Funcionários dos Correios em SC mantêm greve nesta semana - Geral - A Notícia

Versão mobile

Paralisação nacional25/09/2017 | 10h14Atualizada em 25/09/2017 | 10h14

 Funcionários dos Correios em SC mantêm greve nesta semana

Segundo o sindicato catarinense, proposta de acordo coletivo não é voltada à federação local e, portanto, não será votada em assembleia

 Funcionários dos Correios em SC mantêm greve nesta semana Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Os funcionários dos Correios em Santa Catarina dão continuidade à paralisação das atividades nesta segunda-feira. A greve, que é nacional, começou na última quarta-feira. Segundo o sindicato catarinense, a proposta de acordo coletivo apresentada no final da semana não é voltada à federação local e, portanto, não será votada em assembleia. 

De acordo com José Maria Pego, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos e Similares de Santa Catarina  (Sintect SC), a semana começa com uma adesão maior à greve por parte dos funcionários no Estado. Ele acredita que cerca de 400 trabalhadores estejam paralisados, principalmente no Norte do Estado. 

— A greve continua e com mais adesões. Até então, estava um pouco esvaziada, mas hoje muitas pessoas cruzaram os braços. Todas as unidades estão abertas, mas com atendimento deficitário — explica. 

Pego explica que a proposta de acordo coletivo de trabalho, que mantem o ACT 2016/2017 com reajuste de 3% nos salários e benefícios a partir de janeiro do ano que vem, foi apresentada à Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect). A Findect, no entanto, representa, principalmente, a base de funcionários do Rio de Janeiro e de São Paulo. No Estado catarinense, a representação fica a cargo da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentec), que une 31 sindicatos em todo o país. 

— Nós temos duas federações e a proposta foi apresentada somente para uma delas. Por isso, nós não vamos votar na terça-feira à noite, como eles vão fazer e devem rejeitar, e continuamos com a greve. Até o momento não houve diálogo com os patrões — reitera o dirigente sindical em Santa Catarina.

A nota mais recente enviada pelos Correios em Santa Catarina é de sexta-feira. No comunicado, a empresa dizia que "95,77% do efetivo está presente e trabalhando – o que corresponde a 3.740 empregados". A estatal também informou continuar as negociações com Findetc e Fintect, mesmo essa última federação "ter decidido iniciar a paralisação nas bases de seus sindicatos filiados antes de esgotado o diálogo sobre as cláusulas previstas no acordo", afirmam. 

"A atitude da Fentect coloca em risco não apenas a qualidade dos serviços prestados aos clientes e à população brasileira, mas compromete a sustentabilidade dos Correios e prejudica todo o esforço realizado durante este ano para reverter a situação financeira da empresa", finalizam.

Leia também:

Correios e sindicatos chegam a proposta de acordo coletivo que poderá encerrar greve

Funcionários dos Correios entram em greve em Santa Catarina

Funcionários dos Correios entram no segundo dia de paralisação em SC

Meirelles sobre privatização dos Correios: estamos olhando com muito cuidado





Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFutura gestão do JEC ainda procura um nome para a vice-presidência  https://t.co/GCTWJqWZFh #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Receptação de carga roubada agora pode fechar empresas  https://t.co/izN65xW6CA #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros