Estudantes de Joinville vencem competição nacional de construção de drones - A Notícia

Versão mobile

 

Tecnologia10/09/2018 | 16h06Atualizada em 10/09/2018 | 16h07

Estudantes de Joinville vencem competição nacional de construção de drones

Jovens do Ensino Médio participaram pela primeira vez e concorreram com 37 equipes de escolas de todo o País

Estudantes de Joinville vencem competição nacional de construção de drones Senai Joinville/Divulgação
Competição ocorreu na Universidade Federal de Itajubá, em Minas Gerais, no fim de semana Foto: Senai Joinville / Divulgação
A Notícia
A Notícia

As equipes do Senai de Joinville conquistaram o primeiro e o segundo lugar na Competição Fórmula Drone 2018, que ocorreu no último fim de semana, entre 7 a 9 de setembro, na Universidade  Federal  de  Itajubá, em Minas Gerais. A competição, que estava em sua segunda edição, reuniu 39 equipes e 415 concorrentes de instituições de ensino técnico profissional de nível médio das cinco regiões do país. As 39 equipes representaram 37 escolas técnicas, de 11 estados, mais o Distrito Federal. 

A delegação de Joinville era formada por 30 alunos divididos em duas equipes. Eles estudam mecânica, automação, química e informática, e uniram-se de forma voluntária para participar da competição após a coordenação do Senai Joinville apresentar o projeto da da Fórmula Drone 2018. 

A participação não valia nota nem horas complementares, mas no futuro será um grande crédito para os currículos.  O diretor do SENAI Região Norte/Nordeste Marcos Hollerweger acredita que o desempenho dos estudantes consolida o modelo de educação que a instituição desenvolve. 

— O nosso modelo permite que os alunos utilizem os conhecimentos para desenvolver projetos práticos, que trazem benefícios para a sociedade e os motiva a enfrentar novos desafios e novas conquistas — ressaltou Hollerweger.

 O resultado, segundo o professor Daniel de Aviz, se deve ao bom trabalho que antecedeu à competição. 

— A preparação permitiu que os alunos superassem as dificuldades que encontraram durante as provas, mantendo-se motivados para realizar os desafios. O desempenho confirma que o SENAI está no caminho certo, com tecnologias compatíveis com o mercado, já que é a primeira vez que o grupo participa da competição — lembra Daniel que coordenou as atividades dos alunos. 

A pontuação foi muito semelhante, com apenas 4 pontos de diferença entre o primeiro e o segundo lugar e 30 pontos de vantagem em relação ao terceiro colocado.

 Para Eduardo Tomelin, capitão da equipe Ases do Sul, campeã da competição, o esforço despendido nos treinos foi recompensado. 

— Trabalhamos muito para deixar o equipamento e os integrantes das equipes preparados para as provas. O apoio e acompanhamento dos coordenadores e dos padrinhos foram fundamentais para o resultado alcançado — destacou.

 Na avaliação do estudante Felipe Alex Zieschi, capitão da equipe Blue Bird North, vice-campeã, a preparação iniciada em fevereiro seria suficiente para obter uma boa colocação. 

— O ponto decisivo para a conquista de primeiro e segundo lugares foi a união das duas equipes. Não pensamos no resultado separado, mas no desempenho do SENAI Joinville como um todo — garantiu.

 As duas equipes são formadas por alunos do ensino médio articulado aos cursos técnicos de Automação, Mecânica, Informática e Química.


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira áudio com as propostas dos candidatos ao governo de SC para Joinville e região https://t.co/dKdUy7lj8v #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaComerciantes aprovam retirada dos tapumes na praça Dario Salles, em Joinville https://t.co/h7XTojF4R2 #LeianoANhá 3 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca