No último dia de inverno, relembre fatos marcantes da estação em SC em 2017 - Geral - A Notícia

Versão mobile

Equinócio de primavera21/09/2017 | 15h45Atualizada em 21/09/2017 | 15h45

No último dia de inverno, relembre fatos marcantes da estação em SC em 2017

Confira um histórico do frio no Estado e relembre detalhes do inverno

No último dia de inverno, relembre fatos marcantes da estação em SC em 2017 Mycchel Hudsonn Legnaghi/São Joaquim Online
Inverno termina nesta sexta-feira Foto: Mycchel Hudsonn Legnaghi / São Joaquim Online

O inverno termina oficialmente nesta sexta-feira, dia 22, às 17h02min, quando ocorre o equinócio de primavera no Hemisfério Sul. A partir daí, os dias começam a ser mais longos do que as noites. Para muitas pessoas, a estação teve pouca presença do frio, mas não há como esquecer de uma massa de ar polar em julho, que fez gear na Ilha e deixou termômetros de todas as regiões abaixo de 0ºC.  

— Concordo que o frio pouco apareceu, mas não concordo que ele não ocorreu. Durante a estação foram poucas massas de ar polar, mas teve uma, em julho, que provocou -8,8ºC em Bom Jardim da Serra, a décima primeira menor temperatura da história do Estado — defende o meteorologista Leandro Puchalski.

De acordo com a Central NSC de Meteorologia, como poucas massas de ar polar passaram sobre Santa Catarina, tivemos poucos dias de frio intenso, resultando em um inverno menos frio do que a média no Estado.

Histórico do frio em SC este ano

Os primeiros registros de frio do ano aconteceram ainda durante o outono, no mês de março, com a queda das temperaturas na Serra de SC e registro de 4,8ºC em Urupema. Cerca de um mês depois, em 26 de abril, os termômetros já haviam marcado as primeiras temperaturas negativas de 2017. No feriadão de 1º de maio, os hotéis da região ficaram quase lotados de turistas em busca do frio.  

A primeira previsão de neve em Santa Catarina ocorreu no começo de junho, turistas chegaram a dormir dentro dos carros no alto da Serra à espera do fenômeno e não se decepcionaram: no dia 9 de junho, às 12h20min, caíram os primeiros flocos do ano em SC. Nesse dia, pelo menos quatro cidades tiveram registro de neve no Estado.

Dias antes do começo oficial do inverno, São Joaquim registrou o fenômeno da chuva congelada e o último dia do outono teve sensação térmica de -13ºC na Serra catarinense. O começo de julho também teve temperaturas negativas e geada na região, enquanto no litoral as máximas chegavam aos 26ºC. 

Na segunda quinzena do mês de julho, as temperaturas voltaram a despencar, com nova previsão de neve no Estado. No dia 18, os flocos caíram em sete cidades do Estado e no dia seguinte, 19, pelo menos 58 cidades tiveram temperaturas negativas, incluindo a mais baixa do Brasil no ano, em Bom Jardim da Serra. O último registro de frio significativo no Estado foi dia 22 de agosto, depois disso, o tempo seco e quente predominou em Santa Catarina.

Relembre fatos marcantes do inverno 2017 em SC:


Menor temperatura do Brasil

 No dia 19 de julho, considerado o mais frio do ano no Estado, a cidade de Bom Jardim da Serra teve registro de -8,82ºC por volta das 7h, segundo dados da Epagri/Ciram. Foi a menor temperatura do ano registrada no Brasil, com sensação térmica próxima de -18ºC. No mesmo dia, pelo menos outras 58 cidades registraram temperaturas negativas. 

Aquela última gota do frio em Bom Jardim da Serra, por Kely Santos
Foto: Kely Santos / Kely Santos

Temperaturas negativas em todas as regiões

No mesmo dia, as temperaturas negativas e a geada estiveram presentes em todas as regiões do Estado. Até mesmo o bairro Ratones, no Norte da Ilha de Santa Catarina, ficou com a paisagem coberta de gelo.  As temperaturas foram negativas em pelo menos 58 cidades onde há estações de monitoramento da Epagri/Ciram, inclusive no Sul do Estado: Sombrio (-0,12), Criciúma (-0,9ºC) e Araranguá (-0,1ºC). Na Grande Florianópolis, Rancho Queimado registrou -1,4ºC, Antônio Carlos 1,43ºC e a Capital teve mínima de 2,67ºC. 

Foto: Marcelo Macedo / Arquivo pessoal

Neve até no Meio-Oeste

 Os moradores da cidade de Irani, no Meio-Oeste de SC, viram neve por volta das 17h15min do dia 17 de julho. Segundo especialistas, o fenômeno era neve granular, que pode ser definida como pequenos cristais de gelo de forma mais achatada. Os integrantes do Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade registrou em vídeo a precipitação e fizeram até boneco de neve. 

neve, boneco de neve
Foto: Corpo de Bombeiros Voluntários de Irani / Divulgação

Sete cidades catarinenses com flocos de neve

A Epagri/Ciram, órgão estadual de monitoramento da previsão do tempo e do clima, confirmou o registro de neve em seis cidades catarinenses na noite do dia 18 de julho: Irani, Água Doce e Fraiburgo, no Oeste de SC, Urupema e São Joaquim, na Serra, e Rancho Queimado, na Grande Florianópolis. Além disso, o meteorologista Leandro Puchalski afirmou que o fenômeno também ocorreu em Calmon, no Oeste, totalizando sete municípios.  

neve, são joaquim
Foto: Mycchel Hudsonn Legnaghi / São Joaquim Online

O espetáculo da Cachoeira que Congela, em Urupema

Em Urupema, onde o termômetro do Centro da cidade registrou -7,5°C em 19 de julho, a Cascata que Congela, próximo ao acesso do Morro das Antenas, mais uma vez honrou o nome. Muita gente levantou cedo para vislumbrar a cena e tirar fotos. No caminho até ela, o asfalto tinha trechos tomados por camada branca de gelo. 

Leia também:

Ensaio fotográfico: O frio é azul

 SC registra temperaturas negativas e geada em todas as regiões

 Bom Jardim da Serra faz -8,8ºC e SC registra nova menor temperatura do ano no Brasil

Turismo de inverno em SC ainda tem um longo caminho a percorrer para oferecer serviços de qualidade 

Saiba por que a previsão de acúmulo de neve não se confirmou

 Sete cidades catarinenses tiveram registro de neve na segunda-feira

 Com 3,2°C, Florianópolis registra a menor temperatura do ano



A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros