Sem filas, joinvilenses começam a sacar último lote das contas inativas do FGTS - Geral - A Notícia

Versão mobile

Pagamento08/07/2017 | 13h50Atualizada em 08/07/2017 | 16h31

Sem filas, joinvilenses começam a sacar último lote das contas inativas do FGTS

Agências da Caixa operam em horário especial neste sábado (8) para o pagamento das contas inativas do FGTS para nascidos em dezembro

Sem filas, joinvilenses começam a sacar último lote das contas inativas do FGTS Salmo Duarte/Agencia RBS
Na Agência da Caixa da Rua do Príncipe, no Centro, não houve dificuldade para que os trabalhadores efetuassem o saque Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

As agências da Caixa Econômica Federal (CEF) de Joinville abriram na manhã deste sábado (8) para o primeiro dia de pagamentos do último lote das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O atendimento nas agências seguiu até às 15h para atender os trabalhadores nascidos em dezembro.

Pela manhã, o Jornal A Notícia visitou quatro agências bancárias no Centro e nos bairros América e Petrópolis. A movimentação era tranquila e não houve fila em nenhum dos estabelecimentos. Em quatro meses, pelo menos 60 mil pessoas já recolheram o saldo ao qual tinham direito, na cidade.

De acordo com o superintendente Regional Norte da Caixa, Jacemar Bittencourt de Souza, o movimento foi menor, desta vez, porque apenas os nascidos no mês de dezembro ainda não tinham acesso aos recursos. Nos lotes anteriores a liberação era feita para trabalhadores com data de aniversário que compreendiam dois ou mais meses de referência.

Em Joinville, a estimativa é de que até o dia 31 de julho, quando termina o prazo para o saque das contas inativas, sejam resgatados cerca de R$ 120 milhões somente nas agências bancárias da cidade.

Em SC, quantia paga a 1.2 milhão de trabalhadores desde a abertura do calendário de pagamentos, chega a R$ 2 bilhões Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

No Estado, a quantia paga a 1.234.717 trabalhadores desde a abertura do calendário de pagamentos, em março, chega a R$ 2 bilhões. O valor representa 95% do que estava previsto ser resgatado no período de vigência da medida provisória 763/2016.

Em todo o país, até o término da sexta-feira (7), 22,6 milhões de brasileiros retiraram o saldo das contas inativas. Foram pagos até a data R$ 38,1 bilhões.

Os valores podem ser resgatados até o final do mês e, segundo o superintendente, 18% dos beneficiários catarinenses ainda não retiraram o dinheiro. Os pagamentos são feitos nas agências ou em casas lotéricas.

— O resgate poderá ser feito por qualquer beneficiário até o dia 31 de julho. Depois, voltam a valer as regras normais do Fundo de Garantia,  anterior à medida provisória que prevê a retirada das contas inativas — destaca Jacemar.


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMotorista colide contra viatura da PM na área Central de Joinville https://t.co/VpBrz0U5aa #LeianoANhá 13 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens morrem após ação de combate ao tráfico de drogas em Araquari https://t.co/ug6GIjF79N #LeianoANhá 14 horas Retweet
A Notícia
Busca