RBS recebe mensagens de apoio de jornais do mundo inteiro - Geral - A Notícia

Versão mobile

Solidariedade30/11/2016 | 18h06Atualizada em 30/11/2016 | 20h25

RBS recebe mensagens de apoio de jornais do mundo inteiro

Entre as 71 vítimas do desastre aéreo ocorrido na madrugada de terça na Colômbia, havia 21 profissionais de imprensa

RBS recebe mensagens de apoio de jornais do mundo inteiro Divulgação/Divulgação
Redação do jornal turco Hürriyet Daily News homenageia profissionais de imprensa  mortos na queda do avião que transportava a Chapecoense Foto: Divulgação / Divulgação

Desde a madrugada de terça-feira (29), quando o avião que transportava a delegação da Chapecoense, jornalistas e convidados caiu nas proximidades de Medellín, jornais do mundo inteiro têm enviado mensagens à RBS em solidariedade pela perda dos colegas de profissão. 

No acidente morreram, além de atletas e integrantes da comissão técnica do clube e da tripulação, 21 profissionais de imprensa. Entre eles estavam André Podiacki, Giovane Klein, Bruno Silva, Djalma Araujo Neto e Laion Espíndula  –todos enviados pelo Diário Catarinense e RBS TV à Colômbia para cobrir a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, que seria disputada nesta quarta-feira (30) pelo time catarinense contra o Atlético Nacional.

– A morte de 21 jornalistas brasileiros produziu uma onda de solidariedade global nas redações, o que ajuda a reconfortar e amenizar a dor que todos sentimos aqui. Somos muito agradecidos por essa demonstração geral de apoio – destaca o vice-presidente Editorial do Grupo RBS, Marcelo Rech, que também preside o Fórum Mundial de Editores (WEF) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ).

Abaixo, trechos de algumas mensagens: 

"Com o coração doído, ofereço minhas condolências. Meus sentimentos a suas famílias, a você (Rech) e a seus colegas nesta hora difícil."
Michael Golden, vice-presidente do New York Times (Estados Unidos)

"Sentimos sua dor e tristeza profunda. Trabalhei no Brasil. Tive a oportunidade de conhecer pessoas muito boas aí. Eu estava na Copa do Mundo de 2014 e na Olimpíada de 2016. Talvez tenha trabalhado com alguns deles. Queremos deixar claro que estamos com vocês. Estamos profundamente tristes com a perda dos jogadores de futebol e dos jornalistas."
Mehmet Arslan, editor de Esportes do Hürriyet Daily News (Turquia)

"Aceite minha compaixão. Estou profundamente entristecida. Gentilmente, publicamos um tributo a vocês em nosso site."
Toyosi Ogunseye, editora do jornal Punch (Nigéria)

"Minha consideração a você e a seus colegas. É duro para mim acreditar no que aconteceu. Que tristeza."
Wolfgang Krach, editor-chefe do Sueddeutsche Zeitung (Alemanha)

"Triste demais saber disso. Meus pêsames às famílias."
Sanjay Gupta, Dainik Jagran (Índia)

"Enorme tragédia."
Carlos Guyot, La Nacion (Argentina)

"Nossas preces a vocês, aos colegas e às suas famílias. Sua perda é nossa perda também."
Bongani Siqoko, Sunday Times (África do Sul)

"Lamentamos muito essa tragédia nacional e muito pessoal."
Michael Cooke, Toronto Star (Canadá)

Acompanhe:

O perfil das vítimas e sobreviventes do acidente da Chapecoense

Solidariedade: as 15 homenagens à Chapecoense que comoveram o mundo

Chapecó prepara velório coletivo de vítimas de acidente aéreo

Porta-voz da LaMia admite que aeronave trabalhava no limite de sua capacidade de combustível


 

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTransformador de cinco toneladas cai de carreta e bloqueia BR-376 https://t.co/YUAK9VyoVWhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoão Carlos Gonçalves é afastado do cargo da Câmara de Vereadores de Joinville https://t.co/UIXONjXnEjhá 6 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros