35 escolas e CEIs de Joinville passam por reformas antes do início das aulas - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Educação31/01/2018 | 08h10Atualizada em 31/01/2018 | 08h10

35 escolas e CEIs de Joinville passam por reformas antes do início das aulas

Ano letivo para 75 mil alunos deve começar no dia 5 de fevereiro, e20% das unidades estão em obras antes de as aulas começarem

35 escolas e CEIs de Joinville passam por reformas antes do início das aulas Cleber Gomes/Especial
Foto: Cleber Gomes / Especial

Mais de 75 mil alunos voltarão às aulas na segunda-feira na rede municipal de ensino de Joinville. Para receber os estudantes dos ensinos fundamental e infantil, a Secretaria de Educação realiza obras em 32 das 155 unidades, aproximadamente 20,6% delas. Duas escolas estaduais foram municipalizadas, dois novos centros de educação infantil (CEIs) serão inaugurados, 15 escolas e seis CEIs passam por reforma ou ampliação, além de outras nove unidades que receberam obras de acessibilidade. No entanto, o ano letivo vai começar com prédios ainda em reparos.

A aula inaugural deste ano será realizada na Escola Monsenhor Sebastião Scarzello, no bairro Itaum, que está recebendo obras após passar para o governo municipal. Três blocos ficarão prontos até segunda-feira, mas a estrutura continuará em reparos. 

A unidade estava fechada desde 2011, após interdição, e a reabertura era um pedido antigo da comunidade da zona Sul. A escola Albano Schmidt, no Boa Vista, também foi municipalizada e recebeu readequações. A incorporação da unidade para a rede proporcionou uma redistribuição do ensino em outras escolas da região para absorver crianças da educação infantil.

Além disso, os CEIs Antonio Brühmüller (João Costa) e Professora Felícia Cardoso Vieira (Costa e Silva) serão inaugurados para o ano letivo. Cada um deles contará com 308 vagas para crianças. Segundo o secretário de Educação, Roque Mattei, com todas essas modificações e novas unidades na rede serão mais de mil vagas novas nas unidades municipais.

— Com isso tudo e mais as outras melhorias que fizemos na rede municipal, a expectativa é de que a gente cresça 7,5% o número de alunos — garante.

O CEI Nova Vila, no Vila Nova, é outra unidade em construção pela Prefeitura, mas que não ficará pronta para o início do ano letivo. As obras do prédio estão quase prontas, porém o maior problema foi um deslizamento que houve ao lado da obra. Foi necessário abrir uma licitação para construir um talude de concreto da encosta para evitar novos problemas, mas não houve empresas interessadas no processo licitatório. Não há prazo para a inauguração do centro de educação infantil.

 JOINVILLE, SC, BRASIL, 29-01-2018Volta as aulas. CEI Nova Vila
CEI no Vila Nova não ficará pronto até o início do ano letivoFoto: Cleber Gomes / Especial

O antigo problema com aparelhos de ar condicionado é algo superado pela Prefeitura há dois anos, quando todas as salas foram equipadas, segundo Mattei. 

Ele afirma que já é rotina de novas salas de aula construídas terem climatização. Além disso, ele garante que todas as salas têm lousas digitais, os professores estão com notebooks e os alunos, com tablets em mãos.

Segundo o secretário, o investimento agora é na área de tecnologia, a partir da incorporação da antiga Fundação Municipal Albano Schmidt (Fundamas) à Secretaria de Educação. O objetivo é fazer com quem as salas se modernizem para alunos e professores terem os equipamentos e ferramentas para auxiliar no processo de ensino e aprendizagem.

— Esses espaços da Fundamas passam a ser utilizados para aprendizado dos alunos e cada vez mais fazendo com que as escolas possam usar esses espaços para as crianças praticarem o que aprendem na sala de aula — explica.

Mudanças no convênio para vagas na educação

Todos os anos, o município precisa fazer convênios com entidades privadas e sem fins lucrativos para garantir mais vagas na educação infantil e atender a toda a demanda. Neste ano, serão 2.705 vagas em creches privadas. A Prefeitura já conveniou 554 vagas com sete entidades sem fins lucrativos, mas houve demora no lançamento do edital para as entidades privadas.

A preocupação dos pais é de que isso impacte no início do ano letivo para as crianças. Segundo o secretário Roque Mattei, o edital foi aberto na semana passada após mudanças no processo de credenciamento e a demora ocorreu porque foi necessário verificar as adequações à legislação.

Anteriormente, os CEIs interessados em oferecer as vagas ao município se cadastravam e tinham até 30 dias para entregar a documentação para se habilitarem. Agora, o edital fica aberto até abril e as unidades podem se inscrever a qualquer momento. Não há mais o prazo de um mês e os CEIs podem se cadastrar no momento da inscrição. A Secretaria de Educação analisa os documentos e, se estiver tudo dentro dos critérios, as crianças já podem ser chamadas para a unidade.

— O nosso objetivo é que no dia 5 os CEIs já possam estar com as crianças estudando. Agora, depende muito do credenciamento das entidades — afirma Mattei.

Além dessa mudança, o secretário aponta duas outras inovações no novo modelo. A primeira é que o contrato com os CEIs conveniados não precisará ser feito todos os anos do zero. A partir deste ano, ele poderá ser renovado por até cinco anos. A outra mudança é que as crianças matriculadas no ano anterior não precisarão entrar na lista de inscritos mais uma vez no ano seguinte para conseguir uma vaga. Elas serão chamadas para a rede automaticamente.

Escolas com reformas finalizadas até o dia 5 de fevereiro

EM João Costa (reforma em andamento)
EM Hans Müller (melhorias para utilização de mais duas salas de apoio e readequação da secretaria)
EM Evaldo Koehler (substituição da cobertura )
EM José Motta Pires (substituição da cobertura e construção de uma sala)
EM Eladir Skibinski (substituição da cobertura da cozinha,
EM Fritz Benkendorf (ampliação da cozinha e depósito de merenda, reforma dos banheiros e construção de banheiro adaptado)
CEI Fátima (reforma e ampliação da cozinha, depósito de merenda e banheiros, construção de nova secretaria e sala de professores)
EM Emílio Paulo Roberto Hardt (substituição da rede elétrica)
EM João Bernardino (substituição da cerâmica do pátio)
EM Amador Aguiar (colocação de cerâmica na cozinha)
EM Abdon Batista (substituição de forros e piso cerâmico)
CEI Morro do Meio (readequação do berçário)
CEI Aventuras de Criança (readequação do berçário)
CEI Ivan Rodrigues (substituição do piso do pátio e refeitório)
CEI Miraci Dereti (pintura das portas)
Escola Albano Schmidt (principais reparos estão prontos, mas unidade continuará com obras de readequação)

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidente entre dois caminhões é registrado na BR-280 em Rio Negrinho https://t.co/L8DqQpqY7L #LeianoANhá 4 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFestival de Dança de Joinville: conheça a programação completa do evento https://t.co/jI0AFd9GOV #LeianoANhá 29 minutosRetweet
A Notícia
Busca