tema desde que venceu as eleições, mas já escolheu o substituto de John Brennan, Mike Pompeo, um "falcão" da Câmara de Representantes muito crítico com relação ao Irã.

O futuro diretor da CIA escreveu no Twitter, um dia antes de sua nomeação, que pretendia "revisar este acordo desastroso com o grande patrocinador do terrorismo".


 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMototaxista é morto por cliente em tentativa de assalto em Joinville https://t.co/UfHzk51t5fhá 41 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMotoristas enfrentam lentidão na BR-280, entre São Francisco e Guaramirim https://t.co/TpOD5RNYfphá 1 horaRetweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros