Comandante militar dos rebeldes ucranianos pró-Rússia morre em atentado - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

 

Donetsk17/10/2016 | 05h18

Comandante militar dos rebeldes ucranianos pró-Rússia morre em atentado

Um comandante militar dos rebeldes ucranianos pró-Rússia, Arseni Pavlov "Motorola", morreu no domingo na explosão de uma bomba em Donetsk (leste), anunciaram as autoridades locais.

O presidente ucraniano Petro Porochenko "violou a trégua e declarou guerra", disse o "presidente" da "República Popular de Donetsk" (DNR), Alexander Zakhartchenko, à imprensa.

A bomba foi colocada no elevador de um prédio e matou chefe militar e seu segurança, informou um soldado com o emblema da unidade Sparta, comandada por Pavlov.

"Foi uma operação do serviço ucraniano ou um golpe dos nossos", afirmou à AFP o soldado, que pediu anonimato.

Arseni Pavlov, que participou nas principais batalhas contra as forças ucranianas, ao redor do aeroporto de Donetsk, em Slaviansk, Ilovaisk e Debaltsevo, havia escapado de um atentado com bomba em junho em Donetsk, de acordo com as autoridades locais.

is-nm/fp

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC é liberado pela Justiça Desportiva de atender à solicitação da Polícia Militar https://t.co/maoHLXWUE8 #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPianista prodígio apresenta concerto gratuito em Joinville https://t.co/qAKLId5ivj #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca