Três ocorrências são registradas por causa da chuva em Joinville - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

 

Tempo12/01/2018 | 10h14Atualizada em 12/01/2018 | 11h35

Três ocorrências são registradas por causa da chuva em Joinville

A situação mais preocupante ocorreu no bairro Jarivatuba, na zona Sul da cidade 

Três ocorrências são registradas por causa da chuva em Joinville Hassan Farias/A Notícia
Foto: Hassan Farias / A Notícia
A Notícia
A Notícia

Três ocorrências foram atendidas pela Defesa Civil de Joinville por causa da chuva desta quinta-feira. A mais grave delas está na rua das Sereias, bairro Jarivatuba, zona Sul da cidade, onde um muro ameaça cair na via. O local precisou ser isolado e o trânsito flui em meia pista para evitar acidentes. Agentes de trânsito organizam o tráfego. Durante esta sexta-feira, um geólogo realiza a vistoria técnica do local. 

Os outros dois casos são de deslizamentos de terra e aconteceram em residências da zona Sulç da cidade: uma na rua São Bonifácio, no bairro Petrópolis,  e outra na José Ribeiro Soares Batista, no Jarivatuba. Depois de avaliação da Defesa Civil, os moradores dos locais puderam permanecer nas casas, já que não havia riscos de acontecer estragos maiores.

deslizamento de terra em Joinville
Trânsito flui em meia pista na rua Sereias, já que há risco do muro desmoronar Foto: Hassan Farias / Jornal A Notícia

Conforme medição do órgão, choveu 40 milímetros em Joinville entre quinta e sexta, com chuva bem distribuída. Não houve registro de famílias desabrigadas ou desalojadas. 

Em São Francisco do Sul, os estragos foram registrados nos bairros Rocio Pequeno, Rocio Grande, Acaraí, Centro e Paulas. Segundo a Defesa Civil, entre quarta e quinta foram 146 milímetros de chuva em 12 horas, o equivalente ao previsto para um mês. Cerca de 50 chamadas foram recebidas em casos de alagamentos, deslizamentos, quedas de árvores e muros. 

De acordo com a Defesa Civil estadual, até às 16h desta quinta-feira, o número de pessoas afetadas em Santa Catarina já era de 3,7 mil, e o de casas danificadas, 937. Um novo relatório com números atualizados deve ser divulgado nesta sexta-feira. Desde segunda até o momento, uma pessoa morreu, uma ficou ferida e duas estão desparecidas. 

Chuva causa estragos em São Francisco do Sul
Muro de residência cedeu na quarta-feira, em São Francisco do SulFoto: Hassan Farias / A Notícia

Previsão do tempo

Segundo o meteorologista da NSC Comunicação, Leandro Puchalski, a sexta-feira tem a presença de sol durante boa parte do dia do Oeste ao Planalto. Nas outras regiões ele aparece, mas ainda “brigando” com as nuvens em momentos do dia. Diante disso, sim, há previsão de chuva para amanhã.

No litoral e áreas próximas, até mesmo de manhã, mas em poucas áreas. Entre a tarde e a noite, mais cidades por todo Estado terão pancadas de chuva. Isoladamente, ainda há chance de chuva forte acumulando volumes maiores. Porém, não existe previsão de totais tão elevados quanto tivemos nos últimos dias na faixa do litoral.

Sol em joinville
Sexta-feira começou com sol em Joinville, temperatura máxima deve chegar a 29ºC Foto: Gabriela Florêncio / Jornal A Notícia

Fim de semana com notícias um pouco melhores

Nos dois dias, o sol aparece. Ainda divide espaço com as nuvens. Só que suficiente para trazer temperaturas de verão, sobretudo no domingo. A previsão é que no sábado à tarde boa parte das cidades tenham de 27 a 29°C. Já no domingo, 29 a 31°C. A chuva continua prevista, mas muito aquela de verão, de meio para final de tarde, com distribuição bastante irregular nas cidades.

Recomendações da Defesa Civil

A Defesa Civil recomenda que as pessoas fiquem atentas a qualquer movimentação de terra ou rochas próximas às residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes, em função de o solo estar bastante encharcado. Nestes casos, é recomendável que a família saia de casa. 

Em ocorrências de descargas elétricas (raios) e ventos fortes, proteja-se em local abrigado, longe de placas, árvores, postes de energia e objetos que podem ser arremessados. Fique longe de janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade. 

Evite o contato com as águas e não dirija em lugares alagados. Evite transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões. Cuidado com risco de aquaplanagem em estradas e rodovias. 

Os pedidos de ajuda devem ser feitos à Defesa Civil Municipal (199) ou o Corpo de Bombeiros (193).


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAlunos da rede municipal recebem cartilha de combate a violência infantil https://t.co/292bK3Ovkg #LeianoANhá 4 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAlunos da rede municipal recebem cartilha de combate a violência infantil https://t.co/kIkH4Wdk6n #LeianoANhá 4 horas Retweet
A Notícia
Busca