Justiça ordena que Alexandre Frota e membros do MBL deletem mensagens contra Caetano Veloso e Paula Lavigne - Geral - A Notícia

Versão mobile

Sujeito a multa31/10/2017 | 19h27Atualizada em 31/10/2017 | 19h29

Justiça ordena que Alexandre Frota e membros do MBL deletem mensagens contra Caetano Veloso e Paula Lavigne

Condenados têm até 48 horas para deletar as mensagens contra o artista 

Justiça ordena que Alexandre Frota e membros do MBL deletem mensagens contra Caetano Veloso e Paula Lavigne divulgação / Record/divulgação / Record
Foto: divulgação / Record / divulgação / Record
GaúchaZH
GaúchaZH

Alexandre Frota perdeu mais uma na ação Justiça. Desta vez, Caetano Veloso e Paula Lavigne conseguiram duas liminares na Justiça do Rio de Janeiro que obrigam o artista e os dirigentes do MBL Kim Kataguiri, Renan dos Santos e Vinicius Aquino a deletarem do Twitter e do Facebook postagens apontadas como ofensivas. Caso não o façam, podem ser multados em R$ 10 mil por dia. 

O juiz Bruno Manfrenatti, da 50ª Vara Cível, afirmou que "foram dirigidas (pelo ator) ofensas caluniosas e injuriosas, o que traduz abuso do direito à livre expressão/manifestação conferido pela Constituição". De acordo com a decisão, as ofensas seriam "171, ladrão, filho da puta", além de falar que o cantor teria um "suposto ato de pedofilia" e apoiaria corruptos. 

O juiz escreve ainda que os réus tiveram o "único intuito de depreciar a imagem dos autores", com "ofensas difamatórias e calunisosas". No caso de Caetano, isto se aplicaria por ter "praticado suspoto ato de pedofilia" e, no caso de Paula e Caetano, porque "apoiariam a pedofilia e integrariam uma gangue". 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Black Friday vai movimentar R$ 17 milhões em Joinville  https://t.co/0AWhJNPSoY #LeianoANhá 31 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidentes na BR-470 matam duas pessoas no Vale do Itajaí com intervalo de uma hora https://t.co/5klMsGaEM2 #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca