Queda de barreira na BR-282 dificulta acesso à cidade de São José do Cerrito, na Serra - Geral - A Notícia

Versão mobile

Sem prazo para liberação13/06/2017 | 12h27Atualizada em 13/06/2017 | 13h46

Queda de barreira na BR-282 dificulta acesso à cidade de São José do Cerrito, na Serra

Moradores precisam usar desvios com até 240 quilômetros para chegar a Lages

Queda de barreira na BR-282 dificulta acesso à cidade de São José do Cerrito, na Serra PRF/Divulgação
Trecho da BR-282 continua totalmente interditado no km 253 Foto: PRF / Divulgação

Chegar à cidade de São José do Cerrito, na Serra Catarinense, está mais difícil desde 4 de junho. Nesse dia, devido às fortes chuvas que caíram no Estado, parte de um morro desabou sobre a pista da BR-282, no km 253, interrompendo completamente o trânsito na rodovia, a cerca de três quilômetros da área urbana do município. Desde então, os moradores têm enfrentado problemas para sair ou chegar à cidade. 

A dificuldade é maior para quem se desloca até Lages, principal polo da região. Caso queira evitar estradas sem pavimentação, o morador precisará rodar 240 quilômetros pelas BRs 282 (sentido Campos Novos), 470 (sentido Vale) e 116 (sentido RS), em um trajeto de até três horas. Antes da interdição, o caminho direto entre as duas cidades pela BR-282 era de 56 quilômetros, feito em menos de uma hora. 

Para evitar esse caminho mais longo, a prefeitura da cidade está trabalhando para melhorar a condição de um estrada vicinal, que passa pela localidade de Passo dos Fernandes. Segundo o secretário municipal de Administração, Felipe Luiz Ceppo, devido à pista molhada em uma área íngreme, o caminho está sendo feito apenas no sentido Lages - Cerrito. A expectativa, porém, é que a estrada seja liberada nos dois sentidos até esta quarta-feira. Quando isso ocorrer, a viagem entre os dois pontos deve levar pouco mais de uma hora.  

Deslizamento de terra na BR-282 ocorreu no dia 4 de junho Foto: PM / Divulgação

Outra possibilidade é rodar pela SC-120 até Curitibanos e de lá seguir pelas BRs 470 e 116 para chegar a Lages, em um caminho de aproximadamente 120 quilômetros, que pode levar até duas horas para ser percorrido. O problema é que essa estrada estadual também não é pavimentada, porém trabalhos estão sendo feitos para melhorar as condições de trafegabilidade. 

Apesar das dificuldades, Ceppo afirma que não há problemas de desabastecimento na cidade. Na manhã dessa terça-feira, o prefeito Arno Marian estava no interior do município para acompanhar os trabalhos nas estradas vicinais. 

Sem prazo para liberação definitiva 

Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), caso o tempo seco se mantenha, a expectativa é que haja uma liberação parcial da BR-282 até o fim de semana. A assessoria do órgão, no entanto, não quis dar um prazo para que o tráfego volte ao normal na rodovia. A explicação para isso é que uma avaliação completa dos danos só poderá ser feita após a retirada de todo o barro da pista. Além disso, há fissuras no asfalto e a terra continua bastante molhada, provocando movimentações durante o trabalho de limpeza.

Terra próximo ao deslizamento tem fissuras e pode haver novas quedas Foto: PRF / Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal afirma que já fez a sinalização do trecho e que os motoristas que trafegam entre Campos Novos e Lages devem utilizar as BRs 116 e 470. Há placas e policiais orientando os condutores no trevo de Campos Novos (entre as BR 470 e 282) e também no entroncamento das BRs 116 e 282, em Lages. 

Leia também:

Trecho da BR-282 deve ficar interditado por tempo indeterminado

Após chuvas, Governo de SC estima prejuízos na ordem de R$ 40 milhões

BR-282, em Palhoça, tem trânsito liberado após horas de interdição

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaExplosão em condomínio deixa quatro pessoas gravemente feridas em Joinville https://t.co/Chvrk3vr6L #LeianoANhá 7 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDiogo Vargas: chocante e horrenda a descoberta da rede de pedófilos https://t.co/zpF86byIRL #LeianoANhá 10 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros