Temporais causam estragos no Estado, deixam 115 mil casas sem luz e um homem morre atingido por raio  - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Tempo17/12/2017 | 23h36Atualizada em 17/12/2017 | 23h36

Temporais causam estragos no Estado, deixam 115 mil casas sem luz e um homem morre atingido por raio 

Vítima fazia reparos em um telhado, em Forquilhinha, quando foi atingido

Temporais causam estragos no Estado, deixam 115 mil casas sem luz e um homem morre atingido por raio  Defesa Civil de Forquilhinha/Divulgação
Telhados de quatro salas da escola Prof Jakob Arns, em Forquilhinha, foram danificados pelos ventos Foto: Defesa Civil de Forquilhinha / Divulgação

Os temporais registrados neste domingo deixaram estragos em várias cidades catarinenses, principalmente no Sul do Estado. Em Forquilhinha, um homem de 57 anos morreu após ser atingido por um raio. Segundo informações da Defesa Civil, a vítima estava em cima de uma casa, fazendo reparos no telhado, no momento em que sofreu a descarga elétrica. Socorristas do Samu chegaram a ser acionados para o atendimento, mas o homem não resistiu.

Também em Forquilhinhas, os ventos danificaram duas escolas e uma delegacia. Em Criciúma, ao menos duas casas são avaliadas com risco de desabamento devido aos estragos.

Em Içara, a Defesa Civil ainda calcula o número de residências atingidas pelo vendaval e granizo.

—Tivemos quedas de árvores e o fornecimento de energia interrompido em vários momentos, em diversos municípios. Os primeiros atendimentos à população ocorrem o fornecimento de lonas e telhas — diz o coordenador regional da Defesa Civil em Criciúma, Rosinei da Silveira.

Na Grande Florianópolis, a Defesa Civil confirma danos apenas no município de Rancho Queimado, com estimativa de 20 a 30 casas atingidas.

Em Chapecó, uma das principais atrações da decoração de Natal, chamada de Rua Dançante, desabou por causa da chuva e dos fortes ventos registrados na cidade. Com a queda, cabos de energia acabaram rompendo e parte das ligações de metal ficou retorcida. Não houve registro de feridos. A prefeitura informou que os shows de luzes e sons dançantes previstos para 2017 foram cancelados em função do problema.

Quedas de energia foram registradas pela Celesc em mais de 115 mil unidades consumidoras neste domingo. As interrupções ocorreram em maior número nos municípios de Rio do Sul, Criciúma, Tubarão, São Miguel do Oeste, Chapecó, Videira, Joaçaba e Concórdia. Conforme a companhia, 65 equipes foram mobilizadas para restabelecer o sistema.

 
A Notícia
Busca