Casal fica 36 horas na mata após acidente em Joinville - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Acidente08/01/2018 | 13h16Atualizada em 08/01/2018 | 16h05

Casal fica 36 horas na mata após acidente em Joinville

Acidente aconteceu no sábado na Serra Dona Francisca, já o resgate na manhã desta segunda-feira

Casal fica 36 horas na mata após acidente em Joinville Graer/Divulgação
Foto: Graer / Divulgação
A Notícia
A Notícia

Um casal ficou na mata durante 36 horas após se perder em uma curva da SC-418 em Joinville. De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), os dois retornavam de uma viagem à Campo Alegre, no último sábado (6), quando perderam o controle do veículo na última curva da rodovia - no km 16,800, próximo ao mirante da Serra Dona Francisca. Eles foram localizados somente nesta segunda-feira (8).

O casal caiu em uma ribanceira de aproximadamente 300 metros. A estimativa da PMRv é que eles tenham se acidentando por volta das 22 horas. O resgate ocorreu após o filho deles começar a procurar em parte do trecho da SC -418 e avistar o veículo.

Veja vídeo do resgate: 

O homem, 57 anos, e a mulher, 53, estavam em choque, com início de hipotermia e com vários traumas pelo corpo. Eles foram atendidos ainda no local pelos Bombeiros Voluntários de Joinville. Após os primeiros socorros, a dupla precisou ser encaminhada pelo helicóptero Águia da Polícia Militar para o Hospital Municipal São José. 

Resgate de casal que ficou 36 horas na mata após acidente
Foto: Graer / Divulgação

Segundo Ricardo Vitorino, coordenador operacional dos Bombeiros Voluntários de Joinville, o casal estava bastante machucado, com várias picadas de formigas e outros insetos. Depois da queda, eles não conseguiram retornar para a rodovia, porque o trecho era muito íngreme.  No local, também não há sinal de celular. 

— Durante o resgate, nós também não conseguimos retornar com as vítimas para a rodovia, porque o trecho é muito íngreme. Então, acionamos o helicóptero Águia da PM para que eles fossem conduzidos ao hospital — explica o coordenador. 

O carro do casal deve ser retirado nesta tarde. Segundo a PMRV, o trânsito deve ficar lento no local. Em 2015, 51 pessoas morreram na mesma rodovia, vítimas da tragédia com um ônibus de turismo


 
A Notícia
Busca