Veja os horários de funcionamento de empresas, bancos e órgãos públicos de Joinville nos jogos do Brasil - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Serviço15/06/2018 | 06h00Atualizada em 19/06/2018 | 18h06

Veja os horários de funcionamento de empresas, bancos e órgãos públicos de Joinville nos jogos do Brasil

Universidades, shoppings, comércio e escolas adotam horários diferenciados durante a Copa do Mundo

Veja os horários de funcionamento de empresas, bancos e órgãos públicos de Joinville nos jogos do Brasil Salmo Duarte/A Notícia
Repartição dos bombeiros voluntários de Joinville em clima de Copa do Mundo Foto: Salmo Duarte / A Notícia

No domingo, às três da tarde, milhões de brasileiros estarão na frente da televisão, sintonizados no rádio ou acompanhando em tempo real, na internet, a estreia da Seleção Brasileira na primeira fase da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O roteiro se repete durante as próximas semanas com mais dois jogos já marcados: na sexta-feira (22), às 9 horas, e, na quarta (27), às 15 horas. No entanto, as partidas ocorrem em horários comerciais e é preciso atenção para aqueles que têm compromissos como escola, trabalho e lazer.

Em Joinville, conhecida como a Cidade do Trabalho, empresas de diversos setores vão operar de forma diferenciada nessas datas, bem como órgãos públicos municipais e estaduais, bancos, comércio, escolas e universidades. Para ajudar nossos leitores, o A Notícia fez um levantamento de como essas instituições e companhias estão se organizando para os jogos do Brasil, confira:

Órgãos Públicos e Escolas

Municipais: A Prefeitura de Joinville terá alteração no expediente nos turnos das partidas. No dia 22, o expediente inicia ao meio-dia, após a partida entre Brasil e Costa Rica, marcada para às 9h. No dia 27, o expediente encerra às 14h, uma hora antes do início de Brasil e Sérvia. As alterações não abrangem os serviços de urgência e emergência ou serviços 24 horas, como Pronto Atendimentos, Samu, Hospital Municipal São José, CAPS III e Unidade de Acolhimento, Abrigo Infantil e Casa Abrigo Viva Rosa, que funcionarão normalmente.
As escolas da rede municipal de ensino não terão aula no turno em que os jogos estão marcados. Na sexta, 22, as unidades estarão fechadas pela manhã e funcionam à tarde. Já na quarta, 27, no período matutino haverá aula, no vespertino não.

Estaduais: O decreto 1.639/2018, publicado no Diário Oficial do Estado, estabelece as alterações previstas para as entidades da administração pública direta, autarquias e fundações. Nos dias úteis em que houver jogo do Brasil às 15h, o horário de expediente será das 8h às 13h30. Nos dias úteis em que o jogo da seleção for às 11h, o expediente será das 14h30 às 19h. Já quando a partida ocorrer às 9h em dias úteis, o horário de trabalho dos servidores será das 12h às 19h. O decreto prevê ainda que o servidor que não puder trabalhar no horário excepcional, por qualquer motivo, deverá cumprir o horário normal de expediente, apresentando justificativa prévia e formalizada à chefia imediata. As atividades que necessitem de turno especial de trabalho estão excluídas dos horários excepcionais previstos no decreto, cabendo aos titulares de cada órgão a integral preservação e o pleno funcionamento dos serviços considerados essenciais mesmo no horário dos jogos do Brasil.

Federais: A Portaria nº 143, de 1º de junho, estabelece que o expediente dos órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional nos dias de jogos da Seleção Brasileira, em caráter excepcional, ocorrerão da seguinte forma: I - nos dias em que os jogos se realizarem pela manhã, o expediente terá início a partir das 14h; e II - nos dias em que os jogos se realizarem à tarde, o expediente se encerrará às 13h. As horas não trabalhadas neste período deverão ser compensadas, a critério da instituição, até o dia 31 de outubro de 2018.

Escolas privadas têm autonomia na decisão de liberar ou não os alunos nos dias dos jogos da Seleção.

Universidades

UFSC: Segue as normas estabelecidas pelo Diário Oficial da União, na Portaria nº 143, de 1º de junho de 2018.

Udesc: As aulas serão suspensas para os estudantes no turno em que os jogos estão marcados. As atividades previstas para esses turnos devem ser repostas em outra data. Já os servidores da instituição devem cumprir o expediente nestas datas no mesmo turno ou contraturno dos jogos.

Católica de Santa Catarina: A universidade disponibilizará telão em uma sala específica, onde colaboradores e alunos poderão assistir aos jogos. Não haverá suspensão de aulas, somente intervalo durante o jogo para acompanhar e, em seguida, voltam para suas salas. Isso vale para todos os períodos de aulas.

Univille: As aulas serão suspensas para os estudantes no turno em que os jogos estão marcados. A instituição vai disponibilizar telão com pipoca no auditório para quem desejar assistir os jogos na universidade. Já os funcionários serão liberados 10 minutos antes dos jogos e também poderão assistir a Seleção em casa ou no auditório.

Shoppings

Garten Shopping: Durante a abertura do mundial e os jogos do Brasil, um painel de LED instalado na praça de alimentação vai realizar as exibições ao vivo (com som nas partidas que exibem a Seleção Brasileira). As lojas e os quiosques poderão fechar 15 minutos antes dos jogos do Brasil, com retorno 15 minutos depois. Nas partidas da amarelinha, também haverá o sorteio de brindes. O shopping manterá o horário normal de funcionamento.

Shopping Cidade das Flores: Televisores instalados na praça de alimentação vão realizar as exibições dos jogos ao vivo. As lojas e os quiosques poderão fechar 15 minutos antes dos jogos do Brasil, com retorno 15 minutos depois. O shopping manterá o horário normal de funcionamento.

Shopping Mueller: Em dias de jogos da Seleção Brasileira, o Shopping Mueller funcionará em horário diferenciado. No dia 17 de junho, data do primeiro jogo do Brasil, as lojas abrirão às 13h, fecham para o jogo e reabrem às 17h. Nos demais dias de jogos da Seleção, as lojas fecharão 15 minutos antes das partidas e retornarão 15 minutos após o término de cada jogo. A praça de alimentação foi decorada e o público poderá acompanhar as partidas do Brasil no local nos dias 17, 22 e 27 de junho. Ações com os clientes também ocorrerão na Praça de Alimentação, como distribuição de chapéus, óculos e bandeiras para fazer fotos e torcer. Um quiz sobre a Copa também divertirá o público nos intervalos e haverá troca de figurinhas. Uma programação diferenciada também foi elaborada para o público que passar pelo shopping durante o mundial. De 18 a 24 de junho, em um espaço exclusivo em frente à loja Marisa estão previstas atividades das 10h às 22h, com futebol de botão, torneio de FIFA, chute ao gol e torneio de embaixadinhas. Haverá também, um podium com camisa da seleção brasileira e bola para as pessoas fazerem fotos, além de televisores durante todo o dia transmitindo os jogos e distribuição de brindes. A participação é gratuita e sugerida para adultos e crianças a partir de 8 anos.

Comércio de rua

Em acordo firmado com entre o Sindicato dos Comerciários e o Sindilojas, com apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), ficou definido que a empresa que desejar liberar o empregado nos horários dos jogos poderá compensar; a empresa não é obrigada a fechar e fecha quem optar por isso; se optar por fechar/liberar os empregados, o empregador deve fazer isso 30 minutos antes do jogo e reabrir até 30 minutos após o jogo. Já a empresa que fechar e não liberar o empregado, não será considerado horário para compensação. Os horários de liberação podem ser negociados com os empregados podendo ser superior ao horário dos jogos.

Bancos

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou os horários de atendimento ao público nas agências bancárias durante os dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo da Rússia. Nessas datas, o Banco Central (BC) determinou, por meio de uma circular, que o atendimento seria de no mínimo quatro horas, sendo dispensado o cumprimento da regra em vigor, que prevê cinco horas obrigatórias e ininterruptas. Para os jogos das 9h, horário da segunda partida do Brasil na fase de grupos, na sexta-feira (22), agências de capitais, regiões metropolitanas e do interior do país deverão funcionar das 13h às 17h. Nas partidas das 11h, que podem ser disputadas a partir das oitavas de final pela seleção brasileira, os bancos funcionarão das 8h30 às 10h30 e das 14h às 16h. Já nos jogos das 15h, como é o caso do terceiro jogo do Brasil na fase de grupos, dia 27 de junho, e de algumas partidas das quartas e das semifinais que o Brasil pode vir a disputar, os bancos estarão abertos ao público das 9h às 13h.

Supermercados

Foram consultadas as redes de supermercados Angeloni; Giassi e Condor. Todas manterão os horários de funcionamento normais e não há previsão de alteração na escala de trabalho. No entanto, serão disponibilizados televisores em pontos estratégicos, como as praças de alimentação.

Empresas e instituições

*Companhias de diversos setores foram consultadas, veja abaixo a listagem das empresas que deram retorno ao jornal:

Autopista Litoral Sul: No domingo, 17, os funcionários do setor administrativo acompanham o jogo em um espaço preparado na empresa. A partida será acompanhada por meio de um  telão e TVs disponíveis nos demais locais de trabalho. No dia em que o jogo ocorre à tarde, os trabalhadores deste setor serão liberados mais cedo. Já o os colaboradores operacionais trabalham normalmente nas praças.

Ciser e empresas do Grupo H. Carlos Schneider de Joinville e Araquari: No dia 22, os membros das áreas administrativas de Joinville não trabalham no período da manhã e iniciam a jornada às 12h; nas áreas administrativas de Araquari, os funcionários devem assistir o jogo na empresa – serão disponibilizados televisores nas áreas; Já os trabalhadores do 1º turno, também devem assistir à partida na empresa, enquanto os do 2º turno, terão jornada normal. Na quarta-feira (27), tanto as áreas administrativas de Joinville quanto de Araquari, trabalham até 14h30 sem necessidade de retorno para a empresa neste dia. Os funcionários do 1º turno fazem jornada normal e os do 2º turno assistirão a Brasil e Sérvia na empresa, onde serão disponibilizados televisores nas áreas.

Conta Azul:  Os 350 funcionários da companhia de Joinville terão a liberdade para ver o jogo em outro lugar ou poderão ver na própria empresa, em um espaço com telão e que terá também bebidas (cervejas) e salgadinhos. Tanto a sede da empresa em Joinville, quanto o escritório recém inaugurado em São Paulo foram decorados com as cores da Seleção. Também foi criado um bolão corporativo para que os colaboradores possam participar.

Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville: Escala inalterada; A Unidade Central é equipada com TV e os bombeiros poderão acompanhar as partidas neste local.

Döhler: Terá horário de funcionamento normal e os funcionários vão poder acompanhar os jogos em um espaço preparado com telão na própria empresa.

Embraco: A empresa vai disponibilizar uma estrutura especial com telões dentro de suas unidades de Joinville e Itaiópolis para transmissão dos jogos aos colaboradores da operação. Colaboradores das áreas administrativas poderão optar entre assistir os jogos dentro ou fora da empresa.

Hospital Dona Helena: Será alterada parcialmente a jornada de trabalho no administrativo, que não mantém relação com a assistência a pacientes. No jogo do Brasil de domingo, o expediente será normal para as equipes de assistência e operacional. Enquanto no dia 22, sexta, o expediente das áreas citadas terá início às 13 horas. Já na outra quarta-feira, quando a partida ocorre às 15h, o expediente dessas áreas será feito até as 14 horas. Caso o Brasil avance para a 2ª fase, a administração do hospital está avaliando a seleção de pontos para concentração do pessoal no caso de jogos no meio do expediente. A unidade hospitalar também informa que, quanto ao pessoal da assistência que estará trabalhando, a coordenação de cada área avaliará como proceder para o pessoal ter acesso (parcial) aos jogos sem comprometer a assistência, tendo  em vista não prejudicar horários de alimentação, medicação, banhos, limpeza etc. Os países vencedores do campeonato servirão de inspiração para o cardápio dos funcionários no período dos jogos. Eles também poderão customizar camisetas nas cores da seleção para usar nos dias de jogos da seleção (as equipes administrativas terão a dispensa de uniforme) e será oferecido um workshop de customização. O refeitório e os elevadores serão decorados de verde-amarelo e o hospital disponibilizou ainda um bolão eletrônico para os funcionários darem seus palpites, no qual os três melhores serão premiados.

Lepper: As áreas comuns terão decoração e haverá telões e televisores para que os funcionários assistam os jogos na empresa, sendo que o período do jogo será abonado. Para haver uma confraternização, as pessoas poderão levar comidas e bebidas (não alcoólicas), apitos, vuvuzelas, e poderão estar caracterizados. Já para os funcionários com regime de banco de horas, estes poderão assistir os jogos fora da empresa, mas somente durante o período do jogo. Este momento será abonado, mas os minutos excedentes serão descontados do banco de horas. A Lepper também fornecerá pipoca para os torcedores.

Tigre: No Centro Administrativo - CAJ os profissionais serão liberados meia hora antes dos jogos do Brasil. No caso do jogo da manhã, retornam depois da partida. No setor, o RH fará uma “ambientação de Copa do Mundo” com bandeirinhas e decoração em verde e amarelo, sem telão. Nas fábricas, ainda não foi definido o procedimento a ser adotado.

Tupy: A empresa terá uma estrutura montada em toda a fábrica para que os funcionários possam assistir aos jogos do Brasil na Copa. Antes de cada jogo serão enviadas informações específicas para os funcionários de cada área.

Confira as datas e horários dos jogos do Brasil na 1ª fase da Copa do Mundo de 2018:
1. Brasil x Suíça: 17/06, domingo, às 15h
2. Brasil x Costa Rica: 22/06, sexta-feira, às 9h
3. Brasil x Sérvia: 27/06, quarta-feira, às 15h

* Todas as partidas da Seleção Brasileira terão transmissão ao vivo pela NSC TV e pela Rádio Globo Joinville.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona anuncia que Jackson Samurai passará por nova cirurgia e está fora da temporada https://t.co/LBxLTdxPua #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAprovado o projeto de lei que determina sinais sonoros em semáforos de Joinville  https://t.co/o9CqzQ4U7F #LeianoANhá 5 horas Retweet
A Notícia
Busca