Mãe e filha haitianas que se reencontraram têm vida nova em Florianópolis - Geral - A Notícia

Versão mobile

Recomeço13/10/2016 | 08h07Atualizada em 14/10/2016 | 16h29

Mãe e filha haitianas que se reencontraram têm vida nova em Florianópolis

Wilclese e Wilnese tiveram um Dia das Crianças diferente em 2016

Mãe e filha haitianas que se reencontraram têm vida nova em Florianópolis haiti,haitiana,reencontro,wilnise,joseph,wilclese,saint fleur,dia,criancas/Agencia RBS
Wilnise brincou muito no parque no Dia das Crianças Foto: haiti,haitiana,reencontro,wilnise,joseph,wilclese,saint fleur,dia,criancas / Agencia RBS

Desde a última sexta-feira, os sorrisos de alegria que emocionaram aqueles que viram o reencontro de Wilnise Joseph, 4 anos, com Wilclese Saint Fleur, 29, ainda não saíram dos rostos da mãe e filha haitianas. Depois de dois anos separadas, as duas iniciaram uma nova vida em Florianópolis, local que acolheu Wilclese quando ela deixou o Haiti e veio para o Brasil em busca de um futuro melhor dois anos trás.

Neste Dia das Crianças, a pequena Wilnise, que até então teve uma vida de dificuldades, viveu um dia com a simplicidade e as alegrias que tem direito. No parque Dona Tilinha, na Praça Getúlio Vargas, a conhecida Praça dos Bombeiros, a menina correu, fez castelinho na areia, rodou no gira-gira, brincou no balanço, fez amiguinhas e se divertiu até cansar. Depois, ainda foi fazer lanche em fast-food para conhecer novos amigos, desta vez os filhos dos colegas de empresa de Wilclese, que formaram uma rede de solidariedade possibilitando a vinda da menina para o Brasil.

Wilnise ainda não se dá conta, mas ver o sorriso constante em seu rosto, as poucas palavras que já pronuncia em português, valem mais do que os agradecimentos diários da mãe aos colegas. Na pequena quitinete alugada por Wilclese no Morro do 25, na Agronômica, falta espaço para guardar todos os presentes que a pequena recebeu desde sua chegada. São bonecas, roupas e doces, tudo novidade para a pequena haitiana, que já mostra habilidade para pentear os cabelos de suas mascotes assim como a mãe penteia o seu, sempre arrumados com acessórios coloridos.

— Ela está muito alegre, ganhou muitos brinquedos, pede para ir no meu trabalho, todo mundo quer abraçar ela — conta Clese, como é chamado pelos colegas.

Wilnise é pura simpatia Foto: haiti,haitiana,reencontro,wilnise,joseph,wilclese,saint fleur,dia,criancas / Agencia RBS

A auxiliar de limpeza recebeu férias do serviço para poder curtir o primeiro mês com a filha e ajudar o pai da pequena, Jimily Joseph — que trouxe a Wilnise para o Brasil — a fazer a documentação e conseguir emprego, mas já está buscando uma vaga em uma creche para quando voltar à rotina.

Marion Gottschalk, diretora da Intercultural, onde Clese trabalha, conta que elas receberam muitas doações, e também ganharam uma consulta médica de uma pediatra:

— Levamos ela na teça-feira, pois ela estava reclamando de dor na barriga e descobrimos que está com vermes e provavelmente anemia. Já começamos o tratamento, a Clese também vai levar ela no posto de saúde para fazer todas as vacinas e um check up. Agora estamos fazendo todos estes cuidados para que ela fique bem — explica. 

Como ajudar

Mesmo tendo recebido doações, a família ainda tem muitas necessidades. Clese recebe cerca de R$ 1.200 de salário bruto e somente de aluguel paga R$ 450, sobrando pouco para outras despesas. O fogão da quitinete alugada está em péssimo estado, e a geladeira também não é própria.

Quem quiser colaborar pode entrar em contato com Marion, na Intercultural, no telefone (48) 3229-7900. Doações de alimentos e roupas podem ser entregues na empresa, localizada na Rua Durval Melquíades de Souza, 756, no Centro de Florianópolis.


 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia'AN' testa o aplicativo Uber no primeiro dia de funcionamento em Joinville https://t.co/il68udAyxO https://t.co/6WUEYID981há 5 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVagner Mancini será o técnico da Chapecoense https://t.co/QEwIhlRC03há 13 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros