Um em cada cinco japoneses pode morrer de exaustão, alerta governo - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Tóquio08/10/2016 | 12h05

Um em cada cinco japoneses pode morrer de exaustão, alerta governo

Um em cada cinco japoneses economicamente ativo pode morrer de exaustão, de acordo com um relatório do governo sobre esse fenômeno característico da sociedade japonesa.

O Japão registra anualmente centenas de falecimentos por exaustão (causadora de infarto, acidente vascular cerebral e suicídio) e numerosos problemas de saúde graves, o que resulta em processos judiciais e em pedidos para que o problema seja resolvido.

O relatório faz parte do livro branco sobre o 'karoshi', a morte por fadiga no trabalho, um documento aprovado na sexta-feira pelo gabinete do primeiro-ministro, Shinzo Abe.

Embora a imagem típica do japonês que trabalha muitas horas e toma o último trem para voltar para casa esteja mudando, os trabalhadores do país passam mais horas em seu local de trabalho do que os que vivem em outras economias modernas.

Segundo o relatório, 22,7% das companhias japonesas consultadas entre entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016 declarou que seus funcionários faziam mais de 80 horas extras por mês.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidente entre carro e ônibus deixa um ferido em Joinville https://t.co/aH1hzgjIfn #LeianoANhá 8 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPrefeitura realiza 1ª Caminhada Mexa-se Outubro Rosa em Joinville https://t.co/EeAK3fPRXe #LeianoANhá 37 minutosRetweet

Mais sobre

A Notícia
Busca