PF faz operação contra organização suspeita de fraudar seguro-desemprego e FGTS em SC - Geral - A Notícia

Versão mobile

Stellio18/05/2017 | 08h09Atualizada em 18/05/2017 | 09h15

PF faz operação contra organização suspeita de fraudar seguro-desemprego e FGTS em SC

Além do Estado, 136 mandados judiciais estão sendo realizados em Tocantins, Goiás, Pará, Maranhão, Roraima e Paraná

Diário Catarinense
Diário Catarinense

A Polícia Federal deflagrou mais uma operação na manhã desta quinta-feira em Santa Catarina. A ação batizada de Stellio, que tem parceria com o Ministério do Trabalho, busca desarticular uma organização suspeita de fraudar benefícios do programa de seguro-desemprego e FGTS. Em Balneário Camboriú, no litoral Norte, agentes cumprem um mandado de busca e apreensão.

O alvo é um apartamento na Rua 1401, no Centro. O imóvel seria usado por dois irmãos, que estão entre os principais focos da operação.

Além de SC, outros 135 mandados judiciais estão sendo realizados no Tocantins, Goiás, Pará, Maranhão, Roraima e Paraná. Segundo a PF, o esquema causou um prejuízo de R$ 320 milhões, entre janeiro de 2014 e junho de 2015. Ao todo, são cumpridos 56 mandados de busca e apreensão, 10 de condução coercitiva, nove de prisões preventivas e 61 prisões temporárias. 

A Polícia Federal do Tocantins, responsável por toda a operação, determinou a prisão de 14 agentes e ex-agentes que trabalhavam no Sistema Nacional de Emprego (Sine) que atuaram na inserção de requerimentos fraudulentos no sistema do Ministério do Trabalho. Também foi determinada a prisão de três ex-funcionários da Caixa Econômica Federal, que facilitavam os saques de benefícios fraudulentos por outros integrantes da organização criminosa. A Justiça também determinou a indisponibilidade financeira de 96 pessoas suspeitas de fazer parte do grupo para ressarcir o erário público pelos prejuízos.

A operação faz referência ao nome em latim stellionatu, estelionato, fraude, que veio de stellio, um tipo de camaleão que tem a pele com manchas que parecem estrelas. Stellio ganhou o sentido de trapaceiro, pela capacidade do animal de modificar as cores

Leia mais notícias:
PF faz operação contra venda de bebidas contrabandeadas em SC


 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDefesa Civil alerta para chuva moderada a forte e raios em Joinville https://t.co/zeeM6OA63u #LeianoANhá 12 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaO que tem para o fim de semana: confira o que fazer em Joinville e região https://t.co/pzX98mj3mZ #LeianoANhá 36 minutosRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros