Substituição de lâmpadas LED nos postes pode demorar mais sete anos em Joinville - A Notícia

Versão mobile

 

Infraestrutura02/10/2018 | 12h24Atualizada em 02/10/2018 | 12h27

Substituição de lâmpadas LED nos postes pode demorar mais sete anos em Joinville

Apesar de não ter sido estabelecido um prazo para conseguir fazer a substituição integral, processo irá demorar este período, caso seja mantido o atual ritmo de trabalho

Substituição de lâmpadas LED nos postes pode demorar mais sete anos em Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Joinville substituiu 24,5% de todas as luminárias públicas da cidade por LED desde 2015, quando o trabalho foi iniciado no município. Além dessas quase 14 mil lâmpadas, a prefeitura ainda precisa trocar mais 42 mil para ter toda a instalação com um modelo mais econômico e duradouro. Apesar de não ter sido estabelecido um prazo para conseguir fazer a substituição integral, o processo levará pelo menos mais sete anos, caso seja mantido o atual ritmo de trabalho. 

Segundo o secretário de infraestrutura urbana, Romualdo França, não há como definir uma meta para trocar todas as lâmpadas porque o trabalho depende do orçamento disponível anualmente. Em 2018, o planejamento já levou em consideração um valor maior para as substituições, em razão do excedente de arrecadação com a Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), que foi transferido para os caixas da Seinfra. 

Com a mudança na forma de cobrança no imposto, no início deste ano, a prefeitura tem a expectativa de arrecadar um montante de R$ 52,78 milhões. O valor é R$ 13,9 milhões superior ao previsto no orçamento de 2018. Por isso, o município conseguiu passar os recursos excedentes para a Seinfra, por meio de um projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores. No entanto, França não soube informar qual a projeção de avanço na mudança das lâmpadas até o final do ano. 

— Não dá para termos uma estimativa porque nesse valor inclui a iluminação e as ampliações da rede para áreas rurais, além de outras em que vão abrindo novos loteamentos e ruas — explica.

Romualdo detalha que atualmente são aplicados mais de 70% dos recursos da secretaria para a rede de iluminação em LED.  

O restante é para ampliação das novas áreas. As alterações já realizadas foram nos principais eixos do município e nos bairros mais populosos. Na sequência, o avanço será para grandes loteamentos e outras ruas de Joinville. Em toda a substituição é necessário trocar a lâmpada, o braço e a fiação.

As lâmpadas de LED são mais econômicas que as de vapor de mercúrio e de sódio. O trabalho de modificação das redes começou a ser realizado em 2015

Leia mais:

Falta de iluminação nos pontos de ônibus preocupa usuários em Joinville

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoinville registrou 64 homicídios de mulheres nos últimos cinco anos https://t.co/DnzOT2klUs #LeianoANhá 17 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaEvento debate participação de pessoas com deficiência nas políticas públicas em Joinville https://t.co/Gga8CZ0lMT #LeianoANhá 17 minutosRetweet

Veja também

A Notícia
Busca