Joinvilenses reclamam de atraso nas entregas dos Correios - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Encomendas27/02/2018 | 09h32Atualizada em 27/02/2018 | 16h00

Joinvilenses reclamam de atraso nas entregas dos Correios

Prazos não estão sendo cumpridos, mas Superintendência Estadual afirma que está trabalhando para resolver o problema

Joinvilenses reclamam de atraso nas entregas dos Correios Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

 Em 1º de fevereiro, o corretor de imóveis Ricardo Schramm efetuou a compra de acessórios para um equipamento de filmagem em uma loja virtual e recebeu, como prazo, o dia 14 de fevereiro. A data chegou, mas os produtos não foram entregues no endereço dele em Joinville. Ricardo, assim como outros joinvilenses, passou este mês à espera da visita do carteiro, mas a entrega só ocorreu no domingo, 25, depois de ele passar quase dez dias indo ao Centro de Distribuição dos Correios de Joinville para buscar informações sobre o produto, utilizado na produção de vídeos dos imóveis que ele apresenta aos clientes. 

— Me informaram que a minha encomenda havia chegado no dia 14 no Centro de Distribuição, mas que eu teria que esperar a entrega em casa. Sei que eu só recebi agora porque estava insistindo, indo todos os dias ao Centro de Distribuição. Às vezes, até duas vezes por dia. Mas outras pessoas ainda devem estar esperando — conta ele. 

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Santa Catarina, os atrasos são causados pela falta de 

estrutura e de funcionários: haveria falta de veículos e, como não há concursos públicos desde 2011 para renovar as equipes, não há profissionais suficientes para atender à demanda atual. 

— Tanto Joinville quanto Florianópolis têm falta de veículos para fazer as entregas e a empresa não está 

contratando funcionários. Só na cidade de Joinville, em 2016, já faltavam 20 carteiros para efetuar as entregas — afirma Giovani Zoboli, secretário-geral do sindicato.

A Superintendência Estadual dos Correios de Santa Catarina informou que os atrasos são causados pela sobrecarga de encomendas em Joinville e que há trabalhos para normalizar as entregas, inclusive com funcionários de outras regiões vindo à cidade para ajudar e com plantões aos fins de semana. De acordo com os Correios, há investimento para manter os veículos e não há problema de insuficiência de funcionários.

A entrega atrasou. E agora?

- Antes de registrar uma reclamação no Fale com os Correios, consulte o status do objeto na página de rastreamento de objetos dos Correios, lembrando que só os objetos registrados podem ser rastreados. 

- As reclamações por atraso na entrega podem ser feitas se os prazos de entrega do objeto estiverem expirados. 

-  Os Correios indenizam os clientes por eventuais serviços não prestados, atraso na entrega, devolução/entrega indevidas ou, ainda, por inconformidades que comprometam a integridade do conteúdo do objeto, como avaria, espoliação, extravio, roubo etc.

-  Em caso de atraso na entrega, por falha dos Correios, são restituídos os preços pagos pelos serviço de entrega, excetuando-se os serviços e produtos adicionais.

Fonte: Correios.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem é preso por falsa comunicação de roubo em Guaramirim https://t.co/Zd6R0PvtrF #LeianoANhá 4 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia8ª Night Run Joinville registrou recorde de participantes neste sábado https://t.co/nfZDxvjr1D #LeianoANhá 17 horas Retweet
A Notícia
Busca