Alagamentos, deslizamentos, desaparecido: chuva causa transtornos no Vale do Itajaí - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

 

Prejuízos11/01/2018 | 09h48Atualizada em 11/01/2018 | 09h48

Alagamentos, deslizamentos, desaparecido: chuva causa transtornos no Vale do Itajaí

Temporal que atingiu o litoral na madrugada afetou milhares de pessoas

 

Situação no bairro Tabuleiro, em CamboriúFoto: Luiz Carlos de Souza / Arquivo Pessoal

Com informações de Patrícia Silveira, NSC TV

A forte chuva que caiu no Vale do Itajaí durante a madrugada desta quinta-feira causou transtornos principalmente às cidades no litoral. Em Camboriú (foto), Itajaí, Porto Belo e Balneário Camboriú, bombeiros e Defesa Civil registraram problemas principalmente com alagamentos em vias e residências. Os casos mais graves envolveram deslizamentos de terra e o desaparecimento de uma pessoa.

Em Balneário Camboriú, centenas de imóveis foram invadidos pelas águas e ao menos 27 atendimentos foram feitos pela Defesa Civil. Cerca de 12 passageiros de um ônibus da Viação Praiana chegaram a ficar ilhados no veículo durante quatro horas. Ninguém ficou ferido. Os principais bairros atingidos foram São Judas, Barra, Municípios, Centro e Ariribá. Neste último, um muro caiu sobre um carro e uma casa (foto). Ainda em Balneário, um haitiano de 34 anos, Marcellus Vlademy, desapareceu após tentar desobstruir uma boca de lobo e ser levado pela correnteza. Até as 9h30min da manhã desta quinta-feira uma equipe dos bombeiros ainda fazia buscas.

Foto: Luiz Carlos de Souza / Arquivo Pessoal

Na cidade de Camboriú, um idoso acamado precisou ser retirado de casa pela Defesa Civil por conta de um alagamento. Na Rua Goiás, outros três idosos também tiveram que ser resgatados. Deslizamentos de terra ocorreram nos bairros Conde Vila Verde, Rio Pequeno e Monte Alegre. Uma pedra chegou a deslizar na Rua Rio Glória, porém sem feridos. Ao menos 20 atendimentos foram feitos pela Defesa Civil e as atividades nos centros de educação infantil que atendiam durante o recesso foram suspensas.

Em Porto Belo, mais de 50 famílias foram alocadas no abrigo montado no Centro da Cidadania. Durante a madrugada, resgate de moradores ocorreram nos principais bairros atingidos, Centro, Vila Nova, Perequê e Alto Perequê. Mais de duas mil pessoas foram afetadas. Outra ocorrência que causa transtornos é um deslizamento de terra no Morro de Bombas, no único acesso a Bombinhas – um dos principais destinos turísticos nesta época do ano –, que está parcialmente interditado. Uma equipe da prefeitura de Porto Belo trabalha no local para retirar o barro e deixar o fluxo de veículos normal.

Um deslizamento de terra atingiu o único acesso entre Porto Belo e Bombinhas na madrugada desta quinta-feira. A pista foi parcialmente interditada, o que compromete o fluxo de entrada e saída do município que é uma das principais opções dos turistas que vêm ao litoral catarinense nesta época do ano.
Equipe da prefeitura de Porto Belo faz retirada do barro no Morro de Bombas.Foto: Divulgação / Prefeitura de Porto Belo

Já Itajaí as regiões mais atingidas foram Fazendinha, Praia Brava e Imaruí. Na Rua Neoflides Vieira Wendhausen, no Fazendo, um muro caiu e atingiu uma residência. Nenhuma pessoa ficou ferida.

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaBrusque e Joinville têm novo começo no Catarinense 2018 https://t.co/xKNpRoohRV #LeianoANhá 11 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaOperação da PM para combater criminalidade ainda não tem data para terminar em Joinville https://t.co/pTeApTbtlm #LeianoANhá 16 horas Retweet
A Notícia
Busca