Chuva provoca estragos neste sábado em Joinville - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

 

De olho no tempo13/01/2018 | 22h14Atualizada em 14/01/2018 | 16h03

Chuva provoca estragos neste sábado em Joinville

Defesa Civil registrou alagamentos, deslizamentos e quedas de muros em alguns bairros

Chuva provoca estragos neste sábado em Joinville Hassan Farias/A Notícia
Foto: Hassan Farias / A Notícia

A chuva causou problemas na noite do último sábado em Joinville. Foram registrados pontos de alagamentos em pelo menos dez bairros das zona Sul, Norte e Central, além de deslizamentos e quedas de muros. Segundo a Defesa Civil, foram 33 milímetros de chuva em uma hora, o equivalente ao esperado para cerca de uma semana. O trabalho de limpeza e contagem dos estragos começaram durante a madrugada e se estenderam pelo domingo.

Na rua David dos Reis, no Itaum, a atendente Bruna Miranda interrompeu a limpeza apenas às 2 horas para descansar e retomou na manhã deste domingo. Com a chuva, o rio Itaum-mirim transbordou e a água invadiu a casa dela, chegando na altura dos joelhos. Segundo ela, eletrodomésticos e móveis foram atingidos e danificados com o alagamento.

— Eu fiquei segurando uma madeira no portão para não entrar água em casa, mas teve uma hora em que não adiantava mais e tive que soltar. A água estragou meu rack novo e ainda nem liguei a geladeira e a máquina de lavar para saber se estão funcionando — relata.

Além dos alagamentos, o maior problema segundo a Defesa Civil foi a queda de um muro na rua Rafael Tironi, no Jarivatuba. Por volta das 22 horas, a estrutura de quatro metros de altura e 12 metros de largura desabou por causa de um deslizamento nos fundos do terreno. O muro separava a casa de Vanilde de Abreu Rodrigues, 57 anos, de um vizinho.

— Eu escutei um estrondo muito forte e paralisei. Nem vi que tinha sido meu muro. Os vizinhos também ouviram e começaram a correr para a rua achando que era um terremoto — conta.

O muro foi construído há 20 anos e nunca havia tido problemas de deslizamento. Segundo a família, a Defesa Civil autorizou os moradores a permanecerem na casa, sem ultrapassar a faixa de isolamento nos fundos do terreno. Em caso de chuva, eles também precisam evitar ficar na parte de trás da casa, que apesar de não ter sido atingida está muito próxima da área afetada pelo muro. 

O órgão municipal também registrou outros pequenos deslizamentos por causa do acumulado de chuva dos últimos dias. No sábado, houve um problema envolvendo um pinheiro de 20 metros de altura na rua Luiz Delfino, no América. 

A árvore foi atingida por um raio e rachou ao meio, correndo risco de atingir uma rede de alta tensão e casas ao redor. A Defesa Civil entrou em contato com a Celesc, os Bombeiros e a Secretaria de Meio Ambiente para fazer a retirada do pinheiro por segurança.

Comcap inicia remoção de entulho e móveis descartados após chuvas em Florianópolis

Limpeza e reconstrução após os estragos da chuva: "agora é trabalhar dia após dia"

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCâmara de Joinville realiza audiência pública sobre violência contra mulher  https://t.co/xTuDdRm4R1 #LeianoANhá 16 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaNove escolas estaduais da região Norte de SC receberão reformas até o fim do ano https://t.co/5lZUYXvZwF #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca