Prefeitura anuncia contratação de empresa para fazer coleta de lixo se Comcap não encerrar greve - Geral - A Notícia

Versão mobile

Greve na Comcap12/07/2017 | 16h14Atualizada em 13/07/2017 | 10h42

Prefeitura anuncia contratação de empresa para fazer coleta de lixo se Comcap não encerrar greve

Prefeito diz que há acordo com sindicato, que nega

Prefeitura anuncia contratação de empresa para fazer coleta de lixo se Comcap não encerrar greve /
Prefeito diz que há acordo com sindicato, que nega. Foto: Gabriela Machado - RBS TV

O prefeito Gean Loureiro informou, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, que vai contratar emergencialmente a empresa TOS Ambiental, do Oeste Catarinense, para realizar a coleta de lixo por 15 dias. Os serviços devem começar a ser prestados a partir da sexta-feira. 

Segundo Loureiro, a empresa concordou com um contrato com uma entrada de R$ 40 mil, mais R$ 34 mil por cada dia trabalhado. Se a empresa trabalhar os 15 dias, o custo total para o município será de R$ 550 mil. O prefeito disse ainda que a empresa aceitou fechar o contrato sem custo de rescisão e só receberá pelos dias trabalhados. Caso a greve termine antes de sexta-feira, o contrato não será efetivado e a prefeitura não precisará pagar nada.

Loureiro informou ainda que, após uma reunião com representantes do sindicato, foi firmado um acordo para pôr fim à greve, o que ele considera o cenário ideal. Uma redação conjunta estaria sendo desenvolvida para os artigos mais polêmicos do projeto que transforma a Comcap em autarquia. 

— Se aprovado em assembleia (o acordo), a expectativa é que amanhã (quinta) se aprove o texto final — afirmou o prefeito Gean Loureiro. 

O gerente comercial da TOS Ambiental, Jaime José D´Agostini, afirmou que a empresa estará pronta para fazer a coleta a partir de sexta-feira e que não cobrará nada da prefeitura caso a situação com a Comcap seja regularizada antes disso:

— Em caso de emergência, a situação é sempre mais problemática. É preciso ter conhecimento dos itinerários. Mas estamos prontos para estabelecer a curto prazo a normalidade da coleta.

Clima tenso na Câmara

Enquanto as negociações ocorriam, o clima continuava tenso na Câmara. Há pelos 70 servidores dentro da Casa, que estava com o plenário fechado. Dezenas de policiais fazem a segurança do lado de fora, enquanto montes de lixo se acumulam. 

Presidente do Sintrasem, Alex Santos negou que haja um acordo com a prefeitura e acusou o prefeito Gean Loureiro de mentir para a população.

— O prefeito foi à imprensa e mentiu, porque o sindicato não fez acordo nenhum. Não vamos sair de dentro da Câmara enquanto o projeto não for suspenso — afirmou. 

Leia mais notícias:

Servidores da Comcap invadem Câmara de Vereadores de Florianópolis

Comcap decide manter greve em Florianópolis

Entenda o efeito bola de neve na dívida da Comcap 

Câmara aprova regime de urgência urgentíssima para tramitação do projeto de lei sobre a Comcap 

Tire as dúvidas sobre o projeto que levou à greve na Comcap

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCuidados para comprar na Black Friday  https://t.co/n57xuci6tW #LeianoANhá 5 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaComércio impulsiona criação de empregos pelo quarto mês seguido em SC https://t.co/3l5ntCSa6k #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca