"O fato é grave, uma pena para o Brasil", diz deputado Mauro Mariani sobre acusação contra Michel Temer - Geral - A Notícia

Versão mobile

MESADA NA PRISÃO17/05/2017 | 22h39Atualizada em 17/05/2017 | 22h39

"O fato é grave, uma pena para o Brasil", diz deputado Mauro Mariani sobre acusação contra Michel Temer

Presidente do PMDB em SC afirma que partido defende as investigações

"O fato é grave, uma pena para o Brasil", diz deputado Mauro Mariani sobre acusação contra Michel Temer Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

A notícia de que os donos da JBS, Joesley e Wesley Batista, gravaram o presidente Michel Temer (PMDB) dando aval para a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ainda é repercutida com cautela entre as lideranças políticas catarinenses.

Líder do partido do presidente em Santa Catarina, o deputado federal Mauro Mariani diz que estava na Câmara dos Deputados e participava de uma reunião com prefeitos do Fórum Parlamentar Catarinense quando tomou conhecimento do caso, no começo da noite desta quarta-feira.

Apesar de observar que ainda é cedo para fazer avaliações, Mariani reconhece que as notícias são "graves".

—Amanhã (quinta-feira) teremos os desdobramentos, vamos ouvir as argumentações. O fato é grave, uma pena para o Brasil. Parecia que o Brasil começava a engrenar, a economia começava a reagir. Isto é o mais triste na minha opinião — apontou.

Mariani ainda apontou que, seja quais forem os nomes envolvidos, a posição do partido é de defender o avanço das investigações.

Leia mais
Carolina Bahia: delação da JBS coloca futuro do governo Temer em risco

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros