"Em vez de festa, vamos estar juntos para nos despedir", diz parente de mortos em acidente - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

 

Comoção24/12/2017 | 16h30Atualizada em 24/12/2017 | 16h32

"Em vez de festa, vamos estar juntos para nos despedir", diz parente de mortos em acidente

Pai, mãe e filha, morreram em colisão na BR-153 no sábado; Velório tem comoção em Joinville

"Em vez de festa, vamos estar juntos para nos despedir", diz parente de mortos em acidente Luan Martendal/A Notícia
Família é velada por parentes e amigos na Igreja Santa Luzia, no bairro Boa Vista, em Joinville, neste domingo (24) Foto: Luan Martendal / A Notícia

O entra e sai de vizinhos, parentes e amigos do salão da Igreja Santa Luzia, em Joinville, neste domingo (24), demonstra o carinho da comunidade com o casal José Andretta e Eva Rodrigues de Godois, de 54 anos, e da filha deles, Mariane De Godois Andretta, de 22, mortos em um acidente no Paraná. A família viajava com destino a Realeza, também no estado vizinho, para passar o Natal com familiares, quando o carro em que estavam colidiu contra uma carreta.

Confira mais notícias de Joinville e Região

O acidente foi registrado por volta das 14h de sábado (23), no Km 478 da BR-153, nas proximidades de General Carneiro (PR). De acordo com familiares, devido a forte chuva que caiu na região no momento do acidente, o Renault Logan da família teria derrapado e atingido o caminhão na pista contrária. Os três morreram no local. Outros dois ocupantes do veículo, Alisson e Heitor, marido e filho de Mariane, sobreviveram e seguem internados em um hospital de União da Vitória.

JOINVILLE, SANTA CATARINA, BRASIL (24/12/2017) - Família de Joinville morre em acidente no Paraná
Foto: Michel Teixeira Notícias / Divulgação

Segundo Claudiomir Ló, sobrinho de Eva, a família era natural do Paraná, mas morava em Joinville há mais de 20 anos. Moradores do bairro Boa Vista, eles planejavam passar o Natal na companhia de parte dos irmãos do casal, que ainda residem em Realeza.

Eles partiram de Joinville pela manhã, enquanto os sobrinhos Claudiomir e Valdemar Ló, viajariam para o mesmo destino à tarde. Os dois ficaram sabendo do acidente na estrada.

— Não chegamos a presenciar o acidente, descobrimos na estrada e assim que soubemos fomos ao hospital para ajudar o Alisson e o Heitor e até o IML. É um momento triste, eram tios que a família toda gostava, pessoas de respeito, agora vamos ser fortes e ajudar os que ficaram — afirma Valdemar.

Recordações

Para os primos e sobrinhos, o momento de tristeza também dá espaço para as lembranças. Conforme Claudiomir, o 'Zé', como o tio de coração era conhecido, se dava bem com todos da comunidade.

— Ele era casado com minha tia, mas era como um tio de sangue. E os dois eram participativos, ela era missionária, então estavam sempre dispostos, unidos e familiar com todos — recorda ele.

Prima deles, Sediane Hoinats conta que a família era acostumada a viajar para ver os familiares nos finais de ano e o acidente abalou amigos e familiares. 

— Eles eram especiais e não tinham nenhum rancor, nenhuma mágoa, porque eram muito queridos pela família inteira.  Não tinha quem não gostasse deles. Em vez de fazer festa (de Natal) hoje à noite, vamos estar com a família, mas com eles juntos para nos despedir — diz.

O enterro está marcado para às 10h desta segunda-feira (25) no Cemitério São Sebastião, em Joinville.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConheça algumas inovações que são destaque na Exposuper 2018, em Joinville https://t.co/aYCyWRk5QG #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCaminhão é recuperado com auxílio de rastreador meia hora após ser furtado em Guaramirim https://t.co/mNtnPUfLDT #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca