Santa Catarina recebe mais 33,1 mil doses de vacina pentavalente  - Geral - A Notícia

Versão mobile

Proteção para bebês13/07/2017 | 18h14Atualizada em 13/07/2017 | 18h16

Santa Catarina recebe mais 33,1 mil doses de vacina pentavalente 

Estado não recebia a imunização desde abril; déficit da vacina no Estado é de cerca de 47,6 mil doses

Diário Catarinense
Diário Catarinense

Mais uma remessa da vacina pentavalente, que não era enviada para Santa Catarina pelo Ministério da Saúde desde abril, chegou a Santa Catarina. Depois das 9,2 mil doses da semana passada, mais 33,1 mil foram encaminhadas ao Estado, porém déficit em SC ainda é 47,6 mil doses. A vacina protege bebês contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras infecções respiratórias. 

O novo lote chegou nesta quarta-feira e já está sendo distribuído às gerências regionais de saúde, responsáveis pelo repasse aos municípios. Por isso, a população deve entrar em contato com as secretariais municipais de saúde para confirmar se as doses já foram entregues aos postos de saúde da sua cidade.

— Santa Catarina estava desde abril deste ano sem receber a cota mensal de 30 mil doses da vacina pentavalente. Com essas 42.310 doses recebidas até o momento, a situação será parcialmente normalizada. No entanto, ainda permanecemos com um déficit de 47.690 doses, considerando o período em que a distribuição ficou interrompida — afirma o diretor da Dive/SC, Eduardo Macário.

Por dentro da vacina

A vacina pentavalente faz parte do calendário do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Todos os bebês devem tomar doses aos dois, quatro e seis meses de idade. A imunização protege contra tétano, difteria, coqueluche, hepatite B e Haemophilus Influenzae tipo B, que causa meningite e outras infecções graves.

Leia também:

Santa Catarina recebe 9,2 mil doses de vacina pentavalente 

Ministério da Saúde prevê entrega de vacina pentavalente até o final desta semana em SC

Justiça autoriza casal a cultivar maconha em casa para tratamento medicinal  

Saiba quais cuidados são essenciais para evitar as doenças mais comuns no inverno

Florianópolis registra cinco mortes por gripe A neste ano 

Joinville registra a primeira morte por gripe B de Santa Catarina

A Notícia
Busca