Governo federal estuda extinguir o horário de verão - Geral - A Notícia

Versão mobile

tempo21/09/2017 | 13h08Atualizada em 21/09/2017 | 13h08

Governo federal estuda extinguir o horário de verão

Economia dos últimos anos é considerada "irrelevante" para o setor

Governo federal estuda extinguir o horário de verão Felipe Carneiro/Agencia RBS
Pôr do sol na Praia do Cacupé Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS


O horário de verão corre o risco de acabar no Brasil. Conforme o site G1, o governo federal estuda se mantém ou não o adiantamento dos relógios nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. 

A medida seria resultado de relatórios recentes do Ministério de Minas e Energia que apontaram "efetividade decrescente" nos últimos anos. As mudanças nos hábitos dos consumidores e o avanço da tecnologia teriam reduzido a economia durante o período.   

Questionados pelo site sobre a eventual medida, o ministério e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) não se manifestaram. 

Se não houver nenhuma alteração, o horário de verão deve começar em 15 de outubro em 10 Estados e no Distrito Federal. O adiantamento dos relógios deve ocorrer até 18 de fevereiro de 2018. 

Adiantamento dos relógios é adotado anualmente desde 1985

No ano passado, de acordo com dados da pasta, o horário de verão durou 126 dias e gerou uma economia de R$ 159,5 milhões ao sistema, ao reduzir o acionamento de usinas termoelétricas, valor considerado irrelevante para o setor. O sistema foi adotado no Brasil em 1931 e desde 1985, foi aplicado todos os anos.

Nos países desenvolvidos, o horário de verão é mais extenso do que no Brasil. Na Europa, vigora de março a outubro; nos EUA, México e Canadá, de março a novembro.

Leia também:
No último dia do inverno, relembre fatos marcantes da estação em SC

Colocação de muros e pedras não são melhor alternativa para conter ressaca, dizem especialistas

Ressaca em Florianópolis segue na mesma intensidade até sexta-feira

Moradores do sul da Ilha contam que nunca viram maré alta como essa

Prefeitura decreta situação de emergência por estragos causados pela ressaca em Florianópolis

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTeste AN nas Ruas: Usuários da 15 de Novembro reclamam da pavimentação e falta de ciclofaixas em trechos da via https://t.co/gQOgixxt4N #L…há 11 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Joinville sedia mostra de decoração com 41 ambientes a partir do dia 20 de outubro https://t.co/mdY0IksTbH #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros