Resgatados cerca de 50 cães em situação de maus-tratos de canil clandestino em Jaraguá do Sul - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

 

Crime ambiental20/03/2018 | 13h23Atualizada em 20/03/2018 | 14h08

Resgatados cerca de 50 cães em situação de maus-tratos de canil clandestino em Jaraguá do Sul

Resgate aconteceu na manhã desta terça-feira, liderado pela Polícia Militar Ambiental

Resgatados cerca de 50 cães em situação de maus-tratos de canil clandestino em Jaraguá do Sul Marco Antonio Mendes / NSC TV/NSC TV
Eles estavam em situação de maus-tratos em canil de Jaraguá do Sul, apontam veterinários que estiveram no local Foto: Marco Antonio Mendes / NSC TV / NSC TV

A Polícia Militar Ambiental desmantelou um canil clandestino com aproximadamente 50 cães, entre filhotes e adultos, em uma propriedade rural de Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina. A operação de resgate dos animais ocorreu na manhã desta terça-feira (20) depois de uma denúncia feita por um grupo de protetores de animais atuante na cidade.

Os animais foram localizados em uma área de difícil acesso e em situação vulnerável. Tanto os filhotes quanto os adultos estavam em baias em situação delicada, muitos deles doentes, machucados e sem água ou alimentação. Um deles, um filhote, estava morto.

Veterinários presentes na ação comprovaram os maus-tratos, que serão destinados aos cuidados da Associação Jaraguaense Protetora dos Animais (Ajapra).

A suspeita da polícia é de que os bichos eram usados para reprodução e tinham seus filhotes comercializados em outras regiões do Brasil, em especial, o Estado de São Paulo. Foram capturados cachorros de sete raças no local como pug, buldogue francês, York, pequinês e chihuahua - cães que chegam a custar no mercado até R$ 5 mil.

Apesar de a reprodução para o comércio de animais ser permitida, nas condições em que ocorria na propriedade, os proprietários poderão ter que responder por crime ambiental. Eles não estavam na casa no momento da apreensão, mas devem ser identificados e as medidas cabiveis serão tomadas, conforme o sargento Emerson Feitosa.

— Os animais, principalmente os mais debilitados, estavam escondidos na última baia do canil em situação de maus-tratos. Tudo indica que a matriz reproduzia sem nenhum controle, sem acompanhamento de veterinário, sem alimentação adequada. Vamos buscar identificar e notificar os proprietários para lavrar o procedimento criminal e administrativo — afirma o policial.


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC reencontrará um velho conhecido na partida contra o Tombense https://t.co/WS0DFFZuEa #LeianoANhá 23 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaElevado da avenida Santos Dumont será interditado para conclusão da obra em Joinville https://t.co/HKCzhH36Ca #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca