Aumenta procura por vacina contra a Febre Amarela em Joinville - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

 

Saúde23/01/2018 | 10h16Atualizada em 23/01/2018 | 14h54

Aumenta procura por vacina contra a Febre Amarela em Joinville

Recomendação é que a dose seja tomada somente por pessoas que irão viajar para as áreas de risco

Aumenta procura por vacina contra a Febre Amarela em Joinville Cleber Gomes/Especial
Foto: Cleber Gomes / Especial
A Notícia
A Notícia

A procura pela vacina contra a febre amarela está acima do habitual nas onze unidades que oferecem a imunização em Joinville. Somente na sala de vacinas central, na rua Abdon Batista, cerca de 50 pessoas foram atendidas entre às 7h e as 8h30 desta terça-feira. Por dia, a unidade está recebendo aproximadamente 140 pacientes – quase uma aplicação a cada dois minutos. A alta na procura começou depois que casos da doença começaram a ser notificados em outras regiões do país, como São Paulo e Minas Gerais. 

O Ministério da Saúde mapeou as áreas de risco onde há maior incidência de casos. Além dessas duas cidades, a listagem inclui localidades do Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste do Brasil. 

Em Santa Catarina, sete casos suspeitos de Febre Amarela já foram reportados à Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (DIVE/SES) desde o início deste ano, um deles aqui em Joinville. Dos outros casos, dois deles evoluíram para óbitos – um morador de Lages e outro de Gaspar -, e quatro estão nos municípios de São José (01), Lages (01), Criciúma (01) e Timbó (01). 

Todos os casos tiveram histórico de deslocamento para áreas de transmissão, fora do Estado, e aguardam exames laboratoriais para conclusão da investigação. Apesar da incidência de alguns casos, a Secretaria de Saúde recomenda que a imunização seja feita somente por pessoas que irão viajar para áreas endêmicas. 

— Somente deve tomar a vacina quem for viajar para as áreas de recomendação. Interior dos estados e todo o Estado de São Paulo. E não quem vai ficar no município ou só vai para as cidades litorâneas, não tem a menor necessidade de fazer a vacinação — explica Sandrini Teuber, enfermeira da Vigilância Epidemiológica. 

Zenilda Bento Bernardino, 45 anos, precisará ir à São Paulo no início de fevereiro para uma um evento empresarial. Quando soube dos casos de Febre Amarela na cidade resolveu tomar a vacina, com medo de adquirir a doença durante a estadia. 

— Eu não tinha tomado a vacina antes e, como vou para São Paulo logo, achei melhor me prevenir — afirma.

Assim como Zenilda, é preciso que os pacientes que irão viajar para as áreas afetadas tomem a injeção com antecedência. A vacina demora o período de aproximadamente dez dias para imunizar o paciente. A dose é única e vale para o resto da vida. Segundo a enfermeira Sandrini, algumas recomendações devem ser observadas antes da aplicação da vacina. 

Quem tem acima de 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam e pessoas imunocomprometidas ou imunodeprimidas (em tratamento de quimioterapia ou com doença autoimune, por exemplo), precisam passar por avaliação médica, que deverá ser apresentada por escrito autorizando a vacinação. 

— Não tem a menor necessidade de as pessoas se exporem a uma vacina, que é segura, porém ela é composta com vírus vivos. A procura pela vacina deve ser criteriosa, somente para quem for viajar para essas áreas de recomendação — completa. 

Onde se vacinar em Joinville

Em Joinville (SC), a vacina contra febre amarela está disponível em algumas unidades. A orientação é de que os interessados levem um documento de identificação e a carteira de vacinação. Confira a lista de unidades:

Sala de Vacinas Central
Localização: Rua Abdon Batista, 172 - Centro - 89201-010, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 13h
Canais para comunicação: (47) 3417-1373

UBS Aventureiro I
Localização: Rua Alino José Alípio, s/nº - Aventureiro, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3467-6046

UBS Comasa
Localização: Rua Ponte Serrada, 75 - Comasa, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 07h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3434-0360

UBS Costa e Silva
Localização: Rua Comandante Telles de Mendonça, 65 - Costa e Silva, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3437-1760

UBS Fátima
Localização: Rua Almirante Protógenes Pereira, 410 - Fátima, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3436-3073

UBS Floresta
Localização: Rua República do Peru, s/nº - Floresta, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3426-4941

UBS Jarivatuba
Localização: Rua Monsenhor Gercino, s/nº - Jarivatuba, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3461-4500

UBS Saguaçu
Localização: Rua Iririú, 110 - Saguaçu, Joinville - SC
Canais para comunicação: (47) 3473-6939

UBS Vila Nova
Localização: Rua XV de Novembro, 8470 - Vila Nova, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3439-2201

UBSF Osmar Dalonso
Localização: Rua Carlos Heins Funke, s/n - Pirabeiraba, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3424-0195

UBSF São Marcos
Localização: Rua Guaporé, s/nº - São Marcos, Joinville - SC
Horário ao público: segunda a sexta, 7h às 19h
Canais para comunicação: (47) 3438-0652

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC abre vantagem, cede o empate e perde nos pênaltis para o Vila Nova https://t.co/QXPl8ALPSJ #LeianoANhá 5 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDefinida a escala de arbitragem da 10ª rodada do Catarinense 2018 https://t.co/GCJWQ7nort #LeianoANhá 8 horas Retweet
A Notícia
Busca