Pesquisadora brasileira está entre os cem mais influentes do mundo da revista Time - Geral - A Notícia

Versão mobile

Reconhecimento20/04/2017 | 14h29Atualizada em 20/04/2017 | 14h29

Pesquisadora brasileira está entre os cem mais influentes do mundo da revista Time

Celina Turchi coordena grupo de estudos sobre zika

Pesquisadora brasileira está entre os cem mais influentes do mundo da revista Time Ascom/Fiocruz/PE
Foto: Ascom / Fiocruz/PE

Papa Francisco, Tom Brady, Neymar e até o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, estão ao lado da pesquisadora brasileira Celina Turchi na lista das cem pessoas mais influentes do mundo feita pela revista norte-americana Time. Os nomes foram anunciados nesta quinta-feira, e o jantar com os homenageados ocorre na próxima terça-feira, em Nova York.

No fim de 2015, Celina coordenou a força-tarefa que buscava respostas para o aumento no número de casos de microcefalia no Brasil. Junto de outros pesquisadores, ela conseguiu comprovar a relação entre o zika vírus e os casos da malformação. Hoje, ela coordena o Grupo de Pesquisa da Epidemia de Microcefalia (Merg), que desenvolve o primeiro estudo caso-controle relacionando o zika com essa doença. 


Leia mais:
Celina Turchi: "O que sabemos sobre o zika está só no começo"
Brasileira está entre os cientistas mais importantes do ano da revista Nature

O Merg é formado por cerca de 30 pesquisadores de Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Pernambuco, Universidade de Pernambuco, Universidade Federal de Pernambuco, Secretaria de Saúde de Pernambuco, Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, Fundação Altino Ventura, Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) e Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip).

No ano passado, a pesquisadora goiana também entrou na lista das 10 personalidades mais influentes da ciência, organizada pela publicação científica Nature. Em março, ela recebeu o prêmio "Faz Diferença", na categoria Personalidade do Ano, do Jornal O Globo, ao lado da médica paraibana Adriana Melo. No mesmo mês, foi contemplada com a Medalha do Mérito Heroínas do Tejucupapo, concedida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Secção Pernambuco, entre outras premiações.

Veja a lista completa aqui.

A Notícia
Busca