Revólver com que Verlaine quase matou Rimbaud será leiloado - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Paris19/10/2016 | 13h43

Revólver com que Verlaine quase matou Rimbaud será leiloado

O revólver com o que o poeta francês Paul Verlaine feriu Arthur Rimbaud em uma tarde de julho de 1873, em Bruxelas, será leiloado em Paris em 30 de novembro pela Christie's, anunciou nesta quarta-feira a casa leiloeira britânica.

Às duas horas da tarde de 10 de julho de 1873, foram ouvidos dois tiros provenientes do quarto de um hotel da capital belga.

Verlaine, que tinha então 29 anos, abriu fogo contra Rimbaud, onze anos mais novo, também poeta e seu amante. Uma bala feriu a articulação de um punho do jovem, e a outra atingiu a parede e ricocheteou em direção à chaminé. Assim terminou o incidente com tiros mais famoso da literatura francesa.

O caso, denunciado à polícia por Rimbaud, marcou o fim da relação entre os dois escritores e levou Verlaine a ser detido, julgado e condenado a dois anos de prisão em agosto de 1873.

A arma do crime é um revólver de seis balas calibre 7 mm. Verlaine o havia comprado naquela mesma manhã em uma loja de Bruxelas, junto com uma caixa de 50 balas.

Confiscada pela Polícia, a pistola, de um modelo comum daquela época, foi depois devolvida à loja Montigny. Quando o negócio fechou, em 1981, a arma foi doada para o seu atual proprietário, que agora decidiu colocá-la à venda. O preço do revólver foi estimado entre 50.000 e 60.000 euros.

aje/ltl/age/db/mvv

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVocê sabe qual é o meio de transporte mais rápido na hora de pico na área central de Joinville? Confira: https://t.co/AugMvOEqmIhá 33 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC sofre segunda derrota no Campeonato Catarinense júnior https://t.co/gAyq4ukOv5 #LeianoANhá 1 horaRetweet

Mais sobre

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros