Casan solicita economia de água tratada por conta da estiagem em Santa Catarina - Geral - A Notícia

Versão mobile

Tempo seco15/09/2017 | 18h07Atualizada em 15/09/2017 | 18h07

Casan solicita economia de água tratada por conta da estiagem em Santa Catarina

Na primeira quinzena de setembro, choveu somente 20 mm no Extremo-Oeste e Oeste catarinense

Casan solicita economia de água tratada por conta da estiagem em Santa Catarina Guilherme Hahn/Especial
Foto: Guilherme Hahn / Especial
Diário Catarinense
Diário Catarinense

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) emitiu comunicado na tarde desta sexta-feira, 15, solicitando que a população economize água tratada por conta da estiagem que atinge todas as regiões do Estado. A orientação é que sejam evitadas atitudes como lavar calçadas e carros com mangueira ou escovar os dentes com a torneira aberta. O volume de chuva no Estado é considerado abaixo da média desde maio.

De acordo com dados da Epagri/Ciram, no mês de julho choveu apenas 20% do esperado para todo o mês. Nos últimos 15 dias o cenário se agravou devido às temperaturas altas, que aumentam consideravelmente o consumo de água tratada, segundo a Casan. 

Na primeira quinzena de setembro, choveu somente 20 mm no Extremo-Oeste e Oeste catarinense e menos do que 10 mm nas demais regiões de Santa Catarina. A precipitação escassa tem impactado diretamente no volume dos rios, que se encontra baixo. Onze deles estão em situação de emergência para estiagem, e outros oito em estado de alerta para o mesmo fenômeno.  

Na Grande Florianópolis, os dois principais rios - o Cubatão e o Vargem do Braço (Pilões) - estão em estado de atenção, de acordo com Epagri/Ciram. No Oeste, os rios Taboão, Burro Magro, Jacu e do Peixe estão com níveis mais baixos. Em Mafra, município da região Norte onde não chove há 90 dias e a temperatura oscila na média de 30ºC, o nível do Rio Negro tem exigido atenção permanente das equipes técnicas e a colaboração da população. 

Leia também:

 Onze rios catarinenses estão em situação de emergência para estiagem

 2017 já é o segundo ano com mais focos de incêndio e queimadas em SC na última década

 Calor diminui nesta sexta-feira em Santa Catarina


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMotorista colide contra viatura da PM na área Central de Joinville https://t.co/VpBrz0U5aa #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens morrem após ação de combate ao tráfico de drogas em Araquari https://t.co/ug6GIjF79N #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca