SC é único Estado com saldo positivo na abertura de lojas em 2017, aponta CNC  - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Varejo28/02/2018 | 20h04Atualizada em 28/02/2018 | 20h04

SC é único Estado com saldo positivo na abertura de lojas em 2017, aponta CNC 

Depois de dois anos de queda, Santa Catarina volta a ter desempenho positivo na abertura de estabelecimentos comerciais

SC é único Estado com saldo positivo na abertura de lojas em 2017, aponta CNC  Cristiano Estrela/Diário Catarinense
Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense

 Santa Catarina foi o único Estado do país em que o número de abertura de estabelecimentos comerciais superou o de fechamento em 2017. Levantamento da da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgado ontem aponta que essa diferença resultou em um saldo de 207 lojas com vínculos empregatícios abertas no Estado. Apesar de tímida, a recuperação é positiva, já que o resultado veio depois de dois anos de queda, que levou a um saldo de quase 11 mil comércios fechados em SC. No país, a diferença entre aberturas e fechamentos de estabelecimentos ficou negativa em 19,3 mil unidades.  

Leia mais
Acesse o NSC e fique por dentro do que acontece em SC

 O levantamento aponta ainda que SC registrou o maior crescimento no volume de vendas no varejo no ano passado (14,6%). No Brasil, esse índice foi de 4%. O presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt, considera que a diversificação da atividade industrial e comercial do Estado tenha ajudado nos indicadores:

— A condição mais equilibrada e mais sustentável fez com que fôssemos o primeiro Estado a sair daqueles números negativos que vinham acontecendo em 2015 e 2016 _ reforça. 

O vice-presidente de Assuntos Públicos e Políticos da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL-SC), Raul Weiss, cita outros fatores que impactaram para a retomada do comércio. Para ele, o fato de não haver aumento de impostos estaduais, além da facilidade de abrir e fechar uma empresa, ajudam a explicar este cenário:

— No passado levava em torno de 100 dias para abrir uma empresa e hoje está encurtando para mais ou menos uma semana. 

Porém Weiss explica que ainda há desafios para estimular ainda mais o setor, como a infraestrutura. O acesso difícil a portos, por exemplo, é um obstáculo para o empresariado. 

Apesar disso, o cenário é de otimismo para este ano. No país, a CNC projeta abertura líquida de 20,7 mil novos estabelecimentos comerciais. Em SC, Breithaupt afirma que ainda irá demorar para chegar aos patamares anteriores, antes da crise econômica, porém o saldo de abertura de lojas deve superar o registrado em 2017.  


Abertura de empresas cresce 22,3% em Santa Catarina

Oito em cada dez empresas de SC têm alguma irregularidade

Confira quais são as melhores empresas para trabalhar em Santa Catarina

 
A Notícia
Busca