Vigilância Ambiental alerta para infestação de focos do mosquito da dengue em Joinville - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Fique atento30/01/2018 | 10h56Atualizada em 30/01/2018 | 10h57

Vigilância Ambiental alerta para infestação de focos do mosquito da dengue em Joinville

Órgão encontrou 15 focos positivos do mosquito no bairro Fátima neste mês

Vigilância Ambiental alerta para infestação de focos do mosquito da dengue em Joinville Salmo Duarte/Agencia RBS
Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

O bairro Fátima está chamando a atenção da Vigilância Ambiental de Joinville por causa do aumento de focos do mosquito Aedes aegypti — vetor transmissor do vírus da zika, dengue, chikungunya e febre amarela. O órgão encontrou 15 focos positivos no bairro neste mês.

Os focos foram encontrados em residências e não em armadilhas colocadas pelos agentes de combate, tornando a situação ainda mais preocupante. O Serviço de Vigilância Ambiental vai intensificar as visitas na região e pede que a população auxilie os agentes durante as vistorias. Os agentes estarão identificados com coletes e crachás da Secretaria de Saúde. 

Em caso de dúvidas, o morador pode ligar para o telefone 3432-2337, do Serviço de Vigilância Ambiental. A coordenadora do Serviço de Vigilância Ambiental, Nicoli dos Anjos, solicita aos moradores para reforçarem os cuidados, identificando e destruindo possíveis criadouros do mosquito. 

— Infelizmente houve um descuido da população. Encontramos muito lixo, pneus jogados e caixas com água e sem tampas — informou.

Este ano, de acordo com Vigilância Ambiental, já foram encontrados 69 focos positivos do mosquito Aedes Aegypt. O bairro Boa Vista está na liderança com 27 focos, seguido pelo bairro Fátima com 15.

Dicas para eliminar o mosquito
- Evite usar pratos nos vasos de planta. Se usar, coloque espuma em volta do pratinho;
- Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
- Mantenha lixeiras tampadas;
- Deixe os tanques utilizados para armazenar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água, lembrando de vedar inclusive o “ladrão” com uma tela de proteção;
- Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
- Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana, mantenha ralos fechados e desentupidos;
- Lave com escova os potes de comida e de água dos animais, no mínimo uma vez por semana;
- Retire a água acumulada em lajes;
- Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em vasos sanitários pouco usados e mantenha a tampa sempre fechada;
- Evite acumular entulho, pois podem se tornar criadouros do mosquito;
- Guarde pneus velhos e outros objetos que possam acumular água em locais secos e abrigados da chuvas;

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona coloca à venda ingressos para duelo decisivo com o Cascavel https://t.co/uXJr2KVjl6 #LeianoANhá 48 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaBasquete Joinville perde para o Flamengo por apenas um ponto https://t.co/mXmgOZhu6c #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca