Com sabores à moda da Oma, começa nesta quarta o Festival Gastronômico de Pomerode - Geral - A Notícia

Versão mobile

Vale do Itajaí05/07/2017 | 07h39Atualizada em 05/07/2017 | 10h30

Com sabores à moda da Oma, começa nesta quarta o Festival Gastronômico de Pomerode

Organização espera mais de 50 mil pessoas durante os 12 dias do evento


Foto: Lucas Correia / Agência RBS

Recado importante antes que você continue a ler esse texto: não é preciso saber bulhufas de alemão para entender sobre as comidinhas que estarão nas linhas que virão a seguir ou ser um Erick Jacquin do Vale do Itajaí para poder apreciá-las nos próximos 12 dias. Seja o pato à moda da Oma (esse é fácil de falar, hein?) ou o Entenbraten mit Semmelknödel, Rotkohl und Gebratenen Äpfeln (vish!), dezenas de opções estão à disposição a partir de hoje no Festival Gastronômico de Pomerode. O encontro vai rolar no Pavilhão Municipal de Eventos que foi transformado em uma grande vila gastronômica com 11 restaurantes e expectativa de receber cerca de 50 mil pessoas até o dia 16.

A ideia é aliar sabores tradicionais, um ambiente familiar e aconchegante e o tempo agradável em uma coisa só: nostalgia, como conta a diretora executiva da Fundação Cultural de Pomerode, Ivone Lemke. O desafio dado a todos os participantes foi de montar pratos que remetam ao passado e lembrem a casa dos avós (ou Opa e Oma, como queiram), com receitas que mesclam ingredientes tradicionais do Brasil (aipim, taiá, mangarito e galinha caipira, por exemplo) às iguarias alemãs (como Spätzle e marreco com repolho roxo). Para tentar fazer com que os visitantes se sintam encantados como o crítico culinário Anton Ego após comer o ratatouille do ratinho Rémy e de Alfredo Linguini no desenho homônimo da Pixar lançado em 2007, montar pratos com o tema "sabores da colonização" foi o desafio.

::: Confira o cardápio completo do Festival Gastronômico de Pomerode
::: Sete eventos gastronômicos para curtir no mês de julho no Vale do Itajaí
::: Roteiro Blumenau Gastronômico terá edição de inverno

– A palavra é "sensação". Queremos que as pessoas possam sentir aquilo que os antigos faziam, desde relembrar receitas, até o simples fato de reunir as pessoas em torno de uma mesa para uma boa refeição. Há toda uma cultura por trás de cada um dos pratos elaborados pelos 11 participantes, que vão desde histórias de família até experiências próprias – explica Ivone, uma das organizadoras do evento.

Entenbraten mit Semmelknödel, Rotkohl und Gebratenen Äpfeln (ã?), da Torten Paradise. Foto: Lucas Correia / Agência RBS

O ambiente maior em comparação à edição anterior, com um espaço mais charmoso e requintado, é a aposta de Pomerode para alavancar ainda mais o já consolidado festival – com direito a aquecedor para os mais friorentos. Junte isso ao mote de um evento familiar, que mescla não só os sabores das comidas, como também a harmonização de cervejas e vinhos – que, convenhamos, com esse tempo mais friozinho é uma boa pedida – para tentar bater o número do ano passado, quando 46 mil visitantes passaram pela cidade.


Além de opções gastronômicas (confira as principais na tabela abaixo), haverá apresentação de cinco grupos folclóricos de Pomerode: de segunda a sábado sempre às 20h15min, no domingo, às 12h15min. Haverá também shows musicais, sempre entre 19h e 22h, e no domingo das 11h às 14h30min. Outra atração com foco em pratos típicos será uma aula com chefs, diariamente das 18h às 20h e domingo a partir do meio-dia. O espaço Feito em Pomerode ainda trará ingredientes produzidos artesanalmente da cidade – muitos, inclusive, utilizados no preparo das receitas –, além de utensílios de porcelana, tricô e crochê.

— Falscher Hase | R$ 40 | Restaurante Curry Wurst
Bolo de carne bovina com ovo, temperos e condimentos, acompanhado por purê de batata doce e legumes na manteiga dourada com farinha de rosca

— Fleischrouladen (bife à rolê) | R$ 38 | Restaurante Curupira
Enrolado de carne bovina e vegetais, refogado com cerveja preta, acompanhado por repolho roxo e aipim com toucinho

— Pato à moda da Oma | R$ 48 | Restaurante Siedlertal
Carne de pato confitada, acompanhada por aipim frito, Spätzle, repolho roxo e molho de patoz Prato típico Oma Starke | R$ 29 | Funiculì FuniculàNhoque de batata doce com carne de panela desfiada

— Sahnehering | R$ 25 | Pousada Rural Mundo Antigo
Filé de sardinha em creme tradicional preparado com nata, maionese, finas rodelas de cebola e fatias de maçãz Huhn im Bier | R$ 20 | Pub Opa BotecoFrango na cerveja servido com purê de batata

— Wurstbrot mit Joghurt | R$ 18 | Restaurante Sabor do Sul
Patê de linguiça com iogurte acompanhado de pão caseiro

— Entenbraten mit Semmelknödel, Rotkohl und Gebratenen Äpfeln | R$ 46 | Torten Paradies
Coxa e sobrecoxa de marreco assadas no forno, acompanhadas pelo tradicional nhoque alemão, molho do marreco, repolho roxo agridoce e rodelas de maçã assadas

— Heringsbrot colonial | R$ 18 | Schornstein
Sardinhas frescas marinadas no limão com especiarias e fatias de ovo cozido servidas em fatias de pão de cará e pão de cerveja

— Klopse | R$ 25 | Opa Boteco
Bolinhos de carne bovina com especial tempero colonial

— Hühnergeschmortes | R$ 26 | Wox Club
Galinha caipira na panela de ferro, acompanhada por aipim

— Krauttaschen | R$ 35 | Restaurante Wunderwald
Trouxinha de repolho com carne moída, acompanhada por purê de batata doce

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens são mortos a tiros atrás de escola na zona Leste de Joinville https://t.co/0BAhu0AB96 #LeianoANhá 53 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens são mortos a tiros atrás de escola na Zona Leste de Joinville https://t.co/ZDQiXmwKkf #LeianoANhá 53 minutosRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros