Polícia Militar emite nota lamentando acidente com morte de casal em Guaramirim, Norte de SC - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Rodovias22/01/2018 | 19h57Atualizada em 23/01/2018 | 11h23

Polícia Militar emite nota lamentando acidente com morte de casal em Guaramirim, Norte de SC

O condutor da moto fugiu de uma abordagem na BR-280

Polícia Militar emite nota lamentando acidente com morte de casal em Guaramirim, Norte de SC Arquivo Pessoal/Divulgação
Emily e Gabriel eram namorados e foram sepultados no domingo em Guaramirim Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação
A Notícia
A Notícia

O 14º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) emitiu nota lamentando o desfecho da ocorrência registrada no sábado, 20 de janeiro, quando um jovem e uma adolescente morreram em um acidente de motocicleta após abordagem da polícia militar na BR-280, em Guaramirim. O texto foi publicado nesta segunda-feira na página oficial da Polícia Militar da região de Jaraguá do Sul.

A Polícia Militar confirmou que foi feita abordagem para que a motocicleta parasse logo depois de passar pelo posto da Polícia Rodoviária Federal, mas que o condutor da moto não obedeceu. O caso ocorreu na tarde de sábado, quando Gabriel Machado, 20 anos, e Emily Oliveira, 14 anos, colidiram com outros três veículos. Segundo a PM, ele transitou pela contramão na Avenida Prefeito Waldemar Grubba, via de sentido único de grande movimento por ser o principal caminho de acesso a Guaramirim. 

Na Rodovia BR-280,  cometeu várias infrações e só parou após bater atrás de um Gol, depois de passar pelo Posto de Fiscalização da Polícia Rodoviária Federal. Equipes do Samu e o helicóptero Arcanjo dos Bombeiros Militares de Blumenau chegaram a ser acionados para auxiliar nos atendimentos, mas o casal morreu no local do acidente. 

A nota da Polícia Militar afirma que "tendo o condutor optado pela fuga, absorveu toda a responsabilidade e o risco de causar o pior para si e para a passageira, fato que veio, infelizmente, a se concretizar em Guaramirim. O acompanhamento da guarnição da polícia militar foi estritamente técnico, procurando minimizar os riscos ao próprio condutor da moto em fuga e aos demais usuários das vias, mas nem isso foi suficiente, face a forma de condução da motocicleta, escolhida pelo condutor. Pedimos que, ao perceber o sinal de parada emanado pelos policiais militares, todo condutor respeite e detenha seu veículo, observando a verbalização que lhe é dirigida".

Também nesta segunda-feira, a Polícia Militar informou que o condutor da moto já havia se envolvido em situação semelhante quando tinha 16 anos. Em janeiro de 2014, ainda sem idade para ter habilitação, ele tentou escapar de uma abordagem da PM no bairro São Cristóvão, em Barra Velha. 

Ele pilotava uma moto com placa adulterada e levava o primo de 13 anos como caroneiro. O menino chegou a pular da moto no início da tentativa de fuga e Gabriel foi encontrado a poucos metros de casa. Ele e a moto foram apreendidos na época. 

->
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPais enfrentam filas para rematrícula de alunos em escola de Joinville https://t.co/wUhzWToyJq #LeianoANhá 44 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira o obituário de 23 de outubro de 2018 https://t.co/a3O4PMotLS #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca