Cemitérios da zona rural de Joinville: lugares que contam histórias da cidade - Geral - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Feriado de Finados 02/11/2015 | 08h05

Cemitérios da zona rural de Joinville: lugares que contam histórias da cidade

Localizados na Estrada Blumenau e Estrada Dona Francisca, eles guardam as sepulturas dos primeiros imigrantes

Cemitérios da zona rural de Joinville: lugares que contam histórias da cidade Rodrigo Philipps/Agencia RBS
No cemitério da Estrada Blumenau há integrantes das famílias Streit, Krisch, Heinrich, Arndt, Luckow, Novak, Erling, Weller, Schimming e outras cujas inscrições é impossível de ler nos túmulos antigos Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS
Leandro S. Junges

leandro.junges@an.com.br

Um túmulo muito bem conservado, de uma criança de pouco mais de quatro meses, morta em 1932, ao lado de outros da década de 1870, praticamente abandonados.

Crianças correndo entre as lápides escurecidas por mais de cem anos no tempo. Este é o cemitério antigo da Estrada Blumenau. Sem o mesmo tamanho, cuidado e fama do Cemitério do Imigrante, que é um dos pontos turísticos de Joinville e tem a parceria da Casa da Memória, o cemitério da Estrada Blumenau também guarda histórias que remontam aos primeiros moradores da Colônia Dona Francisca.

Leia as últimas notícias de Joinville e região

O terreno fica numa das curvas da estrada de chão batido e lá estão enterrados alguns dos moradores mais antigos de Joinville. Como os primeiros colonizadores chegaram ao local onde hoje é o Centro de Joinville na década de 1850, fica difícil imaginar como as pessoas que estão enterradas no antigo cemitério da Estrada Blumenau conseguiram, em tão pouco tempo, formar uma comunidade no meio do mato, no pé da serra, numa região de difícil acesso até hoje.

Saiba qual é o custo do último adeus em Joinville

Lá estão enterrados integrantes das famílias Streit, Krisch, Heinrich, Arndt, Luckow, Novak, Erling, Weller, Schimming e outras cujas inscrições é impossível de ler nos túmulos antigos.

Um dos cemitérios mais bem cuidados em Joinville está na Estrada Dona Francisca. O morro que mostra uma vista privilegiada das indústrias do bairro é o maior obstáculo para quem tem de subir até lá. Mesmo assim, o casal Vergelino e Adelaide Kuhnen se antecipou numa tarefa anual: limpar o túmulo da mãe de Vergelino e cuidar para que o pai dele possa subir no Dia de Finados para acompanhar uma parte da missa e rezar pela mulher.

Confira o que abre e o que fecha neste feriado de Finados em Joinville 

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Feriado de Finados  30/10/2015 | 09h17

Confira o que abre e o que fecha neste feriado de Finados em Joinville

Lojas e repartições terão horários especiais de atendimento

Finados  28/10/2015 | 09h51

Limpeza de túmulos pode ser feita só até quinta-feira em Joinville

População deve tomar cuidado com embalagens e vasos de flores nos cemitérios

Dia de Finados 02/11/2013 | 16h33

Joinvilenses aproveitam feriado para visitar sepulturas de amigos e familiares

Vigilância Ambiental de Joinville realizou uma força-tarefa nos cemitérios para orientar a população sobre o combate à dengue

01/11/2013 | 21h43

Fiscais da Fundema vão auxiliar pessoas com deficiência e idosos nos cemitérios de Joinvillle

Funcionários estarão identificados nos portões para auxiliar as pessoas

Serviço 01/11/2013 | 09h50

Confira o que abre e fecha no feriado de Finados em Joinville

Ônibus do transporte coletivo urbano de Joinville atenderão com o horário de domingo

Vida na morte 01/11/2013 | 07h02

Confira passeio pelo Cemitério Municipal de Joinville em busca de esculturas e lápides artísticas

A procura por novas obras é quase nula, principalmente pelo preço, que pode chegar a R$ 6.400

Limpeza 31/10/2013 | 14h28

Vigilância Ambiental de Joinville realiza força-tarefa de combate à dengue no Dia de Finados

Haverá agentes nos dez cemitérios municipais para orientar a população

 
A Notícia
Busca