Polícia Civil resgata cachorro vítima de maus-tratos em Araquari - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Meio ambiente03/10/2018 | 19h44Atualizada em 03/10/2018 | 20h08

Polícia Civil resgata cachorro vítima de maus-tratos em Araquari

O animal era mantido preso por uma corrente, em local sem higiene e não era alimentado

Polícia Civil resgata cachorro vítima de maus-tratos em Araquari Polícia Civil/Divulgação
O cachorro é de grande porte, extremamente dócil e está à espera de adoção Foto: Polícia Civil / Divulgação
A Notícia
A Notícia

Na tarde desta quarta-feira, 3, policiais civis de Araquari, na região Norte de Santa Catarina, foram averiguar uma denúncia de maus-tratos a um cachorro em uma casa no bairro Icaraí. Segundo a informação, tratava-se de um cachorro de grande porte que ficava nos fundos da residência. A denúncia afirmava que o animal ficava amarrado por uma corrente e em estado de quase inanição, já que não recebia cuidados nem os alimentos necessários à sobrevivência. 

No local, os policiais identificaram o animal e constataram que as informações registradas no Boletim de Ocorrência eram verdadeiras. O animal estava extremamente debilitado. Diante da situação, o cachorro foi encaminhado para realização de exames clínicos e, depois, levado até a Delegacia de Polícia Civil de Araquari.

Na delegacia, ele recebeu ração compradas pelo policiais, com recursos próprios. Ele está na delegacia, à espera de um lar adequado. De acordo com os policiais, o cachorro é extremamente dócil. A Delegacia de Araquari fica na Rua Prefeito Itamar B. Cordeiro, 51. O telefone é (47) 3447-1186.

Saiba como denunciar maus-tratos a animais:

A denúncia de maus-tratos a animais é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988. Se você presenciar maus-tratos a animais de qualquer espécie, tanto domésticos ou domesticados quanto silvestres ou exóticos, vá à delegacia de polícia mais próxima para registrar o Boletim de Ocorrência (BO), ou à Promotoria de Justiça do Meio Ambiente.

É possível denunciar também ao órgão público competente do município. Em Joinville, este contato pode ser feito via Ouvidoria

Configura em maus-tratos o abandono, a mutilação e o envenenamento de animais, assim como animais que ficam presos constantemente em correntes ou em cordas muito curtas, ou em lugar anti-higiênico, presos em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação. A utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, em situação de agressão física, exposto a esforço excessivo também são contra a lei federal. 



 
A Notícia
Busca