Homem que ficou 36 horas na mata após acidente tem alta em Joinville - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Serra Dona Francisca31/01/2018 | 17h03Atualizada em 31/01/2018 | 17h03

Homem que ficou 36 horas na mata após acidente tem alta em Joinville

Vilmar de Oliveira, de 57 anos, permaneceu 20 dias no Hospital São José. Sua esposa continua internada, em estado estável, em Jaraguá do Sul

Homem que ficou 36 horas na mata após acidente tem alta em Joinville Graer/Divulgação
Local onde o veículo do casal caiu Foto: Graer / Divulgação
A Notícia
A Notícia

 

O homem que estava internado após ficar 36 horas na mata após por causa de um acidente na SC-418 teve alta na última semana em Joinville. Vilmar de Oliveira, 57 anos, permaneceu cerca de 20 dias no Hospital São José. Além da vítima, a mulher dele que também estava no veículo na hora do acidente, continua internada em estado estável.

Segundo a filha do casal, Queli de Oliveira, Maria ficou internada na unidade hospitalar por aproximadamente 10 dias. Depois, a família a transferiu para um hospital em Jaraguá do Sul, onde permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

- A minha mãe teve uma piora no quadro quando estava no São José, pegou uma infecção forte no pulmão. Nós a levamos urgente para um hospital particular e depois conseguimos uma vaga na UTI, em Jaraguá. Agora ela está melhorando – afirma

Maria e Vilmar ficaram aproximadamente de 36 horas na mata depois de perderem a direção do veículo em uma curva na Serra Dona Francisca. O carro despencou em uma ribanceira de aproximadamente 300 metros. O resgate do casal aconteceu depois que os filhos começaram a procurar pelos dois, quando eles não apareceram para o almoço da família.

Veja vídeo do resgate: 

O homem, 57 anos, e a mulher, 53, estavam em choque, com início de hipotermia e com vários traumas pelo corpo. Eles foram atendidos ainda no local pelos Bombeiros Voluntários de Joinville. Após os primeiros socorros, a dupla precisou ser encaminhada pelo helicóptero Águia da Polícia Militar para o Hospital Municipal São José. 

Resgate de casal que ficou 36 horas na mata após acidente
Foto: Graer / Divulgação

Segundo Ricardo Vitorino, coordenador operacional dos Bombeiros Voluntários de Joinville, o casal estava bastante machucado, com várias picadas de formigas e outros insetos. Depois da queda, eles não conseguiram retornar para a rodovia, porque o trecho era muito íngreme.  No local, também não há sinal de celular. 

— Durante o resgate, nós também não conseguimos retornar com as vítimas para a rodovia, porque o trecho é muito íngreme. Então, acionamos o helicóptero Águia da PM para que eles fossem conduzidos ao hospital — explica o coordenador. 

O carro do casal deve ser retirado nesta tarde. Segundo a PMRV, o trânsito deve ficar lento no local. Em 2015, 51 pessoas morreram na mesma rodovia, vítimas da tragédia com um ônibus de turismo


 
A Notícia
Busca