Chapecó sedia competições do Desafio Nacional de Resgate - Geral - A Notícia

Versão mobile

Provas14/07/2017 | 12h48Atualizada em 14/07/2017 | 12h48

Chapecó sedia competições do Desafio Nacional de Resgate

150 competidores em 20 equipes testam a agilidade e a eficiência no atendimento a vítimas de acidentes de trânsito

Chapecó sedia competições do Desafio Nacional de Resgate Jackson Jacques/CBMSC
Foto: Jackson Jacques / CBMSC
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Acontece desde quinta-feira no parque Efapi, em Chapecó, a segunda edição do Desafio Nacional de Resgate. A competição reúne bombeiros e profissionais de resgate em provas que testam a agilidade e eficiência no atendimento a vítimas de acidentes de trânsito. As duas equipes que saírem vencedoras no último dia, no sábado, estarão classificadas para o desafio mundial (World Rescue Challenge), na Romênia.

Ao todo, são 150 competidores em 20 equipes de vários Estados do país. Para os cenários das provas, 40 carros foram amassados, simulando os acidentes. Entre os veículos, estão unidades apreendidas pela Receita Federal e modelos zero quilômetro doados por uma empresa do Paraná.

A etapa de Chapecó tem duas modalidades: Complexa e Standard. Na modalidade Standard, o resgate é de uma vítima consciente ou com ferimentos mais leves, que deve ser feito em 20 minutos. Já na Complexa, são duas vítimas, em estado grave, que podem estar em um ou dois veículos e devem ser resgatadas em no máximo 30 minutos. Todas as equipes competem nas duas modalidades. Mas, somente ficam sabendo de qual situação enfrentarão quando entram no parque e se deparam com o cenário de acidente já montado.

As provas do Desafio Nacional de Resgate estão sendo transmitidas ao vivo pelas redes sociais do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina.

 
 
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros