Mesmo com chuva, Joinville tem manifestação histórica no Centro - Geral - A Notícia

Versão mobile

Protestos20/06/2013 | 16h05Atualizada em 21/06/2013 | 12h15

Mesmo com chuva, Joinville tem manifestação histórica no Centro

Protesto reuniu mais de 10 mil pessoas segundo a PM

Mesmo com chuva, Joinville tem manifestação histórica no Centro Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

A expectativa se confirmou – e além do esperado. Joinville está no rol das grandes manifestações que ocorrem no País nas últimas semanas. Pacífica, sem confusão ou vandalismo, mais de 10 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, de diferentes causas, bandeiras, bairros e idades, estiveram junto por mais de cinco horas e percorreram cerca de 5 km, parando e, ao mesmo tempo, contagiando o coração do Centro.

Marca registrada de Joinville, a chuva que não deu trégua desde a manhã foi só ingrediente a mais para gritos e até cartazes. Uma conquista: se houve, as criticadas bandeiras de partidos ficaram sumidas em meio à luta por causas mais amplas e cidadãs.

Faixas e manifestos cobrando melhoria no transporte coletivo – razão inicial da manifestação, pelo Movimento Passe Livre (MPL) – puxaram a concentração e a passeata, mas sobraram mensagens pedindo melhorias na educação e saúde, várias a favor da diversidade sexual, contra as PECs 33 e 37 e criticando gastos da Copa. Mesmo um manifesto solitário em defesa de evangélicos foi respeitado.

A concentração começou antes das 17 horas, com estudantes e integrantes do MPL ainda sob olhares curiosos de lojistas e de gente que corria para pegar os últimos ônibus. O grupo cresceu com a chegada de movimentos de esquerda. Mas ganhou corpo com uma “invasão” de estudantes bastante jovens, gente que vivia a sensação da primeira grande manifestação da vida.

Gente como as amigas Thifanny Bianchi, 13 anos, e Taionara Schamme, 14, que combinaram a participação pelas redes sociais e na escola. Ou de geração diferente, como a aposentada Marlene Eggert, 57, que disse que a construção de um País melhor passa pelos filhos, mas começa pelos pais. Ou como a dona de casa Vanessa Santana, 33, que deixou filhos pequenos com o marido para fazer sua parte.

— Vim porque cansei, cansei da corrupção, da falta de investimento em saúde e educação.

Diferentemente do previsto, a multidão inundou as ruas antigas e estreitas do Centro. A chuva castigava, mas não diminuía o coro de vozes que inundou a Princesa Isabel, Mário Lobo e 15 de Novembro.

— Vem pra rua! Vem pra rua! —, puxava o grupo.

Terminal é ocupado

O momento mais simbólico foi a tomada do terminal, já sem ônibus, por volta das 19h20. Gente, desta vez correndo, pulando, gritava: “O terminal é nosso!” O trabalho de cerca de 200 PMs, coordenado pelo comandante do 8º Batalhão, tenente-coronel Eduardo Luiz do Valles – o tempo todo imerso na multidão e dialogando – fez com que mesmo momentos como este transcorressem sem transtornos.

Mais 300 metros, outra “conquista”: a multidão tomou a frente da Prefeitura. Muitos jovens posaram para fotos. Momento histórico em suas vidas. A partir daí, o MPL foi até a Câmara de Vereadores. A multidão voltou a se encontrar na ponte perto do Museu de Sambaqui. Depois, a sensação de papel cumprido misturou-se a clima de festa. Às 22 horas, após a PM negociar com um grupo que queria ficar no local, ônibus voltaram ao terminal. Um legado já ficou: nova manifestação está marcada para quarta-feira à tarde, na praça da Bandeira.

LEIA MAIS:

Pacífica e legítima 

Sem depredação




Confira aqui como foi a cobertura ao vivo dos protestos em Joinville e região:


A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Manifestação 19/06/2013 | 21h28

Confira como fica o trânsito e o transporte coletivo em Joinville nesta quinta, em função do protesto

Estacionamento rotativo funcionará com horário reduzido

Ato nacional 19/06/2013 | 08h52

Adesões à manifestação de Joinville causa desconforto nas redes sociais

Participação do Sinsej e da ala ala Esquerda Marxista do Partido dos Trabalhadores provocou debates

Ato nacional 18/06/2013 | 15h46

Mais de 20 mil pessoas já confirmaram presença em protesto, em Joinville

Pelas redes sociais, manifestantes se organizam para sair às ruas nesta quinta-feira

Ato nacional 17/06/2013 | 17h30

Joinville terá passeata em solidariedade aos presos e feridos em protestos em São Paulo

Manifestantes prometem sair às ruas na quinta-feira para exigir o fim da repressão e melhorias no transporte público

Ato nacional 17/06/2013 | 15h24

Manifestantes se mobilizam em protestos pelo Brasil nesta segunda-feira

Em Minas Gerais, dois protestos reuniram milhares de pessoas entre a manhã e a tarde

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTribunal de Justiça suspende revista íntima no sistema prisional de SC https://t.co/oz6a0QO9wV #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDireção da Darcy Vargas revê restrições e homens podem acompanhar pacientes a noite em Joinville  https://t.co/ovZIRzbKgU #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros