Matrículas da rede estadual de ensino em SC estão abertas até quarta-feira - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

 

Educação básica02/02/2018 | 17h17Atualizada em 02/02/2018 | 17h17

Matrículas da rede estadual de ensino em SC estão abertas até quarta-feira

É possível matricular-se para o ensino fundamental, médio, profissionalizante e Centro de Educação de Jovens e Adultos (Cejas)

Matrículas da rede estadual de ensino em SC estão abertas até quarta-feira Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

As aulas nas 1.073 escolas da rede estadual de ensino de Santa Catarina iniciam no próximo dia 15 — quinta-feira pós Carnaval. Quem ainda não efetuou a matrícula, pode fazer até a próxima quarta-feira, 7, na escola mais próxima de onde reside (veja a lista aqui). As matrículas estão abertas para  o ensino fundamental, médio, profissionalizante e Centro de Educação de Jovens e Adultos (Cejas).

A matrícula no 1º ano do Ensino Fundamental só será aceita aos alunos que completam 6 anos de idade até 31 de março de 2018, conforme legislação vigente. Também é preciso seguir os critérios de zoneamento, ou seja, a matrícula deve ser feita na escola mais próxima de casa ou do trabalho dos responsáveis.

Os alunos do ensino médio podem optar por diferentes modalidades, entre elas: Regular, Inovador (EMI), Integrado Educação Profissional (EMIEP) e Integral em Tempo Integral (EMITI). O Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI) oportuniza ao jovem a ampliação do tempo escolar, garantindo a formação integral com a inserção de atividades que tornem o currículo mais integrado e dinâmico, com conteúdos curriculares organizados a partir de um planejamento interdisciplinar construído coletivamente. São 145 escolas com este modelo atualmente no Estado.

O Ensino Médio Integral em Tempo Integral é o mais recente modelo ofertado em Santa Catarina. Foi implantado em 2017 em 15 escolas e oferece oportunidades de construção conjunta de uma educação que valoriza o aprendizado de conteúdos tradicionais, mas também desenvolve competências essenciais para a vida profissional e pessoal de professores e estudantes. Para este ano 13 escolas terão matrícula para a primeira e segunda série e outras 17 escolas, que iniciam o programa em 2018 ofertaram apenas o primeira série do ensino médio nesta modalidade.

O Ensino Médio Integrado a Educação Profissional (EMIEP) enfoca uma concepção de formação humana, tendo o trabalho como princípio educativo, a integração de todas as dimensões da vida, visando à formação unilateral dos sujeitos. A proposta é integrar as disciplinas técnicas as grandes áreas do conhecimento do Ensino Médio, não sendo apenas uma simples justaposição de disciplinas.

— O ensino médio é a etapa final da educação básica, por isso além do tradicional ensino regular a Secretaria de Estado da Educação tem investido em outros modelos. Desta forma, o jovem que quiser seguir para a universidade pode escolher o modelo a seguir, assim como o jovem que quer ir para o mundo do trabalho pode optar pela formação profissional já neste etapa. Queremos dar autonomia aos nossos jovens decidirem, junto com seus pais, qual o caminho que preferem seguir e para isso temos que dar opções — destaca a diretora de Gestão da Rede Estadual, Marilene Pacheco.

Documentos necessários

Certidão de Nascimento;
Carteira de Identidade;
Atestado de Frequência com indicação da etapa/ano em 2017 ou histórico escolar;
Comprovante de residência atualizado (até três meses anteriores a matrícula);
1 foto 3x4; (opcional);
Carteira de vacinação, para os estudantes do Ensino Fundamental;
Fotocópia do CPF dos pais ou responsáveis.

As 34 escolas com ensino médio integral em 2018

19 novas (com 1º ano):

1) EEB Machado de Assis - Timbó Grande;
2) EEB Orlando Bertoli - Presidente Getúlio;
3) EEB Júlia Baleoli Zaniolo - Canoinhas;
4) EEB Benjamin Carvalho de Oliveira - Ipumirim;
5) EEB Nereu Ramos - Itajaí;
6) EEB Maria Rita Flor - Bombinhas;
7) EEB Casimiro de Abreu - Curitibanos;
8) EEB Osvaldo Cruz - Rodeio;
9) EEB Attela Jenichem - Indaial;
10) EEB Toneza Cascaes - Orleans;
11) EEB Dr. Max Tavares D'Amaral - Blumenau;
12) EEM Valmir Omarques Nunes - Bom Retiro;
13) EEB Zitta Flach - Chapecó;
14) EEB Ruth Labarbechon - Água Doce;
15) EEB Holando Marcelino Gonçalves - Jaraguá do Sul;
16) EEB Flordoardo Cabral - Lages;
17) EEB Governador Heriberto Hulse - Criciúma;
18) EEB Gomes Carneiro - Xaxim;
19) EEB Visconde de Cairu - Lages. 

15 pré-existentes (com 1º e 2º ano):

1) EEB Almirante Barroso - Canoinhas;
2) EEB Coronel Ernesto Bertaso - Chapecó;
3) EEB Cordilheira Alta - Cordilheira Alta;
4) EEB Olga Fin Travi - Guatambú;
5) EEB Prof. Padre Schuler - Cocal do Sul;
6) EEB Caetano Bez Batti - Urussanga;
7) EEB Dom Jaime de Barros Câmara - Florianópolis;
8) EEB Gov. Ivo Silveira - Palhoça;
9) EEB Nereu Ramos - Santo Amaro da Imperatriz;
10) EEB Elfrida Cristino da Silva - Itajaí;
11) EEB São Vicente - Itapiranga;
12) EEB Prof. Heleodoro Borges - Jaraguá do Sul;
13) EEB Mater Dolorum - Capinzal;
14) EEB Eng. Annes Gualberto - Joinville;
15) EEB Pres. Medici - Joinville. 

Leia mais:
Entenda o funcionamento do ensino médio integral em SC
Aprovação e médias de escolas com tempo integral são superiores às de turno único na rede estadual em SC
Conheça o perfil das escolas que estreiam o ensino médio integral em SC
SC receberá R$ 7,1 milhões para custear ensino médio integral em 2018

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona derrota o Atlântico-RS e se mantém na liderança da Liga Nacional https://t.co/xFnO6JOcN4 #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaNereu Martinelli confirma interesse de participar da JEC S.A. https://t.co/IFJ9XolK1d #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca