Sem data para o asfaltamento da Prudente de Moares em Joinville - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Cidade02/05/2018 | 06h30Atualizada em 02/05/2018 | 06h30

Sem data para o asfaltamento da Prudente de Moares em Joinville

Após dois meses do anúncio de que a rua seria pavimentada, acordo entre Estado e Município está sendo elaborado e sem prazo para finalização. Só depois dinheiro será liberado

Sem data para o asfaltamento da Prudente de Moares em Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Camada asfáltica seria uma solução para uma reivindicação antiga dos moradores: a precariedade do calçamento. Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Moradores da rua Presidente Prudente de Moraes, em Joinville vão precisar aguardar, por um tempo indeterminado ainda, até que a rua seja asfaltada. Durante visita à cidade no final de fevereiro, o governador Eduardo Pinho Moreira prometeu a liberação de R$ 3,9 milhões para realização das obras, em um convênio com a Prefeitura. Dois meses após a promessa, os trabalhos ainda não começaram porque o acordo entre o Estado e o Município está sendo elaborado e não tem prazo para finalização.

Somente com a assinatura do acordo é que o dinheiro poderá ser liberado. Assim, a Prefeitura poderá lançar o edital de licitação, para contratar a empresa que realizará a obra de asfaltamento.

– Essa rua está horrível. Já prometeram asfaltar faz algum tempo e não sei o porquê isso ainda não aconteceu – reclama Cleonice Hermann, 35 anos, que passa duas vezes por dia na Prudente de Moraes para buscar a filha em um Centro de Educação Infantil (CEI).

A camada asfáltica seria uma solução para uma reivindicação antiga dos moradores: a precariedade do calçamento. A situação traz transtorno não somente aos moradores, já que a rua é uma via de alto fluxo de veículos e pedestres. A rua tem apenas 2,1 quilômetros de extensão, mas é muito importante para a fluidez do trânsito na zona Norte da cidade.

A Prudente de Moraes começa na rua Dr. João Colin, no bairro Santo Antônio, e termina na rua Guilherme, no Costa e Silva, cruzando outras ruas principais, como a Blumenau e a Marquês de Olinda. A via é considerada uma via coletora, já que tem como objetivo tornar o deslocamento mais fácil de uma região para outra, “coletando” e distribuindo o trânsito que entra ou sai das vias rápidas.

Ainda que a rua tenha a velocidade máxima de 60 km/h, por exemplo, os carros que decidem andar perto deste limite podem ter prejuízos. A a reportagem de “AN” contou pelo menos três buracos ao longo da extensão da rua e muitos condutores sendo surpreendidos por eles. Além disso, há paralelepípedos soltos e irregularidade.

A fonoaudióloga Francine Berti, 41 anos, enfrenta uma dessas crateras diariamente ao sair de casa. Em frente ao prédio onde ela reside, há uma “montanha” de pedras que foram retiradas da rua. A moradora conta que o buraco ocasiona acidentes, além de prejudicar a agilidade do trânsito porque os motoristas precisam andar em uma velocidade mais baixa para não depreciarem os veículos. Ela, por exemplo, precisou realizar a manutenção pelo menos duas vezes a mais depois que surgiu o buraco.

– O asfalto melhoraria e muito esses buracos, mas essa rua alaga em dias de chuva, então não tenho certeza se essa é a melhor saída – pondera Francine.

 JOINVILLE,SC,BRASIL,30-04-2018.Moradores cobram asfaltamenrto da rua Prudente de Moraes.Francine Berte,moradora.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)Indexador: Maykon Lammerhirt
Moradora Francine Berti passa os buracos da rua Prudente de Moraes todos os dias, um deles na saída do prédio em que mora.Foto: Salmo Duarte / A Notícia

 Projeto prevê microdrenagem, pavimentação e nova sinalização

O projeto de reforma da Prudente de Moraes contemplará a rede de microdrenagem, pavimentação asfáltica e nova sinalização de trânsito. De acordo com a Prefeitura, já foi realizado o cadastro no Sistema de Gestão Fundiária (Sigef), demonstrando o interesse em receber os recursos do governo Estadual para realização da obra.

Foram protocoladas todas as exigências de documentação. Agora, o município aguarda o retorno do Governo do Estado, de quando e como será disponibilizado esse dinheiro. Somente após este aval é que será lançada a licitação. Ainda não há prazo para o edital.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura (SIE) afirmou que o convênio está em fase final de elaboração. Na última segunda-feira, 23 de abril, recebeu a documentação da Prefeitura, com as correções nas planilhas e projeto, solicitadas pelas áreas técnica e jurídica do governo. Os dados estão em fase de lançamento no sistema e elaboração do convênio. A assinatura será anunciada por Pinho Moreira e não há data prevista, porque depende da agenda do governador. 

Leia mais
Confira mais notícias de Joinville e região no NSC Total


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPolícia apreende 288 quilos de maconha em Balneário Piçarras https://t.co/lK7JiiWRe5 #LeianoANhá 15 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMudanças no trânsito da rua Ottokar Doerffel começam neste sábado em Joinville https://t.co/BftrfS3xOY #LeianoANhá 16 horas Retweet
A Notícia
Busca