Bombeiros buscam desaparecidos após explosão em fábrica na Alemanha - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Ludwigshafen17/10/2016 | 12h18Atualizada em 17/10/2016 | 12h22

Bombeiros buscam desaparecidos após explosão em fábrica na Alemanha

Causas do incidente na empresa produtora de líquidos inflamáveis e gases liquefeitos ainda é desconhecida

Bombeiros buscam desaparecidos após explosão em fábrica na Alemanha DANIEL ROLAND / AFP/AFP
Foto: DANIEL ROLAND / AFP / AFP
AFP
AFP

Várias pessoas estão desaparecidas e outras ficaram feridas após uma explosão registrada nesta segunda-feira em uma fábrica do grupo químico BASF em Ludwigshafen, no oeste da Alemanha. As informações foram anunciadas pelas autoridades locais e a empresa.

"A explosão, seguida de incêndios, foi registrada durante obras em um sistema de tubulação" indicou o grupo alemão em um comunicado.

No entanto, nem as autoridades locais, nem a empresa fornecem um balanço mais preciso sobre este incidente, registrado por volta das 7h30min, pelo horário de Brasília. As causas da explosão ainda não foram determinadas. A empresa também não informou que tipo de produto circulava pelas tubulações afetadas pela explosão.

Leia mais
Iraque inicia ofensiva para retomar Mossul do Estado Islâmico 
Erdogan: Turquia não permanecerá à margem de operação em Mossul
Doze civis são mortos após ataques em Aleppo, na Síria

As autoridades locais fizeram um apelo à população que vive perto do bairro de Edigheim para que "evite permanecer do lado de fora (de suas casas) e mantenha as portas e janelas fechadas". A orientação é que as creches e escolas mantenham as crianças no interior das mesmas.

Colunas de fumaça

A polícia local informou sobre um grande incêndio na fábrica e imagens divulgadas nas redes sociais mostravam uma espessa coluna de fumaça preta se elevando acima do porto fluvial da cidade, sobre o rio Reno, 80 km ao sul de Frankfurt.

Além da mobilização terrestre, os bombeiros utilizavam um barco em seus trabalhos, segundo a prefeitura.

Em sua conta do Twitter, a cidade anunciou que alguns habitantes se queixavam de irritação nas vias respiratórias. A empresa alemã anunciou que estabeleceu um centro de informação e uma linha telefônica de urgência para ajudar a população.

Segundo a agência de notícias alemã DPA, a fábrica de Landeshafen Norte trata anualmente de 2,6 milhões de toneladas de gases, líquidos inflamáveis e gases liquefeitos. A empresa é uma importante fornecedora para as outras atividades do grupo empresarial.

Ludwigshafen, uma cidade de cerca de 160 mil habitantes, abriga a sede da BASF e algumas fábricas do grupo. A empresa emprega cerca de 36 mil pessoas em nível local, de acordo com a prefeitura.

O grupo trabalha no setor petroquímico e também na produção de plásticos, produtos agrícolas e de manutenção.


 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSaúde deposita R$ 2,2 milhões para Hospital Infantil de Joinville https://t.co/Dtv609FQlBhá 4 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPrimeiro relatório da temporada aponta 44 pontos impróprios para banho em SC https://t.co/mWmj1CVZKehá 9 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros