Joinville, A Notícia, clicRBSA Notíciahttp://anoticia.clicrbs.com.br/sc/urn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-iatom© 2011-2018 clicrbs.com.br2018-08-16T15:24:10-03:00urn:publicid:clicrbs.com.br:24634677PM vai abrir sindicância para avaliar procedimento de condução da suspeita de agressão em JoinvilleMulher foi encaminhada à CP e depois ao hospital - porque estaria em estado emocional alterado - onde foi liberada 2018-08-16T15:24:10-03:002018-08-16T15:24:10-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSReproduçãoPM vai abrir sindicância para avaliar procedimento de condução da suspeita de agressão em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24634677Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-pm-vai-abrir-sindicancia-para-avaliar-procedimento-de-conducao-da-suspeita-de-agressao-em-joinville-10538908PM vai abrir sindicância para avaliar procedimento de condução da suspeita de agressão em JoinvilleMulher foi encaminhada à CP e depois ao hospital - porque estaria em estado emocional alterado - onde foi liberada 2018-08-16T15:24:10-03:002018-08-16T15:24:10-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Polícia Militar (PM) vai abrir uma sindicância para analisar a condução feita pela PM da suspeita de agredir outra mulher em Joinville. De acordo com o capitão Ademir Schneikemberg, responsável pelo caso, após a situação, a suspeita foi encaminhada para a Central de Polícia (CP) e, posteriormente, para o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, porque estaria em um estado emocional alterado. Na unidade, ela foi medicada e liberada. — Como não havia mais a representação da vítima sobre a ocorrência de furto, então a mulher foi liberada. Está sendo aberta uma investigação para apurar se a conduta da guarnição foi a mais correta ou não — afirmou o capitão, em entrevista a NSC TV. Ainda de acordo com o capitão, em casos de lesão corporal, geralmente, o agressor é encaminhado novamente à Central de Polícia (CP) após sair do hospital, para ser autuado em flagrante. O policial afirma que a conduta da guarnição neste caso foi a mais acertada, já que a PM possui um protocolo de atendimento em casos de pessoas com um surto psicótico. Ainda conforme o capitão, como não havia a comunicação da lesão ou da tentativa de furto, guarnição levou a suspeita para a CP para identificação e em seguida ao Regional. Assista o vídeo com o momento da agressão. Já a vítima, que não quis ter a identidade revelada, contou que se existe a suspeita de a agressora possuir algum transtorno mental, o procedimento de atendimento deveria ter sido diferente, até para evitar novos casos. Ela acredita que a suspeita deveria passar por um serviço de atendimento especializado, como por exemplo, um encaminhamento ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). O caso aconteceu na tarde de terça-feira (14), por volta das 15 horas, enquanto a vítima voltava do trabalho. A situação ganhou repercussão após um vídeo com a agressão ser compartilhado nas redes sociais. De acordo com a PM, a agressora foi identificada como uma paciente que já havia passado duas vezes pela ala psiquiátrica do Hospital Regional Hans Dieter Schmitd. A suspeita tem 27 anos e havia sido internada em maio, segundo a Polícia, mas fugiu antes da avaliação psiquiátrica. Leia também: "O mais degradante foi ver as pessoas me olhando, mas sem ajudar" diz mulher agredida em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaPM vai abrir sindicância para avaliar procedimento de condução da suspeita de agressão em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-pm-vai-abrir-sindicancia-para-avaliar-procedimento-de-conducao-da-suspeita-de-agressao-em-joinville-10538908Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24635754"O mais degradante foi ver as pessoas me olhando, mas sem ajudar" diz mulher agredida em JoinvilleAgressão aconteceu na avenida Getúlio Vargas, na região Central, na terça-feira (14)2018-08-16T14:07:03-03:002018-08-16T14:07:03-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSilas Jr."O mais degradante foi ver as pessoas me olhando, mas sem ajudar" diz mulher agredida em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24635754Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-o-mais-degradante-foi-ver-as-pessoas-me-olhando-mas-sem-ajudar-diz-mulher-agredida-em-joinville-10538864"O mais degradante foi ver as pessoas me olhando, mas sem ajudar" diz mulher agredida em JoinvilleAgressão aconteceu na avenida Getúlio Vargas, na região Central, na terça-feira (14)2018-08-16T14:07:03-03:002018-08-16T14:07:03-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brMuitos hematomas pelo rosto, corpo e olhos inchados foram as marcas que restaram na mulher de 55 anos após ser agredida por uma desconhecida, na avenida Getúlio Vargas, região Central da Joinville. O ataque aconteceu nesta terça-feira (14) e durou 59 segundos. A suspeita de agressão, que aparentava estar em surto, foi encaminhada à Central de Polícia (CP), depois ao Hospital Regional e liberada horas depois. A vítima, que não quis se identificar, faz o trajeto habitualmente. Por volta das 14 horas de terça, saiu do trabalho para pegar o ônibus e ir para a casa. Ela conta que procura evitar algumas ruas pela incidência de assaltos e, por este motivo, prefere ir até a rua São Paulo por acreditar ser um caminho mais seguro. Naquele dia, a vítima disse estar tranquila porque não tinha nenhum compromisso ou pressa para chegar em casa. Já quando estava na avenida Getúlio Vargas, cruzou com uma mulher e com outras pessoas na calçada. Entre elas, a suposta agressora. A suspeita retornou pela calçada, em direção a ela, e pulou nas suas costas, puxando-a pelos cabelos. A mulher agredida caiu no chão e, então, começaram uma sequência de socos, chutes e pontapés. A vítima conta que implorou para que a mulher cessasse as agressões, mas a agressora balbuciava palavras de ameaça, dando a entender que as duas se conheciam. Ela também acredita que o caso não se trate de uma tentativa de assalto, já que usava relógio, brincos, pulseira e uma bolsa grande, porém, nada foi levado. A convicção é que a outra mulher a tenha confundido com alguém e, por isso, a atacado. — Foi como se ela tivesse me confundido com outra pessoa, porque disse: "agora você vai ter que me pagar, faz tempo que eu estou te olhando, eu vou te matar". Aí eu comecei a pedir socorro — conta a vítima. Assista ao vídeo com o momento da agressão. Vítima esperou por ajudaComo a avenida Getúlio Vargas é uma das mais movimentadas da cidade, ela esperava que alguém a ajudasse a parar com as agressões, porque estava ficando tonta e com a visão turva. Fora a violência, a mulher também conta que se sentiu desprotegida e vulnerável vendo tantas pessoas chegarem ao redor enquanto estava no chão e não prestarem auxílio. Depois de quase um minuto, um homem saiu de um estabelecimento comercial, conseguiu imobilizar a agressora e retirar a vítima da situação. — O que foi mais degradante foi eu conseguir ver as pessoas me olhando, mas sem ajudar. É preciso ter mais empatia. Quando você está em uma situação de risco, independente de quem seja, (as pessoas) tem que tentar ajudar — defende. Depois que ela foi retirada da situação, as pessoas acionaram a Polícia Militar (PM). Segundo a vítima, a guarnição demorou cerca de uma hora para chegar ao local. Neste período, a suspeita permaneceu imobilizada pelo mesmo homem, e a vítima ficou aguardando o socorro. Durante o ataque, ela conta que a outra mulher parecia transtornada, mas depois se acalmou e, enquanto a PM não chegava, ela dissimulava sobre a situação. Com a chegada da polícia, as duas foram encaminhadas para a Central de Polícia (CP) de Joinville. De acordo com a PM, a agressora foi identificada como paciente da ala psiquiátrica do Hospital Regional Hans Dieter Schmitd, por onde teria passado em duas ocasiões. A suspeita tem 27 anos e foi internada pela última vez em maio, conforme a Polícia, mas fugiu antes da avaliação psiquiátrica. Leia também: PM vai abrir sindicância para avaliar procedimento de condução da suspeita de agressão em JoinvillePorto Alegre, RSA Notícia"O mais degradante foi ver as pessoas me olhando, mas sem ajudar" diz mulher agredida em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-o-mais-degradante-foi-ver-as-pessoas-me-olhando-mas-sem-ajudar-diz-mulher-agredida-em-joinville-10538864Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24635729Dia D de vacinação contra sarampo e poliomielite será neste sábado em JoinvillePais devem levar crianças de 1 a 5 anos nas unidades de saúde mais próximas de casa2018-08-16T13:53:11-03:002018-08-16T13:53:11-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteDia D de vacinação contra sarampo e poliomielite será neste sábado em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24635729Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-dia-d-de-vacinacao-contra-sarampo-e-poliomielite-sera-neste-sabado-em-joinville-10538857Dia D de vacinação contra sarampo e poliomielite será neste sábado em JoinvillePais devem levar crianças de 1 a 5 anos nas unidades de saúde mais próximas de casa2018-08-16T13:53:11-03:002018-08-16T13:53:11-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brNeste sábado, das 8 às 17 horas, será o Dia D para mobilização de vacinação contra sarampo e poliomielite em Joinville. A Secretaria da Saúde solicita que os pais levem crianças maiores de 1 ano e menores de 5 anos às unidades de saúde mais próximo de suas casas. Também estará em funcionamento, das 9 às 13 horas, um posto adicional no Ambulatório da Univille, na rua Ministro Calógeras, 439, Centro.Joinville quer vacinar 28 mil crianças em campanha contra sarampo e poliomieliteA meta da campanha deste ano é atingir 28.325 crianças. Mas até o fim da tarde de quarta-feira (15/8), menos de 30% da meta receberam as doses, sendo 27,69% de Poliomielite e 26,96% de Sarampo.— Mesmo as crianças que já tomaram a dose de rotina precisam participar da campanha para garantia de proteção — faz um apelo a enfermeira do Centro de Vigilância em Saúde, Sandrine Teuber. A preocupação em criar um bloqueio vacinal é por conta do aumento do número de casos de sarampo no país, vindos, principalmente, da Venezuela.De acordo com o Ministério da Saúde, até o dia 14 de agosto, tinham sido confirmados 910 casos de sarampo no Amazonas, além de 5,630 casos em investigação. Em Roraima, também foram confirmados 296 contaminações por sarampo, além de 101 sendo investigados. Até o momento, estão confirmados 6 casos de óbitos por sarampo no país.— Não podemos esperar o problema chegar. Temos de trabalhar com prevenção — avisa Sandrine. O vírus é leve, fica no ambiente e é altamente transmissível.— Uma pessoa contaminada, mesmo antes de sentir os sintomas, já está transmitindo, e a cada 10 pessoas não vacinadas, 9 são contaminadas — alerta a enfermeira. PERGUNTAS E RESPOSTAS- Quando e onde ocorre a campanha? Entre 6 e 31 de agosto, com o Dia D agendado para 18 de agosto, em postos de saúde de todo o país. No Estado, 1.102 salas de vacinação participam da campanha. - Qual o foco da campanha?Crianças com idade entre 1 ano e 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias). - Crianças que já foram vacinadas anteriormente devem ser levadas aos postos? Sim. Todas as crianças com idade entre um ano e menores de cinco anos devem comparecer aos postos. Quem estiver com o esquema vacinal incompleto receberá as doses necessárias para atualização e quem estiver com o esquema vacinal completo receberá outro reforço. - Há riscos ao tomar doses a mais? Não há riscos. - Alguma das vacinas têm contraindicação? Não, mas crianças com doenças imunossupressoras devem passar por avaliação médica.- Qual a vacina usada contra a pólio? Crianças que nunca foram imunizadas contra a pólio vão receber a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), na forma injetável. Crianças que já receberam uma ou mais doses contra a pólio vão receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), na forma de gotinha. - Qual a vacina usada contra o sarampo? A vacina contra o sarampo usada na campanha é a tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba.- O que levar?A caderneta de vacinação. Mas mesmo quem não tiver o documento deve procurar o posto de saúde para imunização. - Adultos participam da campanha?Não. A campanha tem como foco crianças, mas conforme previsto no Calendário Nacional de Vacinação, adultos com até 29 anos que não tiverem completado o esquema na infância devem receber duas doses da tríplice viral e adultos com idade entre 30 e 49 anos devem receber uma dose da tríplice viral. O adulto que não souber sua situação vacinal deve procurar o posto de saúde mais próximo para tomar as doses previstas para sua faixa etária.Porto Alegre, RSA NotíciaDia D de vacinação contra sarampo e poliomielite será neste sábado em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-dia-d-de-vacinacao-contra-sarampo-e-poliomielite-sera-neste-sabado-em-joinville-10538857Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24635510Acidente entre carro e caminhão deixa uma pessoa ferida em JoinvilleCaminhão carregava óleo diesel e Defesa Civil foi chamada para remover o material2018-08-16T11:13:28-03:002018-08-16T11:13:28-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoAcidente entre carro e caminhão deixa uma pessoa ferida em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24635510Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-acidente-entre-carro-e-caminhao-deixa-uma-pessoa-ferida-em-joinville-10538788Acidente entre carro e caminhão deixa uma pessoa ferida em JoinvilleCaminhão carregava óleo diesel e Defesa Civil foi chamada para remover o material2018-08-16T11:13:28-03:002018-08-16T11:13:28-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm acidente deixou uma pessoa ferida no início desta quinta-feira em Joinville. A colisão entre um carro e um caminhão aconteceu na rua Inácio Bastos, no bairro Bucarein, região Central da cidade, por volta das 3 horas. Segundo informações dos Bombeiros Voluntários, o caminhão havia sido abastecido há pouco tempo e como foi danificado, estava com um vazamento intenso. Por causa da grande quantidade de óleo diesel, a guarnição precisou utilizar serragem para conter o vazamento. A Defesa Civil foi acionada para remover o material de maneira adequada. A vítima foi encaminhada para atendimento hospitalar.Porto Alegre, RSA NotíciaAcidente entre carro e caminhão deixa uma pessoa ferida em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-acidente-entre-carro-e-caminhao-deixa-uma-pessoa-ferida-em-joinville-10538788Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24634730Joinvilense planta mais de 7 mil girassóis na zona Norte da cidadeO campo de mil metros quadrados com as flores amarelas pode ser visitado até o fim do mês de agosto2018-08-16T06:51:59-03:002018-08-16T06:51:59-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteJoinvilense planta mais de 7 mil girassóis na zona Norte da cidadeA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24634730Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-joinvilense-planta-mais-de-7-mil-girassois-na-zona-norte-da-cidade-10538367Joinvilense planta mais de 7 mil girassóis na zona Norte da cidadeO campo de mil metros quadrados com as flores amarelas pode ser visitado até o fim do mês de agosto2018-08-16T06:51:59-03:002018-08-16T06:51:59-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brNos próximos 10 dias, os joinvilenses podem ter a experiência de assistir à efemeridade da vida enquanto observam um campo de mil metros quadrados de girassóis. As flores, semeadas em maio, abriram no fim de semana e cumprem, diariamente, sua viagem em torno de si mesmas enquanto buscam pela luz do sol. Em duas semanas, no entanto, eles começam a morrer e a imensidão amarela do jardim deixará de existir para dar lugar a um novo cenário.Essa é uma iniciativa inédita na cidade, produzida pelo pesquisador e empresário Dario Bergemann na Agrícola da Ilha, zona Norte da cidade. A empresa, que abre seus 10 hectares para visitação do público, reuniu uma necessidade técnica ao desejo antigo dos clientes de caminharem em um campo das populares flores amarelas que ultrapassam 1,50 metro de altura. Foto: Salmo Duarte / A NotíciaOs girassóis foram plantados, ironicamente, em um espaço chamado de Jardim do Sol. É um dos mais famosos da empresa transformada em ponto turístico de Joinville, onde há uma capela usada em casamentos e no qual, até pouco tempo, havia um campo de Sunpatients. – Há quem diga que somos loucos de plantar girassóis, que tem um ciclo tão curto, mas ele foi escolhido, justamente, por isso. São 60 dias de crescimento, 15 dias de floração e acabou. Depois, vai virar matéria orgânica em outro jardim – conta Bergemann, revelando que foram 7,2 mil sementes.As Sunpatients, conhecidas popularmente por “beijinho”, haviam sido semeadas há pouco mais de um ano e, agora, era hora de realizar a rotação de culturas. Esta é uma técnica agroecológica na qual as espécies cultivadas são alternadas a cada ano, em uma mesma área. Isso ocorre porque se houver o cultivo de uma única variedade na mesma área ela explora do solo apenas os nutrientes essenciais à espécie e pode desequilibrar as reservas minerais ao longo do tempo.– Havia nitrogênio em excesso no solo, e o girassol é exigente no consumo do nitrogênio, mas o mesmo não é interessante para a Sunpatient – explica ele. Foto: Salmo Duarte / A NotíciaPasseio entre flores e lagosAlém da visitação do campo de girassóis, também é possível adquirir flores, sejam elas cortadas para arranjos ou plantadas em vasos. Mas o pesquisador avisa que o tempo de vida não mudará. Apesar da rapidez com que abrem e murcham, o girassol é o tipo de planta que sobrevive em praticamente todos os ambientes. Originário da América do Norte, ele foi “domesticado” há séculos e pode ser plantado em qualquer jardim, em qualquer clima, desde que tenha acesso fácil ao sol.A Agrícola da Ilha foi aberta nos anos 1990, mas foi na última década que se tornou uma espécie de parque de Joinville. Além de campos de cultivo para hemerocallis – gênero botânico para o qual a empresa criou o Festival Brasileiro em 2002 – e de outros jardins, o local também apresenta lagos ornamentais, que é outra de suas especialidades. Em um deles, é possível alimentar carpas-japonesas.A visitação é aberta de terça a sexta, das 7h30min às 17 horas, e aos sábados, das 9h às 17 horas. Até o fim de agosto, abrirá também aos domingos, no mesmo horário de sábado. Além de visitar os espaços e adquirir plantas e produtos para jardinagem, os gramados são liberados para piqueniques. Aos sábados, há também opção de café colonial no Hemerocallis Café.Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBSAgende-se:O quê: Floração de girassóis na Agrícola da IlhaQuando: a floração ocorre até o fim de agosto. O local abre de terça a sexta, das 7h30 às 17 horas, e nos sábados, das 9 às 17 horas. Onde: Rua Ten. Antônio João, 4.257, Bom Retiro. Contato: (47) 3473-0628.Quanto: R$ 20, com meia-entrada para pessoas até 17 anos, estudantes com carteirinha e idosos com 60 anos ou mais. Crianças de zero a cinco anos não pagam. Leia também:Cinco passeios joinvilenses para curtir a primaveraPorto Alegre, RSA NotíciaJoinvilense planta mais de 7 mil girassóis na zona Norte da cidadeA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-joinvilense-planta-mais-de-7-mil-girassois-na-zona-norte-da-cidade-10538367Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24634799Ônibus apreendido pela Polícia Federal é doado para ações de turismo e cultura de JoinvilleSolenidade oficial de entrega do veículo à Prefeitura ocorreu na manhã desta quarta-feira, 152018-08-15T21:59:19-03:002018-08-15T21:59:19-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSJaksson ZancoÔnibus apreendido pela Polícia Federal é doado para ações de turismo e cultura de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24634799Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-onibus-apreendido-pela-policia-federal-e-doado-para-acoes-de-turismo-e-cultura-de-joinville-10538443Ônibus apreendido pela Polícia Federal é doado para ações de turismo e cultura de JoinvilleSolenidade oficial de entrega do veículo à Prefeitura ocorreu na manhã desta quarta-feira, 152018-08-15T21:59:19-03:002018-08-15T21:59:19-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA solenidade de entrega oficial do ônibus que foi doado pela Polícia Federal à Secretaria de Turismo e Cultura de Joinville (Secult), ocorreu na manhã de quarta-feira (15, e teve a presença do prefeito Udo Döhler, do delegado-chefe da Polícia Federal (PF) em Joinville, Alexandre de Andrade da Silva, do delegado da Polícia Federal, Oscar Biffi, de representantes do trade turístico da cidade, empresários e autoridades municipais. O ônibus de turismo foi apreendido pela PF em maio de 2017, por transportar mais de 200 quilos de cocaína e crack. O inquérito foi encaminhado ao município de Barra Velha. Ao tomar conhecimento sobre a disponibilidade do veículo e seu possível uso em ações educativas e culturais, a Prefeitura de Joinville demonstrou à Justiça de Barra Velha o interesse pelo ônibus.De acordo com o delegado da PF, Alexandre Andrade da Silva, as aplicações propostas pelo município contribuíram para que a transferência fosse deferida. — A apreensão de veículos por tráfico é procedimento padrão da Polícia Federal e, conforme previsto na Lei no 11.343/2006, do Sistema Nacional de Políticas Públicas Sobre Drogas, a justiça pode autorizar o uso desses bens para órgãos ou entidades que atuam na prevenção de uso indevido, atenção e reinserção de usuários e dependentes de drogas — explicou o delegado. Embora a Prefeitura não seja, a rigor, a pessoa jurídica enquadrada como prevenção do uso de drogas, a destinação do ônibus atenderá às áreas social, cultural e educacional do município e, ao mesmo tempo, servirá para resguardar o estado de conservação do veículo até a conclusão do processo judicial. Para o secretário de Cultura e Turismo, Raulino Esbiteskoski, a doação do ônibus foi resultado de um trabalho em equipe, que envolveu o Poder Executivo, Judiciário, Polícia Federal e empresas parceiras que contribuíram com a manutenção do ônibus. — Conseguimos fazer um trabalho em conjunto e estamos tratando o ônibus com muito carinho. Será o nosso cartão-postal — comemorou Esbiteskoski. Já o prefeito Udo Döhler, destacou a importância das ações em que o veículo será utilizado, atendendo, principalmente, crianças e adolescentes: — O ônibus que no passado acomodava drogas, a partir de agora vai transportar os nossos estudantes para que fiquem cada vez mais distantes do tráfico — disse.Porto Alegre, RSA NotíciaÔnibus apreendido pela Polícia Federal é doado para ações de turismo e cultura de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-onibus-apreendido-pela-policia-federal-e-doado-para-acoes-de-turismo-e-cultura-de-joinville-10538443Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24634677Vídeo de agressão em avenida de Joinville repercute nas redes sociaisImagens mostram o momento em que uma mulher é atacada na calçada, em uma ação tomada por tentativa de assalto2018-08-15T21:16:07-03:002018-08-15T21:16:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSReproduçãoVídeo de agressão em avenida de Joinville repercute nas redes sociaisA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24634677Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-video-de-agressao-em-avenida-de-joinville-repercute-nas-redes-sociais-10538322Vídeo de agressão em avenida de Joinville repercute nas redes sociaisImagens mostram o momento em que uma mulher é atacada na calçada, em uma ação tomada por tentativa de assalto2018-08-15T21:16:07-03:002018-08-15T21:16:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO vídeo de uma mulher sendo agredida enquanto caminhava na Avenida Getúlio Vargas, no bairro Anita Garibaldi, em Joinville, está gerando discussões e ganhando compartilhamentos nas redes sociais. As imagens de uma câmera de monitoramento mostram o momento em que a mulher, que está na calçada, é atacada por outra, que havia acabado de passar por ela e corre em sua direção. A agressora pula nas costas da mulher e puxa seus cabelos. As duas caem na calçada e outros pedestres param para ajudar. Segundo a Polícia Militar (PM), eles conseguiram separar as duas e seguraram a agressora até a chegada dos agentes.De acordo com a PM, a agressora foi identificada como uma paciente que já havia passado duas vezes pela ala psiquiátrica do Hospital Regional Hans Dieter Schmitd. A suspeita tem 27 anos e havia sido internada em maio, segundo a Polícia, mas fugiu antes da avaliação psiquiátrica. Ainda conforma os policiais, nesta semana, ela estava em observação no hospital e foi avaliada como usuária de álcool e drogas. A mulher havia recebido alta às 9 horas desta terça-feira (14), seis horas antes de cometer o ato na Avenida Getúlio Vargas. Em entrevista à NSC TV, a vítima, que teve apenas ferimentos leves, afirmou que não tratou-se de uma tentativa de assalto, já que a mulher não tentou levar nenhum pertence. A agressora foi encaminhada para a Assistência Social, mas não foram encontrados familiares na cidade. Assista:Leia mais notíciasPorto Alegre, RSA NotíciaVídeo de agressão em avenida de Joinville repercute nas redes sociaisA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-video-de-agressao-em-avenida-de-joinville-repercute-nas-redes-sociais-10538322Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24633491CEU do Aventureiro terá oficinas de teatro e teatro de bonecosInscrições são gratuitas e vagas limitadas2018-08-15T10:51:45-03:002018-08-15T10:51:45-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSMaykon LammerhirtCEU do Aventureiro terá oficinas de teatro e teatro de bonecosA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24633491Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-ceu-do-aventureiro-tera-oficinas-de-teatro-e-teatro-de-bonecos-10537882CEU do Aventureiro terá oficinas de teatro e teatro de bonecosInscrições são gratuitas e vagas limitadas2018-08-15T10:51:45-03:002018-08-15T10:51:45-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brEstão abertas as inscrições gratuitas para as oficinas de Teatro e Teatro de Bonecos, realizadas pela Cia. Essaé Teatro, no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) do Aventureiro (rua Theonesto Westrupp, s/no – Aventureiro). O projeto tem apoio da Prefeitura de Joinville, por meio do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura – SIMDEC. As Oficinas de Teatro são direcionadas a adolescentes de 12 a 16 anos, e conduzidas pelo ator Jackson Amorim. As aulas acontecem sempre às segundas-feiras, das 8h30 às 11h30. O curso vai abordar questões como expressão corporal, entonação vocal, jogos teatrais e outras técnicas.A atividade também é uma opção cultural para o contraturno escolar, e pode ajudar a trabalhar aspectos como timidez, comunicação e socialização. Já as Oficinas de Teatro de Bonecos são abertas a pessoas a partir de 15 anos de idade e têm o objetivo de direcionar os alunos à formação profissional. As aulas são ministradas às quintas-feiras, das 14 às 17 horas, pelo ator Muriel Szym.Cada oficina tem carga horária de quarenta horas/aula. Ambas seguem até o mês de novembro e, ao final dos cursos, os alunos farão apresentações para a comunidade.Os interessados em participar das oficinas podem se inscrever pelo e-mail essaeproducoes@gmail.com ou pelo telefone (47) 99956-0170. As vagas são limitadas a 15 (quinze) alunos por turma.Porto Alegre, RSA NotíciaCEU do Aventureiro terá oficinas de teatro e teatro de bonecosA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-ceu-do-aventureiro-tera-oficinas-de-teatro-e-teatro-de-bonecos-10537882Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24632274I Pianíssimo tem ingressos distribuídos a partir desta quarta-feiraFestival gratuito dedicado ao piano ocorre de 19 a 23 de setembro em Joinville2018-08-14T18:02:23-03:002018-08-14T18:02:23-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSFlavio IsaacI Pianíssimo tem ingressos distribuídos a partir desta quarta-feiraA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24632274Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-i-pianissimo-tem-ingressos-distribuidos-a-partir-desta-quarta-feira-10537153I Pianíssimo tem ingressos distribuídos a partir desta quarta-feiraFestival gratuito dedicado ao piano ocorre de 19 a 23 de setembro em Joinville2018-08-14T18:02:23-03:002018-08-14T18:02:23-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brComeça a ser disponibilizado, gratuitamente, pelo site, nesta quarta-feira, 15 de agosto, o primeiro lote de ingressos para o Pianíssimo de Joinville – Todos os Pianos do Mundo, evento que acontece de 19 a 23 de setembro e traz à maior cidade catarinense alguns dos mais importantes pianistas do Brasil e do mundo.Para reservar, só é preciso visitar o site Pianíssimo de Joinville, e fazer seu cadastro. Para que o maior número possível de pessoas possa ter acesso ao evento, serão disponibilizados apenas dois ingressos por CPF. — É muito importante esta regra. Queremos tentar evitar que as pessoas reservem muitos lugares – e, depois, acabem não usando todos, impedindo que outros interessados também possam usufruir dos concertos — explica a produtora Albertina Tuma que, com a Branco Produções, de Porto Alegre, assina o evento.Detalhadamente projetado com a intenção de transformar a cidade da dança e das flores na cidade do piano, o I Pianíssimo materializa um antigo ideal de um dos maiores pianistas brasileiros, Miguel Proença, que é o diretor artístico do evento. Programação tem piano como estrela de vários gêneros musicaisAlém das várias apresentações no Teatro Juarez Machado – onde são necessários os ingressos específicos para cada concerto -, a programação contempla, ainda, a presença de pianistas consagrados em vários outros locais da cidade, em eventos que não exigem ingressos: além de encontros de pianistas brasileiros com alunos de escolas de música da cidade, instrumentistas de Joinville vão tocar em bares e restaurantes, entre outras atrações.Dois grandes espetáculos abrem o evento, na noite de 19 de setembro, no teatro Juarez Machado: às 19h30, Cristian Budu (Brasil) e às 22h30, Bianca Gismonti Trio (Brasil). No intervalo entre os dois espetáculos, Miguel Proença disponibiliza seu CD triplo, Pianíssimo, comemorativo a seus 50 anos de carreira artística.Leia mais:Confira a programação completa do 1º Pianíssimo de JoinvilleMenina mexicana é estrela do lançamento do I Pianíssimo, em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaI Pianíssimo tem ingressos distribuídos a partir desta quarta-feiraA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-i-pianissimo-tem-ingressos-distribuidos-a-partir-desta-quarta-feira-10537153Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24632219Museu da Imigração de Joinville abre consultas ao acervo digitalFechado por tempo indeterminado, ele oferece a experiência para a comunidade em geral, com funcionalidade especial para professores2018-08-14T17:20:53-03:002018-08-14T17:20:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteMuseu da Imigração de Joinville abre consultas ao acervo digitalA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24632219Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-museu-da-imigracao-de-joinville-abre-consultas-ao-acervo-digital-10537131Museu da Imigração de Joinville abre consultas ao acervo digitalFechado por tempo indeterminado, ele oferece a experiência para a comunidade em geral, com funcionalidade especial para professores2018-08-14T17:20:53-03:002018-08-14T17:20:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO Museu Nacional da Imigração e Colonização de Joinville (MNIC) oferece a consulta ao acervo digital à comunidade e às escolas que desejam conhecer mais sobre o patrimônio histórico e os processos de imigração que construíram a identidade cultural da cidade. O projeto da consulta ao acervo digital do museu foi desenvolvido pelo curso de Sistemas de Informação da Universidade da Região de Joinville – Univille, com patrocínio da Prefeitura de Joinville, por meio do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (SIMDEC). O Museu Casa Fritz Alt também oferece essa experiência no mesmo site.A ferramenta oferece funcionalidades para diferentes públicos. De qualquer lugar do mundo é possível conhecer parte do acervo do museu acessando o link http://museu.univille.br:8080/consultamuseu/web/. O acervo virtual do Museu da Imigração conta com cerca de três mil itens cadastrados, como peças de mobiliário, indumentárias, louças, porcelanas, documentos pessoais de imigrantes e de terras da região, reproduzidos em imagens tridimensionais e fotos. Para os Centros de Educação Infantil (CEI) e escolas da rede municipal de ensino de Joinville, o acervo digital do MNIC oferece uma funcionalidade diferenciada, onde o professor pode, inclusive, planejar a sua aula acessando o link http://museu.univille.br:8080/escolamuseu/. Após se cadastrar no sistema, o professor pode selecionar o tipo de acervo, de acordo com o tema que pretende abordar com os alunos como mobilidade, edificações, patrimônio, modernidade, técnicas construtivas e imigração. Os alunos também podem acessar o acervo digital por meio do aplicativo Museu Virtual Joinville, que está disponível para tablets e smartphones com sistema operacional Android. Segundo a educadora do museu Elaine Machado, embora a consulta ao acervo digital já seja utilizada de forma significativa, é preciso que os professores se apropriem efetivamente da ferramenta. — Estamos lidando com o nosso patrimônio, nosso processo de imigração. Queremos disseminar o conceito de objeto gerador, ou seja, tomar um objeto como referência para construir um tema — reforça Elaine. E exemplifica: — Para discutir o tema imigração, o professor utiliza como referência determinado objeto do museu. Por exemplo, a casa enxaimel, a imagem de um passaporte ou até mesmo de uma mala. A partir desse objetivo, ele constrói todo o cenário que possibilitou a imigração nos séculos XIX e XX. A ferramenta pode ser utilizada, inclusive, em escolas onde não há acesso à internet. Nesse caso, o professor pode planejar a aula, salvar o conteúdo no código de barras que é gerado pelo sistema e fazer a projeção das informações no datashow.A equipe de educadores do Museu Nacional da Imigração e Colonização está à disposição dos professores da rede municipal para fornecer mais informações sobre o uso da consulta ao acervo digital. O contato pode ser feito pelo e-mail educativo.mnic@joinville.sc.gov.br ou pelo telefone (47) 3453-3499.Além da comunidade em geral e das escolas, a consulta ao acervo digital do MNIC beneficia outro público: as pessoas com deficiência visual. O site http://museu.univille.br:8080/consultamuseu/web/ é acessível e permite navegação com autonomia, independência e facilidade. Leia mais:Museu da Imigração de Joinville não tem data para reabrir a visitaçãoEntenda o projeto de revitalização do Museu de Imigração e ColonizaçãoPorto Alegre, RSA NotíciaMuseu da Imigração de Joinville abre consultas ao acervo digitalA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-museu-da-imigracao-de-joinville-abre-consultas-ao-acervo-digital-10537131Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629720Fiança paga por motorista pode ir para família de mulher atropelada em JoinvilleJuiz explica que, em caso de condenação do motorista, dinheiro pode ser destinado à Jussara2018-08-14T16:16:07-03:002018-08-14T16:16:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSReproduçãoFiança paga por motorista pode ir para família de mulher atropelada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629720Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-fianca-paga-por-motorista-pode-ir-para-familia-de-mulher-atropelada-em-joinville-10537098Fiança paga por motorista pode ir para família de mulher atropelada em JoinvilleJuiz explica que, em caso de condenação do motorista, dinheiro pode ser destinado à Jussara2018-08-14T16:16:07-03:002018-08-14T16:16:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO motorista que dirigia supostamente embriagado quando atropelou Jussara na rua Bento Torquato da Rocha pagou fiança de R$ 19 mil e foi solto pela Justiça. Segundo a Polícia Civil, o homem se recusou a fazer o teste do bafômetro após o acidente, mas o exame clínico apontou alteração durante a verificação da capacidade psicomotora.Mulher é atropelada por motorista que estaria embriagado em JoinvilleSegundo o juiz Décio Menna Barreto de Araújo Filho, do Juizado Especial Criminal e Delitos de Trânsito, a fiança foi estabelecida por um juiz de plantão durante o fim de semana, mas ele mesmo manteve essa alternativa ao motorista. Ele afirmou que também foi bloqueado o carro envolvido no acidente para que não possa mais circular, outros dois carros velhos do motorista, além do recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação.— (A fiança e o bloqueio dos veículos) são justamente para garantir um valor mínimo para a família em caso de se comprovar que ele é culpado e for condenado — explica.Marido conta detalhes do acidente em que mulher foi atropelada em JoinvilleApós três dias depois do acidente, o marido de Jussara, Douglas diz que agora já está mais consciente e espera apenas suporte do motorista que atingiu a esposa. Segundo ele, o que aconteceu está feito e não tem mais como voltar atrás no tempo.— Nenhum dinheiro que ele me dê agora vai comprar de volta a perna dela ou a nossa rotina — declara.Marido mostra imagem da esposa, que está internada no hospitalFoto: Salmo Duarte / A NotíciaPorto Alegre, RSA NotíciaFiança paga por motorista pode ir para família de mulher atropelada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-fianca-paga-por-motorista-pode-ir-para-familia-de-mulher-atropelada-em-joinville-10537098Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24632092Saiba quem pode pedir isenção do pagamento do IPTU em JoinvillePrazo para encaminhar documentação à Prefeitura termina nesta quarta-feira, 15 de agosto2018-08-14T15:50:53-03:002018-08-14T15:50:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSCleber GomesSaiba quem pode pedir isenção do pagamento do IPTU em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24632092Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-saiba-quem-pode-pedir-isencao-do-pagamento-do-iptu-em-joinville-10537088Saiba quem pode pedir isenção do pagamento do IPTU em JoinvillePrazo para encaminhar documentação à Prefeitura termina nesta quarta-feira, 15 de agosto2018-08-14T15:50:53-03:002018-08-14T15:50:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO período para a Prefeitura de Joinville receber pedidos de isenção do Imposto sobre a Propriedade Territorial Urbana (IPTU) de 2019 termina nesta quarta-feira, 15 de agosto. Os interessados podem fazer os pedidos pela internet, diretamente na Secretaria da Fazenda ou em uma das oito Subprefeituras.Todas as informações de quem tem direito, documentos necessários e encaminhamentos estão disponíveis no site da prefeitura no link Carta de Serviço. Até o início da semana o número de requerimentos estava bem abaixo do registrado em anos anteriores. Historicamente esse número fica entre 1.600 e 1.700. Até esta terça-feira (14/08) a Secretaria da Fazenda havia registrado a entrada de mil pedidos.A isenção de IPTU é o direito de não pagar Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana, concedido pelo Município de Joinville, conforme as Leis Complementares nº 79/1999, nº 198/2005, nº 366/2011 e nº 389/2013 e conforme Decreto nº 21.681/2013.Nos pedidos pela internet ou de forma presencial, os interessados devem apresentar documentos que os enquadrem nos quesitos da lei como identidade do proprietário, comprovante de residência (água, energia elétrica) e de renda não superior a dois salários mínimos. A documentação necessária também está detalhada na Carta de Serviço.Quem pode pedir isenção?Proprietários de:- imóvel locado ou cedido gratuitamente ao Município;- um só imóvel, que nele resida, cuja renda familiar dos residentes não ultrapasse dois salários mínimos;- imóvel pertencente a ex-combatente brasileiro da 2ª Guerra Mundial;- imóvel pertencente a filho de ex-combatente brasileiro da 2ª Guerra Mundial;- imóvel pertencente a viúva de ex-combatente brasileiro da 2ª Guerra Mundial;- imóvel pertencente a órfãos de pais, recebidos por doação ou herança, quando menores ou incapazes, com renda igual ou menor a 2 salários mínimos;- imóvel pertencente a associação de moradores ativa e declarada de utilidade pública;- imóvel urbano que possua área florestada, gravada como área de preservação permanente;- imóvel em área rural com cadastro de produtor rural;- imóvel cadastrado no Inventário do Patrimônio Cultural de Joinville (IPCJ);- imóvel de entidade desportiva, recreativa e cultural.Porto Alegre, RSA NotíciaSaiba quem pode pedir isenção do pagamento do IPTU em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-saiba-quem-pode-pedir-isencao-do-pagamento-do-iptu-em-joinville-10537088Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24632012Marido conta detalhes do acidente em que mulher foi atropelada em JoinvilleEle estava com os filhos no carro quando motorista que estaria embriagado atropelou Jussara2018-08-14T15:12:53-03:002018-08-14T15:12:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteMarido conta detalhes do acidente em que mulher foi atropelada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24632012Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-marido-conta-detalhes-do-acidente-em-que-mulher-foi-atropelada-em-joinville-10537067Marido conta detalhes do acidente em que mulher foi atropelada em JoinvilleEle estava com os filhos no carro quando motorista que estaria embriagado atropelou Jussara2018-08-14T15:12:53-03:002018-08-14T15:12:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brTrês dias depois de Jussara de Fátima Vilanova, 37 anos, ser atropelada por um motorista que estaria bêbado no bairro Vila Nova, em Joinville, a família da auxiliar administrativa tenta reunir forças para seguir em frente. O marido Douglas Rodrigo Belém, 31 anos, e os quatro filhos do casal ainda estão abalados com o acidente, mas começam a se reestruturar porque sabem que terão de dar todo o apoio na recuperação de Jussara.Mulher é atropelada por motorista que estaria embriagado em Joinville— Eu tento ser forte, dar apoio e nunca vou abandonar ela. Ela pode ficar de cadeira de rodas que eu vou ficar com ela para o resto da vida. Foi uma tragédia, mas precisamos levantar a cabeça — comenta o marido.A esposa sempre foi uma mulher independente. Saía com os filhos para ir ao shopping, fazer atividades fora de casa, trabalhava em uma empresa e ainda revendia produtos de beleza para conhecidos. Uma mulher muito guerreira, forte e determinada, além de uma mãe dedicada que pensa muito nos filhos.Motorista que estaria embriagado ao atropelar mulher é solto em JoinvilleImagens mostram a mulher abrindo o porta-malas e o carro se aproximandoFoto: Reprodução / ReproduçãoMulher ainda não sabe que teve perna amputadaJussara teve parte da perna esquerda amputada por causa do acidente e ainda passará por uma cirurgia na perna direita para colocar platina e parafusos. Ela já consegue abrir os olhos, apertar a mão e responder com a cabeça. Douglas contou a ela que precisará passar por cirurgia, mas ainda não soube que perdeu parte da perna.— Vai ser um trauma, um momento complicado e muito triste — conta.Trauma para a famíliaO marido está superando o acidente aos poucos. Todas as noites ainda repassa as imagens da colisão na cabeça, quando vai para casa e deita na cama sem a esposa. Um trauma que vai demorar a ser superado e que ele não deseja à ninguém.— Eu só peço a Deus que a ilumine, ela se recupere e volte para casa. Vou precisar readaptar minha casa e eu vou fazer sem problemas. O que eu quero é ter ela comigo, com a vida dela restabelecida.Jussara ainda deve ficar mais algum tempo internada até poder voltar para casa com a família. Ela não teve lesões em outras partes do corpo e os sedativos começaram a ser retirados pela equipe médica. Agora precisa se estabilizar mais para fazer a cirurgia na perna direita e aguardar para completar a recuperação.Mulher está na traseira do carro e o outro veículo pode ser visto na imagemFoto: Reprodução / ReproduçãoEntenda como foi o acidenteO acidente aconteceu por volta das 19h20 de sábado. O casal estava em casa com a filha de nove anos e o filho de três. Uma das filhas gêmeas, de 17 anos, jogava paintball no bairro Boa Vista, quando ligou para o pai buscá-la. Douglas queria ir de motocicleta, mas a esposa pediu para que ele fosse de carro. A ideia era dar uma volta com as crianças e aproveitar o passeio.No meio do caminho, Jussara sugeriu passar na pizzaria, onde a outra filha de 17 anos trabalha, para receber o dinheiro que uma funcionária queria entregar a ela pela venda de produtos de beleza. O marido parou o carro do lado de fora e a esposa entrou. Quando estava saindo, outra funcionária do comércio pediu um catálogo dos produtos para Jussara. A mulher foi buscar no porta-malas do carro, no momento em outro veículo a atingiu.Douglas saiu do carro, prestou atendimento à esposa, enquanto os filhos ficaram assustados com o acidente. O pai se dividia entre cuidar de Jussara e das crianças. Emocionado ao relembrar das imagens, ele conta que pensa todos os dias se as pessoas já nascem com a vida traçada e se o que aconteceu com a esposa não teria um propósito.— Eu me pergunto toda noite se a gente precisava passar por isso. Se alguém chamasse e ela (Jussara) desse uma paradinha para olhar para trás, o motorista teria batido no meu carro e nada teria acontecido com ela. Infelizmente, foi uma tragédia e agora temos que seguir a vida.Porto Alegre, RSA NotíciaMarido conta detalhes do acidente em que mulher foi atropelada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-marido-conta-detalhes-do-acidente-em-que-mulher-foi-atropelada-em-joinville-10537067Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24631746Dia Nacional da Construção Social será realizado neste sábado em JoinvilleEvento terá mais de 30 atividades e serviços gratuitos, além de sorteio de prêmios2018-08-14T12:10:09-03:002018-08-14T12:10:09-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSRober TavaresDia Nacional da Construção Social será realizado neste sábado em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24631746Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-dia-nacional-da-construcao-social-sera-realizado-neste-sabado-em-joinville-10536961Dia Nacional da Construção Social será realizado neste sábado em JoinvilleEvento terá mais de 30 atividades e serviços gratuitos, além de sorteio de prêmios2018-08-14T12:10:09-03:002018-08-14T12:10:09-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO Dia Nacional da Construção Social será realizado neste sábado, das 13 às 17 horas, em Joinville. Trabalhadores do setor, familiares e comunidade poderão participar das mais de 30 atividades e serviços oferecidos nas áreas de saúde, lazer, esporte, cultura, educação, cidadania e segurança do trabalho.O evento será no SESC Joinville e todos os participantes vão receber lanche e concorrer a prêmios como uma moto zero km, dez bicicletas, cinco micro-ondas e dois televisores de 40 polegadas, além de outros brindes. A entrada, assim como a participação nas atividades, é gratuita para toda a família.O Dia Nacional da Construção Social (DNCS) é realizado simultaneamente em diversas cidades do país, por iniciativa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Em Joinville, a organização fica por conta do Sindicato da Indústria da Construção Civil (SINDUSCON), Serviço Social da Indústria da Construção (SECONCI) e Sistema FIESC/SESI, com o apoio do Serviço Social do Comércio (SESC).Neste ano, o tema do DNCS é “O futuro dos nossos filhos” e, por isso, a organização vai ampliar as atividades recreativas e de lazer voltadas ao público infanto-juvenil. A intenção da CBIC é promover a reflexão sobre a importância de educar e conduzir a nova geração para a construção de um país melhor. PROGRAMAÇÃOSaúde e Cidadania- Avaliação capilar- Avaliação odontológica- Avaliação de pressão arterial- Bike to Food- Corte de cabelo e barbearia- Delegacia móvel- Massoterapia- Orientação nutricional- SESI Clube – Atividade física- Teste de glicemia- Teste visual- XBOX: Atividade física interativa Lazer- Brincadeiras e pintura facial infantil- Brinquedos infláveis- Cama elástica e tobogã- Piscina de bolinhas- Pintura facial infantil- Shows regionais- Torneio de pênalti- Participação do JEC/Krona Futsal- Exposição de carros antigos- Distribuição de cachorro-quente, suco e pipocaEducação- Caminhão SENAI NR-35- Caminhão SESI Ciências- Orelha inflável- SESI RobóticaSERVIÇOO QUÊ: Dia Nacional da Construção Social – edição 2018QUANDO: 18 de agosto, sábado, das 13 às 17 horasONDE: SESC Joinville, rua Itaiópolis, 470, bairro AméricaQUANTO: GratuitoMAIS INFORMAÇÕES: SINDUSCON Joinville - 3425-2288Porto Alegre, RSA NotíciaDia Nacional da Construção Social será realizado neste sábado em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-dia-nacional-da-construcao-social-sera-realizado-neste-sabado-em-joinville-10536961Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629457Grupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville, em Santa CatarinaEles chegaram equipados com armas e explosivos. Um homem morreu durante troca de tiros2018-08-13T23:53:06-03:002018-08-13T23:53:06-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoGrupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville, em Santa CatarinaA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629457Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-grupo-armado-tenta-invadir-penitenciaria-de-joinville-em-santa-catarina-10536681Grupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville, em Santa CatarinaEles chegaram equipados com armas e explosivos. Um homem morreu durante troca de tiros2018-08-13T23:53:06-03:002018-08-13T23:53:06-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm grupo tentou invadir a Penitenciária Industrial de Joinville por volta das 5 horas deste segunda-feira. Eles chegaram pelo mato, entre a penitenciária feminina e a masculina, com armas e explosivos. A suspeita inicial da polícia é de que eles tentariam resgatar alguém de dentro da unidade prisional.Segundo a Polícia Militar, houve troca de tiros entre os agentes penitenciários e os homens que tentavam invadir. A PM informou que um dos suspeitos morreu após ser atingido por um tiro disparado pelos próprios invasores. O corpo estava no meio do mato e com ele foram encontradas armas. Ele foi atendido pelo Samu, mas faleceu ainda na ambulância.Polícias e Instituto Geral de Perícias estão no localFoto: Salmo Duarte / A NotíciaUm explosivo também foi deflagrado e parte do muro da Penitenciária ficou danificado. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Florianópolis, foi chamado para desarmar mais explosivos que estão do lado de fora da Penitenciária.A área onde estão os explosivos é onde ficam presos de uma organização criminosa que atua na cidade. Os suspeitos ainda chegaram a colocar artefatos com pregos no trajeto da polícia para atrasar a chegada deles ao local.Veja mais fotos:Artefatos com pregos foram colocados no trajeto da políciaFoto: Divulgação / DivulgaçãoBope também está presente na penitenciáriaFoto: Salmo Duarte / A NotíciaPorto Alegre, RSA NotíciaGrupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville, em Santa CatarinaA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-grupo-armado-tenta-invadir-penitenciaria-de-joinville-em-santa-catarina-10536681Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24447775Cepat divulga novas vagas de emprego em JoinvilleVagas estão disponíveis a partir desta segunda-feira no órgão municipal2018-08-13T14:27:03-03:002018-08-13T14:27:03-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSineCepat divulga novas vagas de emprego em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24447775Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-cepat-divulga-novas-vagas-de-emprego-em-joinville-10536240Cepat divulga novas vagas de emprego em JoinvilleVagas estão disponíveis a partir desta segunda-feira no órgão municipal2018-08-13T14:27:03-03:002018-08-13T14:27:03-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Prefeitura de Joinville divulgou nesta segunda-feira novas vagas de emprego disponíveis no Centro Público de Atendimento aos Trabalhadores (Cepat). O órgão fica na rua Abdon Batista nº 342, no Centro. Cepat divulga novas vagas de emprego em Joinville de Hassan FariasPorto Alegre, RSA NotíciaCepat divulga novas vagas de emprego em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-cepat-divulga-novas-vagas-de-emprego-em-joinville-10536240Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629954Acidente causa congestionamento de seis quilômetros na BR-101, em JoinvilleColisão de duas carretas aconteceu por volta das 11 horas desta segunda-feira2018-08-13T13:48:57-03:002018-08-13T13:48:57-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoAcidente causa congestionamento de seis quilômetros na BR-101, em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629954Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-acidente-causa-congestionamento-de-seis-quilometros-na-br-101-em-joinville-10536225Acidente causa congestionamento de seis quilômetros na BR-101, em JoinvilleColisão de duas carretas aconteceu por volta das 11 horas desta segunda-feira2018-08-13T13:48:57-03:002018-08-13T13:48:57-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm acidente envolvendo duas carretas causou seis quilômetros de congestionamento na BR-101, em Joinville. Um caminhão bateu na traseira de outro, que foi projetado para cima da mureta que divide as pistas. O acidente aconteceu por volta das 11 horas desta segunda-feira no quilômetro 32.Ninguém ficou ferido no acidente, mas o trânsito permaneceu em apenas uma faixa de ambos os lados da rodovia durante uma hora. O acidente aconteceu no sentido Sul, mas o sentido contrário também foi afetado porque o caminhão atravessou a mureta.Leia também:Mulher é atropelada por motorista que estaria embriagado em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaAcidente causa congestionamento de seis quilômetros na BR-101, em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-acidente-causa-congestionamento-de-seis-quilometros-na-br-101-em-joinville-10536225Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629720Mulher é atropelada por motorista que estaria embriagado em JoinvilleVítima teve a perna amputada e está internada em coma no hospital2018-08-13T12:41:06-03:002018-08-13T12:41:06-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSReproduçãoMulher é atropelada por motorista que estaria embriagado em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629720Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-mulher-e-atropelada-por-motorista-que-estaria-embriagado-em-joinville-10536183Mulher é atropelada por motorista que estaria embriagado em JoinvilleVítima teve a perna amputada e está internada em coma no hospital2018-08-13T12:41:06-03:002018-08-13T12:41:06-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma mulher foi atropelada por um carro na noite de sábado no bairro Vila Nova, na zona Oeste de Joinville. A Polícia Civil afirmou que o motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas o exame clínico apontou alteração durante a verificação da capacidade psicomotora.O acidente aconteceu em frente a um estabelecimento comercial, na rua Bento Torquato da Rocha. As imagens da câmera de segurança mostram o momento em que a mulher sai do estabelecimento, abre o porta-malas do carro e um carro se aproxima. O motorista não freia a tempo e atinge a mulher.A vítima foi encaminhada em estado grave para o Hospital São José e, depois, encaminhada para o Hospital Dona Helena. Devido aos ferimentos, uma perna teve de ser amputada. O motorista ficou preso até segunda-feira à tarde, quando pagou fiança e foi solto. Ele deve responder por praticar lesão culposa (sem intenção) na direção de veículo automotor.Mulher está na traseira do carro e o outro veículo pode ser visto na imagemFoto: Reprodução / ReproduçãoPorto Alegre, RSA NotíciaMulher é atropelada por motorista que estaria embriagado em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-mulher-e-atropelada-por-motorista-que-estaria-embriagado-em-joinville-10536183Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629532Secretário de Justiça diz que unidades de SC estão em alerta após tentativa de invasão à penitenciáriaUnidade de Joinville sofreu ataque durante a madrugada desta segunda-feira2018-08-13T12:04:43-03:002018-08-13T12:04:43-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteSecretário de Justiça diz que unidades de SC estão em alerta após tentativa de invasão à penitenciáriaA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629532Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-secretario-de-justica-diz-que-unidades-de-sc-estao-em-alerta-apos-tentativa-de-invasao-a-penitenciaria-10536162Secretário de Justiça diz que unidades de SC estão em alerta após tentativa de invasão à penitenciáriaUnidade de Joinville sofreu ataque durante a madrugada desta segunda-feira2018-08-13T12:04:43-03:002018-08-13T12:04:43-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO secretário de Justiça e Cidadania de Santa Catarina, Leandro Lima, afirmou que todas as unidades do Estado já estão em alerta após a tentativa de invasão na Penitenciária Industrial de Joinville. Durante a madrugada, um grupo armado tentou invadir a unidade e um homem foi morto após troca de tiros. A declaração foi durante entrevista à rádio CBN Diário, de Florianópolis. Segundo o secretário, todas as unidades devem estar o tempo inteiro de prontidão para situação como essa, mas uma ação com um impacto significativo como a ocorrida em Joinville faz com que se tenha atenção redobrada. No entanto, reforçou que todas as unidades estão com funcionamento normal.Explosivo foi deflagrado e atingiu parte do muro da unidadeFoto: Divulgação / DivulgaçãoTentativa de invasão ou resgate?Leandro Lima também disse que a ação registrada na Penitenciária ainda não pode ser considerada uma tentativa de resgate. No entanto, a Polícia Militar trabalha com a suspeita inicial de que eles iriam resgatar um detento. A suspeita foi confirmada também pelo juiz João Marcos Buch, titular da Vara de Execuções Penais de Joinville.— O que sabemos é que houve uma tentativa de invasão. Por enquanto, não é uma tentativa de resgate. Nossas equipes estão apurado o que aconteceu — disse o secretário, em entrevista à rádio CBN Diário, de Florianópolis.Bope também está presente na penitenciáriaFoto: Salmo Duarte / A NotíciaRelação com queda do helicópteroO secretário ainda afirmou que é cedo para negar ou afirmar se há relação da tentativa de invasão desta segunda-feira com a tentativa de resgate de um preso que resultou na queda de um helicóptero em março deste ano. Naquela ocasião, um grupo planejou retirar o preso Paulo Henrique Artmann dos Santos, conhecido como Calango, da Penitenciária Industrial.— É necessário um pouco mais de tempo para que a investigação avance e se possa chegar a uma conclusão mais determinante — concluiu.Leia mais:Grupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville Artefatos com pregos foram colocados no trajeto da políciaFoto: Divulgação / DivulgaçãoPorto Alegre, RSA NotíciaSecretário de Justiça diz que unidades de SC estão em alerta após tentativa de invasão à penitenciáriaA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-secretario-de-justica-diz-que-unidades-de-sc-estao-em-alerta-apos-tentativa-de-invasao-a-penitenciaria-10536162Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629768Juiz diz que situação está sob controle dentro da penitenciária de JoinvilleUnidade sofreu uma tentativa de invasão durante a madrugada desta segunda-feira2018-08-13T11:39:03-03:002018-08-13T11:39:03-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteJuiz diz que situação está sob controle dentro da penitenciária de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629768Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-juiz-diz-que-situacao-esta-sob-controle-dentro-da-penitenciaria-de-joinville-10536150Juiz diz que situação está sob controle dentro da penitenciária de JoinvilleUnidade sofreu uma tentativa de invasão durante a madrugada desta segunda-feira2018-08-13T11:39:03-03:002018-08-13T11:39:03-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO juiz João Marcos Buch, titular da Vara de Execução Penal de Joinville, esteve na Penitenciária Industrial durante a manhã desta segunda-feira. Ele foi conferir a situação após a tentativa de invasão ocorrida na madrugada. Segundo ele, tudo está sob controle e dentro da normalidade dentro da unidade.— Os próprios detentos estão tranquilos, dentro das suas celas, sem anormalidade ou contingência — ressaltou.Em um primeiro momento, os detentos não saíram para os trabalhos industriais dentro da unidade, exatamente em razão da segurança externa. De acordo com Buch, não há necessidade de revista interna na unidade porque o fato aconteceu do lado externo e, dentro da penitenciária, há muito segurança e controle em todas as barreiras.Explosivo foi deflagrado e atingiu parte do muro da unidadeFoto: Divulgação / DivulgaçãoInvasão seria para resgatar presoEle confirmou que a Polícia Militar repassou informações de que a tentativa de invasão seria para resgatar um detento da penitenciária, mas ainda haverá um levantamento mais aprofundado para saber outros detalhes.O juiz vai acompanhar o caso e exigir um relatório de tudo que aconteceu. No entanto, reforçou que sua atuação é no controle do sistema interno para garantir que tudo continue dentro da normalidade e conforme a lei.Leia mais:Grupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville Veja mais fotos:Bope também está presente na penitenciáriaFoto: Salmo Duarte / A NotíciaArtefatos com pregos foram colocados no trajeto da políciaFoto: Divulgação / DivulgaçãoPorto Alegre, RSA NotíciaJuiz diz que situação está sob controle dentro da penitenciária de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-juiz-diz-que-situacao-esta-sob-controle-dentro-da-penitenciaria-de-joinville-10536150Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629710Programa Famílias Acolhedoras capacita parceiros e busca novos voluntários em JoinvilleVoluntários devem ter mais de 21 anos, residir em Joinville há mais de dois anos, e ter disponibilidade para acompanhar o desenvolvimento da criança ou adolescente acolhido2018-08-13T11:02:41-03:002018-08-13T11:02:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuartePrograma Famílias Acolhedoras capacita parceiros e busca novos voluntários em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629710Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-programa-familias-acolhedoras-capacita-parceiros-e-busca-novos-voluntarios-em-joinville-10536131Programa Famílias Acolhedoras capacita parceiros e busca novos voluntários em JoinvilleVoluntários devem ter mais de 21 anos, residir em Joinville há mais de dois anos, e ter disponibilidade para acompanhar o desenvolvimento da criança ou adolescente acolhido2018-08-13T11:02:41-03:002018-08-13T11:02:41-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brDesenvolvido pela Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS), o Programa Famílias Acolhedoras existe há onze anos e conta atualmente com dezessete famílias cadastradas, que acolhem em seus lares, em caráter temporário, 23 crianças e adolescentes de zero a 18 anos em situação de vulnerabilidade ou risco familiar. - Buscamos com o acolhimento oferecer às crianças a condição mais próxima de estar em ambiente familiar. Em uma instituição, ela estará bem cuidada, vai receber carinho, mas fará parte de um grupo. Já em um lar, a criança tem individualidade, convivência familiar e comunitária mais garantida, o que lhe traz mais segurança emocional - explica a assistente social Denise de Simas Santos, coordenadora do serviço de Acolhimento Familiar da SAS. Os resultados gerados pela iniciativa, faz com que a SAS busque continuamente novos parceiros. Os voluntários devem ter mais de 21 anos, residir em Joinville há mais de dois anos, não apresentar interesse em adoção, ter consentimento da família e disponibilidade para acompanhar o desenvolvimento da criança ou adolescente acolhido. O primeiro passo para as pessoas ou famílias que têm interesse em participar do Programa Famílias Acolhedoras é se inscrever por meio do formulário eletrônico disponível no site da Prefeitura de Joinville, ou comparecer no núcleo do programa, localizado na rua Virgínia Ferreira Gomes, 277, Floresta, de segunda a sexta-feira, das 8 às 19 horas. Na sequência, a equipe do programa entrará em contato para agendamento de entrevista inicial e, posteriormente, os candidatos passarão por entrevista psicossocial. A equipe do programa também realiza uma visita domiciliar à família interessada. Na próxima etapa, a família participa de uma capacitação com carga horária de dezesseis horas e entrega a documentação necessária. As famílias acolhedoras participam regularmente de oficinas e capacitações com a equipe técnica do programa, para a troca de experiências, esclarecimento de dúvidas e orientações sobre diversos temas relacionados a educação e qualidade de vida. Os assistentes sociais também fazem visitas semanais às residências, para acompanhar o processo de acolhimento.Porto Alegre, RSA NotíciaPrograma Famílias Acolhedoras capacita parceiros e busca novos voluntários em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-programa-familias-acolhedoras-capacita-parceiros-e-busca-novos-voluntarios-em-joinville-10536131Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629692 Feiras Interplast e EuroMold reúnem cadeia de fornecedores para indústria do plástico em Joinville entre 14 e 17 de agostoEventos simultâneos focam na capacitação profissional, incentivo à reciclagem e geração de negócios, que deve girar em torno de R$ 200 milhões2018-08-13T10:48:32-03:002018-08-13T10:48:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgação Feiras Interplast e EuroMold reúnem cadeia de fornecedores para indústria do plástico em Joinville entre 14 e 17 de agostoA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629692Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-feiras-interplast-e-euromold-reunem-cadeia-de-fornecedores-para-industria-do-plastico-em-joinville-entre-14-e-17-de-agosto-10536126 Feiras Interplast e EuroMold reúnem cadeia de fornecedores para indústria do plástico em Joinville entre 14 e 17 de agostoEventos simultâneos focam na capacitação profissional, incentivo à reciclagem e geração de negócios, que deve girar em torno de R$ 200 milhões2018-08-13T10:48:32-03:002018-08-13T10:48:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brDe 14 a 17 de agosto, a cadeia da indústria plástica e os profissionais do segmento se reúnem em Joinville para a Interplast – Feira e Congresso da Integração da Tecnologia do Plástico, e a EuroMold – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos. As feiras reúnem 400 marcas, em 320 estandes, com expositores do Brasil, Ásia, Europa e outros países das Américas, com a expectativa de receber um público de 25 mil visitantes e de criar oportunidades para gerar R$ 200 milhões de negócios, iniciados no evento e consolidados em até 12 meses.Comparado a edição de 2016, a área útil foi ampliada para o hall de acesso do pavilhão, com mais 30 estandes, totalizando 20 mil m² de exposição. São 67 novas empresas expositoras na Interplast e 17 na EuroMold Brasil. Os expositores vêm de oito diferentes estados, sendo 55% de SP, 21% de SC, e os demais do AM, BA, CE, MG, PR e RS.A Interplast e EuroMold estão consolidadas como o principal encontro do setor plástico da América Latina nos anos pares, com o diferencial de outros eventos por reunirem toda a cadeia do processo produtivo, do design à produção. Na Interplast o visitante encontra as melhores soluções da matéria-prima a máquinas e equipamentos, e na EuroMold soluções tecnológicas em ferramentais e desenvolvimento de produtos. - O acesso a toda a cadeia do plástico em um único espaço atrai visitantes cada vez mais qualificados e faz com que a feira se consolide como o ponto de encontro do segmento na América Latina, em 2018 - destaca Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil.Foto: Divulgação / DivulgaçãoSanta Catarina concentra um importante polo industrial com cerca de mil indústrias de transformação de plástico, somando mais de 32 mil empregos diretos nas unidades fabris. Aproximadamente 1 milhão de toneladas de plástico são processados no estado anualmente, com grandes empresas de atuação nacional e internacional com destaque para peças técnicas, embalagens e descartáveis. - A região de Joinville concentra um polo de ferramentarias e empresas de modelação do Brasil, e grande parte da produção de peças injetadas em plástico, alumínio e cerâmica, o que justifica a realização de eventos com todo esse potencial tecnológico e de inovação - destaca Spirandelli.A Interplast e EuroMold Brasil são realizadas pelo Simpesc (Sindicato da Indústria do Material Plástico de SC) e têm o apoio da ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), com a organização da Messe Brasil. O credenciamento gratuito para visitantes e a programação completa estão disponíveis no site www.interplast.com.br.Porto Alegre, RSA Notícia Feiras Interplast e EuroMold reúnem cadeia de fornecedores para indústria do plástico em Joinville entre 14 e 17 de agostoA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-feiras-interplast-e-euromold-reunem-cadeia-de-fornecedores-para-industria-do-plastico-em-joinville-entre-14-e-17-de-agosto-10536126Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24629457Grupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville Eles chegaram equipados com armas e explosivos. Um homem morreu durante troca de tiros2018-08-13T08:48:05-03:002018-08-13T08:48:05-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoGrupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville A Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24629457Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-grupo-armado-tenta-invadir-penitenciaria-de-joinville-10536041Grupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville Eles chegaram equipados com armas e explosivos. Um homem morreu durante troca de tiros2018-08-13T08:48:05-03:002018-08-13T08:48:05-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm grupo tentou invadir a Penitenciária Industrial de Joinville por volta das 5 horas deste segunda-feira. Eles chegaram pelo mato, entre a penitenciária feminina e a masculina, com armas e explosivos. A suspeita inicial da polícia é de que eles tentariam resgatar alguém de dentro da unidade prisional.Segundo a Polícia Militar, houve troca de tiros entre os agentes penitenciários e os homens que tentavam invadir. A PM informou que um dos suspeitos morreu após ser atingido por um tiro disparado pelos próprios invasores. O corpo estava no meio do mato e com ele foram encontradas armas. Ele foi atendido pelo Samu, mas faleceu ainda na ambulância.Polícias e Instituto Geral de Perícias estão no localFoto: Salmo Duarte / A NotíciaUm explosivo também foi deflagrado e parte do muro da Penitenciária ficou danificado. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Florianópolis, foi chamado para desarmar mais explosivos que estão do lado de fora da Penitenciária.A área onde estão os explosivos é onde ficam presos de uma organização criminosa que atua na cidade. Os suspeitos ainda chegaram a colocar artefatos com pregos no trajeto da polícia para atrasar a chegada deles ao local.Veja mais fotos:Artefatos com pregos foram colocados no trajeto da políciaFoto: Divulgação / DivulgaçãoBope também está presente na penitenciáriaFoto: Salmo Duarte / A NotíciaPorto Alegre, RSA NotíciaGrupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville A Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-grupo-armado-tenta-invadir-penitenciaria-de-joinville-10536041Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24628941Univille realiza a 22ª edição da Semana da Comunidade em Joinville e regiãoEntre as atrações estão oficinas, food trucks, apresentações culturais, aulões de fit dance e exposições2018-08-13T07:30:26-03:002018-08-13T07:30:26-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaUniville realiza a 22ª edição da Semana da Comunidade em Joinville e regiãoA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24628941Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-univille-realiza-a-22-edicao-da-semana-da-comunidade-em-joinville-e-regiao-10535726Univille realiza a 22ª edição da Semana da Comunidade em Joinville e regiãoEntre as atrações estão oficinas, food trucks, apresentações culturais, aulões de fit dance e exposições2018-08-13T07:30:26-03:002018-08-13T07:30:26-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Univille inaugura neste dia 14, a ampliação e modernização de espaços destinados ao atendimento gratuito de saúde, como o Ambulatório Médico, que aumentou de 16 para 22 o número de consultórios e que atende por ano cerca de 6,6 mil pessoas gratuitamente nas especialidades médicas.A inauguração é um dos pontos altos da 22ª Semana da Comunidade, que comemora, nesta terça-feira, os 22 anos de credenciamento como universidade pelo MEC e vai ser realizada de 13 a 18 de agosto simultaneamente nos campi de Joinville, São Bento do Sul e São Francisco do Sul.O que a comunidade vai encontrarO evento, que atrai cerca de 6 mil pessoas, oferece uma série de atrações e serviços gratuitos para a população. Em Joinville, haverá atividades também nos shoppings Cidade das Flores, Garten e Mueller e nos terminais de ônibus.Entre as atrações oferecidas estão oficinas, food trucks, apresentações culturais, aulões de fit dance, exposições, entre outros. Uma das mais concorridas é a tradicional Feira das Profissões, que atrai estudantes do ensino médio de toda a região.O destaque serão os serviços na área da saúde que vão ser oferecidos no Shopping Mueller e nos terminais de ônibus. A comunidade vai receber orientações e dicas de prevenção em saúde, além de poder realizar exames, como eletromiografia e cálculo do índice de massa corporal (IMC).Acadêmicos e professores dos cursos de graduação na área – educação física, enfermagem, farmácia, medicina, odontologia e psicologia – vão participar do atendimento à população de 13 a 16 de agosto, em frente à Loja Marisa, das 10h às 22h30.Nos terminais de ônibus, a população vai poder conferir a pressão arterial no dia 15 (quarta-feira), às 10h, no Norte; às 14h, no Iririú; e às 16h, no Itaum. O Dia da Saúde, no sábado (18), das 9h às 13h, na Unidade Centro de Joinville, vai ser dedicado a workshops sobre prevenção de várias doenças, entre elas, sífilis e males do coração e do intestino.NovidadesUma das novidades da edição deste ano é o Art Truck, um carrinho com material reciclável que vai ser levado aos terminais de ônibus no dia 15 (nos mesmo horários citados) e também fará paradas estratégicas no Shopping Cidade das Flores realizando minioficinas de gravuras e desenhos, gratuitas e abertas ao público.– A ideia é disponibilizar materiais diferentes para que as pessoas vivenciem uma experiência criativa por meio de técnicas artísticas distintas – explica a professora Alena Marmo, do curso de artes visuais.Outra novidade é a cozinha móvel do caminhão da Bragança Gastronomia, que vai funcionar diariamente no campus do Bom Retiro das 8h às 22h demonstrando ao público o processo de produção de cerveja. Os resíduos serão reaproveitados na hora para fazer pão, que será servido no dia seguinte para degustação.Serviço:O quê: Semana da Comunidade.Quando: de 13 a 18 de agosto.Onde: nos campi e unidades da Univille em Joinville, São Bento do Sul e São Francisco do Sul, nos shoppings de Joinville e nos terminais de ônibus.Quanto: gratuito.Informações: 3461-9004, 3461-9131 ou pelo site do evento.Porto Alegre, RSA NotíciaUniville realiza a 22ª edição da Semana da Comunidade em Joinville e regiãoA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-univille-realiza-a-22-edicao-da-semana-da-comunidade-em-joinville-e-regiao-10535726Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24628536Caminhada contra a descriminalização do aborto é realizada em JoinvilleParticipantes usaram faixas, cartazes e camisetas pra andar pelas ruas da região central2018-08-12T14:47:43-03:002018-08-12T14:47:43-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSKleber PizzamiglioCaminhada contra a descriminalização do aborto é realizada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24628536Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-caminhada-contra-a-descriminalizacao-do-aborto-e-realizada-em-joinville-10535573Caminhada contra a descriminalização do aborto é realizada em JoinvilleParticipantes usaram faixas, cartazes e camisetas pra andar pelas ruas da região central2018-08-12T14:47:43-03:002018-08-12T14:47:43-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma caminhada ecumênica contra a descriminalização do aborto, promovida por grupos religiosos, foi realizada neste sábado em Joinville. Eles usaram faixas, cartazes e camisetas para andar pelas ruas da região central até a praça da Bandeira. O objetivo foi fazer com que o manifesto chegue até Brasília, onde o tema está sendo discutido no Superior Tribunal Federal (STF).— Nós queremos declarar que o STF respeite e aceite o que está na Constituição — afirmou David Paulo, presidente do Conselho de Pastores.A ação pede que o aborto deixe de ser crime até o terceiro mês de gestação. Além disso, quer suspender as prisões em flagrante, os inquéritos e as ações que já estão em andamento sobre o assunto. Para o bispo Dom Francisco Carlos Bach, da Diocese de Joinville, o foco da discussão está errado.— Parte-se do princípio da mãe. Nós temos que cuidar da mãe e aí tem a necessidade de saúde pública para esse cuidado. Mas o ponto de partida é o feto, ele é que não pode ser sentenciado à morte no caso de um aborto — defendeu.Carro de som foi usado durante a caminhadaFoto: Kleber Pizzamiglio / NSC TVComo está a discussão no STFO Superior Tribunal Federal retomou as audiências para discutir o tema. Mais de 70 especialistas foram ouvidos nos encontros realizados pelo tribunal. Com base nos depoimentos apresentados por grupo pró e contra a descriminalização a ministra relatora do projeto, Rosa Weber, vai apresentar o voto. Ainda não há uma data marcada para que o assunto seja discutido no plenário do STF.Como é no Brasil e na América LatinaNo Brasil, o aborto atualmente é permitido em três casos. Quando a gravidez é resultado de um estupro; quando existe risco de vida para a mulher e se o feto for anencéfalo, ou seja, se tiver alguma deformação no cérebro. Agora o Supremo discute a possibilidade da descriminalização do aborto com até doze semanas de gravidez.Em toda a América Latina, apenas em Cuba, Guiana, Porto Rico e Uruguai o aborto é liberado. O tema gerou protestos contra e favor nesta semana na Argentina. A proposta dava o direito à mulher interromper a gestação até a décima quarta semana, mas o Congresso rejeitou a legalização.Porto Alegre, RSA NotíciaCaminhada contra a descriminalização do aborto é realizada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-caminhada-contra-a-descriminalizacao-do-aborto-e-realizada-em-joinville-10535573Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24627205Entenda o projeto de revitalização do Museu de Imigração e ColonizaçãoA unidade foi fechada em fevereiro e só reabrirá quando o projeto for cumprido2018-08-11T08:02:29-03:002018-08-11T08:02:29-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSArteEntenda o projeto de revitalização do Museu de Imigração e ColonizaçãoA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24627205Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-entenda-o-projeto-de-revitalizacao-do-museu-de-imigracao-e-colonizacao-10535000Entenda o projeto de revitalização do Museu de Imigração e ColonizaçãoA unidade foi fechada em fevereiro e só reabrirá quando o projeto for cumprido2018-08-11T08:02:29-03:002018-08-11T08:02:29-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO Museu Nacional de Imigração e Colonização de Joinville (MNIC) ganhou projeto de restauro e acessibilidade, iniciado em 2014 por uma empresa local e divulgado em julho do ano passado, quando a unidade de cultura completou 60 anos. Na época, já era necessário realizar um obra emergencial no alpendre lateral direito do casarão principal, construído em 1870. Localizado no segundo piso, em formato de varanda coberta, o alpendre já estava envergado e sendo mantido por estacas há mais de sete anos. Foi interditado e, depois de alguns anos, o sótão foi fechado pelo mesmo motivo. A obra, orçada em R$ 47 mil, foi concluída na penúltima semana de julho.Como era: durante quase uma década, o alpendre ficou suspenso por estacas por segurançaFoto: Cleber Gomes / Agencia RBSComo ficou: agora, o local pode ser desinterditado e está seguro apenas pela estrutura do imóvelFoto: Salmo Duarte / A NotíciaAgora, é necessário realizar uma drenagem no terreno, restaurar a casa principal e construir um anexo em dois pavimentos nos fundos do terreno. Das próximas etapas, a única que tem recursos financeiros garantidos é a construção do anexo, que depende da drenagem para ter início. Ele será erguido no local onde está o galpão usado para a exposição de meios de transporte. – Essa edificação é um falso histórico, foi construída nos anos 2000, e, por isso, pode ser desmanchada – explica a educadora Elaine Martins. Anexo terá dois pavimentos para abrigar acervo técnico, sala de limpeza e administrativoFoto: Arte / DivulgaçãoO anexo tem um projeto moderno, para não ser confundido com parte do patrimônio histórico, e terá as condições de uso necessárias para as atividades que o museu demanda, com climatização: servirá como espaço expositivo, acervo técnico e sala de conservação e documentação, além de sala da administração. Atualmente, a sala da administração fica no sótão do Auditório Dona Francisca, no antigo "chalé da administração", ao lado da casa principal. Já os serviços de limpeza, conservação e documentação são realizados em lugares adaptados dentro do espaço físico do museu, que não oferece condições para que estas tarefas sejam realizadas adequadamente. A construção do anexo é avaliada em R$ 1,3 milhão, verba garantida com recursos do Ministério do Turismo. O restauro da casa principal foi orçado em R$ 1,7 milhão e está em fase de captação de recursos via Lei Rouanet. Há pelo menos uma década ela enfrenta problemas de vazamentos na cobertura, que precisa ser trocada, além de reparos pontuais. O valor também inclui a obra de acessibilidade, com a instalação de um elevador externo que vai até o segundo e terceiro pavimento. A captação é realizada por meio da Associação de Amigos do Museu Nacional de Imigração e Colonização. A drenagem, que precisa ser feita antes das outras etapas, depende de verba da prefeitura no valor de R$ 80 mil, e não tem previsão para começar.Leia mais:Museu Nacional de Imigração e Colonização de Joinville não tem data para reabrir a visitaçãoPorto Alegre, RSA NotíciaEntenda o projeto de revitalização do Museu de Imigração e ColonizaçãoA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-entenda-o-projeto-de-revitalizacao-do-museu-de-imigracao-e-colonizacao-10535000Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24626648Defesa Civil alerta para risco de alagamentos neste fim de semana em JoinvilleEles podem ser causados por um fenômeno que provoca ondas de até 2,5 metros2018-08-10T17:53:35-03:002018-08-10T17:53:35-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteDefesa Civil alerta para risco de alagamentos neste fim de semana em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24626648Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-defesa-civil-alerta-para-risco-de-alagamentos-neste-fim-de-semana-em-joinville-10534513Defesa Civil alerta para risco de alagamentos neste fim de semana em JoinvilleEles podem ser causados por um fenômeno que provoca ondas de até 2,5 metros2018-08-10T17:53:35-03:002018-08-10T17:53:35-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Defesa Civil de Joinville, com base no sistema meteorológico do Governo de Santa Catarina, alerta do risco de alagamentos no município devido à influência da maré alta.O alerta vale para sábado (11) e domingo (12). O fenômeno é devido à influência da chamada maré viva (maré de sizígia) combinada com ventos do quadrante Sudoeste e Sul que provocam empilhamento da água marinha na costa que provocam ondas de 2 a 2,5 metros.Em Joinville os horários mais críticos de observação, alerta e atenção às 3h36 e 16h24 de sábado e às 4h21, 11h19 e 17h08 de domingo. A tábua de marés está disponível no site da Prefeitura de JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaDefesa Civil alerta para risco de alagamentos neste fim de semana em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-defesa-civil-alerta-para-risco-de-alagamentos-neste-fim-de-semana-em-joinville-10534513Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24623577Projeto de lei quer regulamentar escritórios virtuais em JoinvilleTexto foi aprovado em primeira votação e deve passar pela segunda nos próximos dias2018-08-09T17:01:50-03:002018-08-09T17:01:50-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteProjeto de lei quer regulamentar escritórios virtuais em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24623577Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-projeto-de-lei-quer-regulamentar-escritorios-virtuais-em-joinville-10532861Projeto de lei quer regulamentar escritórios virtuais em JoinvilleTexto foi aprovado em primeira votação e deve passar pela segunda nos próximos dias2018-08-09T17:01:50-03:002018-08-09T17:01:50-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Câmara de Vereadores aprovou, em primeiro turno, um projeto de lei que busca regulamentar a atuação dos escritórios virtuais em Joinville. Esses espaços podem ser compartilhados por pequenas e médias empresas, trabalhadores autônomos e profissionais liberais. O texto ainda deve passar por uma segunda votação nos próximos dias, antes de seguir para a sanção do prefeito.Os escritórios virtuais podem servir como endereço fiscal - para registro de CNPJ, por exemplo - ou comercial - para atendimento em nome da empresa ou recebimento de correspondência - mesmo que o trabalho não seja efetivamente realizado no local. Além disso, eles podem ser alugados para coworking - quando um espaço de trabalho é dividido por profissionais de diferentes áreas e empresas.O projeto de lei foi apresentado pelo vereador Jaime Evaristo (PSC) e estava em tramitação desde o ano passado. Segundo a justificativa do parlamentar presente no projeto, os escritórios virtuais não têm uma lei federal ou estadual específica que regulamente esse tipo de serviço. A regulamentação prevê regras para os escritórios e usuários.Um dos artigos do projeto aponta a necessidade do escritório ter uma procuração com "plenos poderes para receber, em nome dos usuários, notificações, intimações, citações judiciais e extrajudiciais, entre outras". Segundo o proprietário de um espaço de coworking de Joinville, Felipe Nunes Silveira, esse é um dos motivos pelos quais ele e outros donos de escritórios virtuais da cidade são contra o projeto.— O escritório virtual não pode ser responsabilizado pelas obrigações pessoais de seus usuários, e uma lei municipal não tem competência para modificar isso. Acabaria matando o negócio — afirma.Ele também diz que esses espaços hoje já precisam de alvará de localização e escrituração fiscal, como qualquer outra empresa. Segundo Felipe, essa regulamentação apenas prejudicaria o setor.De acordo com o site Coworking Brasil, que reúne e divulga informações sobre o mercado do setor no País, atualmente existem 11 empresas de coworking na cidade. A Associação Nacional de Coworkings e Escritórios Virtuais (Ancev) tem em Santa Catarina um total de 11 empresas associadas, sendo uma de Joinville. São 115 as empresas ligadas à entidade no país.Porto Alegre, RSA NotíciaProjeto de lei quer regulamentar escritórios virtuais em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-projeto-de-lei-quer-regulamentar-escritorios-virtuais-em-joinville-10532861Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24624057Festival Aldeia de Todos os Cantos oferece shows e oficinas gratuitos em JoinvilleEvento ocorre em 11 e 12 de agosto, na unidade central do Sesc  2018-08-09T14:36:07-03:002018-08-09T14:36:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSArquivo PessoalFestival Aldeia de Todos os Cantos oferece shows e oficinas gratuitos em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24624057Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-festival-aldeia-de-todos-os-cantos-oferece-shows-e-oficinas-gratuitos-em-joinville-10532798Festival Aldeia de Todos os Cantos oferece shows e oficinas gratuitos em JoinvilleEvento ocorre em 11 e 12 de agosto, na unidade central do Sesc  2018-08-09T14:36:07-03:002018-08-09T14:36:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brNeste fim de semana ocorre a 4ª edição do Festival Aldeia de todos os Cantos em Joinville, com dois dias recheados de programações culturais, vivências e diálogos com as manifestações populares da Baía da Babitonga. O evento será focado em algumas das comunidades indígenas, negras e açorianas que se encontram no entorno da Baia Babitonga, das cidades de São Francisco do Sul (Coral Indígena), Joinville (Afoxé e Maracatu), Araquari (Terno de Reis e Dança São Gonçalo) e Balneário Barra do Sul (Coral da Fundação Cultural com Boi de Mamão). Toda a programação é gratuita. O festival inicia com uma feira que receberá artesanato indígena-guarani e açoriano, com acessórios influenciados pela cultura afro-brasileira e alimentos da terra. À tarde, também serão apresentados 15 jogos com foco na cultura brasileira (O Jogo da História), por meio dos jogos da herança africana e da ancestralidade dos povos nativos das culturas tupi-guarani com o educador e escritor Jorge Hoffman. O festival ainda irá oferecer oficinas de música e dança relacionadas às manifestações locais. Também haverá rodas de conversa com membros de aldeias Guarani e comunidades negras da região, com o propósito de apresentar a forma de vida, valores, e cultura destas comunidades. No início da noite se iniciam as apresentações musicais, que contarão com cortejo e shows no teatro do Sesc, apresentando os grupos tradicionais que irão compartilhar o palco com apresentações de artistas atuais cujas obras são influenciadas pela cultura popular.O Festival Aldeia de todos os cantos, teve sua primeira edição em 2013 na cidade de Joinville, idealizado e realizado por Ana Paula da Silva. O evento contou com inúmeros shows, oficinas e encontros musicais e foi realizado por três anos consecutivos. Em 2018, o Festival Aldeia de todos os Cantos retorna para prestigiar, apresentar e salvaguardar a cultura da Babitonga. Uma grande oportunidade de (re)conhecer, experimentar, conviver e se conscientizar da importância destas comunidades para nossa região e honrar suas manifestações que tanto nos influenciam e nos remetem ao povo Brasileiro.Este encontro é resultado do trabalho realizado em 2017 pelo projeto Babitonga Ativa/UNIVILLE, que visa, entre outros temas, valorizar o patrimônio cultural material e imaterial que envolve a baía. Quem assina a produção cultural é a Crioula Brasil Produções (que tem como responsável a produtora, compositora e cantora joinvillense Ana Paula da Silva) em parceria com o Projeto Babitonga Ativa/Univille.Festival Aldeia de Todos os Cantos IV Edição Cultura PopularLocal: SESC Joinville, Rua: Itaiópolis, 470 - AméricaHorários:Feira: 15hO Jogo da História: 16h30 (Adulto e Infantil)Oficinas de música e de dança: 16h30 (capacidade limitada a 30 pessoas)Roda de Conversa: 17:00Cortejo: 19hShows: 20hOficinas:O Jogo da História: Jorge Luiz Hofmman. Oficina de Dança: Ana Lucia Martins. Oficina de Música: Rodrigo Gudin Paiva. Diálogo Indígena: Caciques Ronaldo Karai Tukumbó, Nailza Ywai Silva, Ademilson Whera Moreira.Antropóloga: Viviane Vasconcelos. Diálogo sobre as Comunidades Negras:Dilney Cunha, Alessandra Bernardino.Cortejos:Grupo AfoxéBaque MulherShows:Natália Pereira (Vem ver nosso Boi Brincar) e Sarau Afro-açoriano.Grupos de Araquari (Anúncio), Barra do Sul (Coral da Casa da Cultura),Aldeia Morro Alto (Coral Infantil Guarani).Porto Alegre, RSA NotíciaFestival Aldeia de Todos os Cantos oferece shows e oficinas gratuitos em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-festival-aldeia-de-todos-os-cantos-oferece-shows-e-oficinas-gratuitos-em-joinville-10532798Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24623577Câmara aprova projeto que obriga comemoração de dia dos Pais e das Mães em escolas e CEIs de JoinvilleProjeto gerou polêmica e precisará ser sancionado pelo prefeito para entrar em vigor2018-08-09T09:01:48-03:002018-08-09T09:01:48-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteCâmara aprova projeto que obriga comemoração de dia dos Pais e das Mães em escolas e CEIs de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24623577Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-camara-aprova-projeto-que-obriga-comemoracao-de-dia-dos-pais-e-das-maes-em-escolas-e-ceis-de-joinville-10532607Câmara aprova projeto que obriga comemoração de dia dos Pais e das Mães em escolas e CEIs de JoinvilleProjeto gerou polêmica e precisará ser sancionado pelo prefeito para entrar em vigor2018-08-09T09:01:48-03:002018-08-09T09:01:48-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Câmara de Vereadores aprovou na sessão desta quarta-feira, por unanimidade, o projeto de lei que institui os dias dos Pais, no próximo domingo, e das Mães, em maio, no calendário oficial de Joinville. As escolas e os Centros de Educação Infantis (CEIs) municipais também ficam obrigados a ter comemoração dessas datas . Cabe à Prefeitura organizar os eventos nas escolas, conforme o texto, que ainda precisa da sanção do prefeito para virar lei.A proposta de Jaime Evaristo (PSC), votada em regime de prioridade, recebeu pareceres favoráveis durante a tarde de quarta-feira nas comissões de Educação e Cidadania e, na última segunda-feira, em Legislação.A consultoria da Câmara de Vereadores, embora não tenha elaborado parecer sobre a proposta, sugeriu aos vereadores a rejeição do projeto pela interferência direta na organização administrativa do Poder Executivo, o que feriria o preceito constitucional de separação dos poderes.Relator do texto na comissão de Legislação, Maurício Peixer (PR), no entanto, defendeu a proposta, por entender que em casos como esse, em que não há regras estabelecidas pelo Executivo, como um decreto, os vereadores devem tomar as medidas que julgarem necessárias.— Nós, que somos representantes de parcela significativa da população, temos o direito de fazê-lo — disse.Evaristo disse que foi procurado por pais que discordavam da substituição do Dia dos Mães, em maio, pelo Dia da Família, em CEIs do município. O vereador ressaltou, no entanto, que não é contra a última data, e até apresentou um projeto de lei chamado Dia da Família na Escola.— Não somos contra mais comemorações, mas não podemos excluir essas duas comemorações, [dos dias dos] Pais e Mães, isso não aceitamos — afirmou.Convidada a dar explicações, em junho, a secretária-executiva da Secretaria de Educação Sonia Fachini disse às comissões que as escolas e CEIs tinham autonomia para escolher as comemorações, e que não houve orientação para a troca do Dia das Mães pelo Dia da Família.AudiênciaNo último dia 12, cerca de 150 pessoas participaram de audiência pública sobre a ideia. A maioria dos professores no plenário se posicionou contra. O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) pediu a retirada da proposta por considerá-la um “ato de discriminação a outros tipos de família, como as formadas por avôs e avós ou por casais homoafetivos”.Na mesma reunião, por outro lado, o representante da Frente em Defesa da Família Cristã, pastor Cléber Cabral Siedschlag, disse que os pais não foram consultados, e que há uma “agenda ideológica [de movimentos sociais] que manipulam” as decisões nas escolas. Ele não disse quais eram os movimentos. Um casal afirmou que a filha de 5 anos chorou ao contar que no CEI em que ela estuda não haveria comemoração do Dia das Mães.Porto Alegre, RSA NotíciaCâmara aprova projeto que obriga comemoração de dia dos Pais e das Mães em escolas e CEIs de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-camara-aprova-projeto-que-obriga-comemoracao-de-dia-dos-pais-e-das-maes-em-escolas-e-ceis-de-joinville-10532607Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24622312 Complexo Ulysses Guimarães é concluído após 13 anos em JoinvilleCom inauguração dos novos leitos no Hospital São José, obra do complexo está finalizada2018-08-09T07:15:00-03:002018-08-09T07:15:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo Duarte Complexo Ulysses Guimarães é concluído após 13 anos em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24622312Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-complexo-ulysses-guimaraes-e-concluido-apos-13-anos-em-joinville-10531980 Complexo Ulysses Guimarães é concluído após 13 anos em JoinvilleCom inauguração dos novos leitos no Hospital São José, obra do complexo está finalizada2018-08-09T07:15:00-03:002018-08-09T07:15:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA inauguração nesta quinta-feira das novas unidades de tratamento intensivo e de queimados no Hospital São José também marcam a conclusão das obras no Complexo de Emergência Ulysses Guimarães, que foi construído há 13 anos e ainda não havia sido finalizado. O complexo fica ao lado do prédio central do hospital.Ele foi idealizado no governo de Luiz Henrique da Silveira, mas as obras começaram quando Marco Tebaldi era prefeito. O primeiro prazo para conclusão era maio de 2006, mas o complexo começou a funcionar, parcialmente, apenas em 2008.Além da falta de recursos para conclusão total, à medida que o tempo foi passando houve uma série de mudanças legais que obrigaram a Prefeitura a refazer projetos, readequar espaços e prever novas instalações. Apenas agora, depois de 13 anos, toda a estrutura será finalizada.Hoje funcionam no local o centro cirúrgico, a central de material esterilizado, o pronto-socorro, a unidade de AVC, o heliponto e agora as novas unidades de UTI e queimados. Apenas não concentra as alas de internação do hospital.Com a transferência dos novos leitos para o Complexo Ulysses Guimarães, as salas antes usadas pelas UTIs e unidade de queimados serão usadas como suporte para a revitalização interna de outros setores, que começa até o final do ano.Porto Alegre, RSA Notícia Complexo Ulysses Guimarães é concluído após 13 anos em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-complexo-ulysses-guimaraes-e-concluido-apos-13-anos-em-joinville-10531980Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24622311Hospital São José inaugura novos leitos de UTI em JoinvilleNúmero de vagas para a unidade de tratamento intensivo vai passar de 14 para 302018-08-09T07:00:00-03:002018-08-09T07:00:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteHospital São José inaugura novos leitos de UTI em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24622311Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-hospital-sao-jose-inaugura-novos-leitos-de-uti-em-joinville-10531979Hospital São José inaugura novos leitos de UTI em JoinvilleNúmero de vagas para a unidade de tratamento intensivo vai passar de 14 para 302018-08-09T07:00:00-03:002018-08-09T07:00:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO Hospital Municipal São José inaugura nesta quinta-feira 16 novos leitos de unidade de tratamento intensivo (UTI) e seis leitos da unidade de tratamento de queimados (UTQ). A cobrança por mais vagas na unidade é antiga e com as novas instalações o objetivo do município é atender com mais qualidade a grande demanda de pacientes. Os novos espaços começarão a ser usados a partir da próxima semana.Atualmente, o hospital conta com 14 leitos de UTI em um espaço de 296 metros quadrados. Com o incremento no número de vagas, a área dedicada ao tratamento intensivo vai triplicar. No tratamento de queimados, hoje existe um quarto de 93 metros quadrados com dois leitos habilitados para tratamento de queimados. A nova unidade será quatro vezes maior. Os dois espaços também são equipados com recursos tecnológicos e científicos de última geração. No piso superior à ala de UTIs ainda existe um espaço para ensino que poderá ser usada pelos residentes do hospital. Os novos leitos de tratamento intensivo e de queimados poderão receber pacientes críticos em ambientes individuais de acordo com a gravidade, faixa etária, patologia e requisitos de privacidade. Segundo o secretário de saúde Jean Rodrigues da Silva, a ampliação não criará uma situação de conforto para o município, mas vai ajustar a oferta de leitos com a demanda.— Eu considero que após a entrega dos 16 leitos mais os 20 que serão feitos no Hospital Regional a situação vai se acalmar mais pelos próximos cinco anos — aponta.Novos profissionais também devem começar a trabalhar nas novas unidades. O hospital recebeu o reforço de oito enfermeiros, seis fisioterapeutas, sete médicos e 21 técnicos de enfermagem. Eles estão em treinamento em outras áreas da unidade, mas também vão trabalhar nos espaços inaugurados nesta quinta-feira.A Prefeitura fez um investimento de R$ 2,8 milhões nas obras e o Governo do Estado repassou R$ 17 milhões para a compra de equipamentos. O projeto das novas unidades foi feito em 2013, mas a licitação foi lançada apenas três anos depois por falta de recursos.Porto Alegre, RSA NotíciaHospital São José inaugura novos leitos de UTI em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-hospital-sao-jose-inaugura-novos-leitos-de-uti-em-joinville-10531979Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24622425Tigre abre vagas para cursos gratuitos de instalações hidráulicas e elétricas prediaisAs aulas começam em 13 de agosto e tem como foco preparar para o mercado de trabalho2018-08-08T16:49:37-03:002018-08-08T16:49:37-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSLeo MunhozTigre abre vagas para cursos gratuitos de instalações hidráulicas e elétricas prediaisA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24622425Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-tigre-abre-vagas-para-cursos-gratuitos-de-instalacoes-hidraulicas-e-eletricas-prediais-10532033Tigre abre vagas para cursos gratuitos de instalações hidráulicas e elétricas prediaisAs aulas começam em 13 de agosto e tem como foco preparar para o mercado de trabalho2018-08-08T16:49:37-03:002018-08-08T16:49:37-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Tigre abriu inscrições para o Curso de Instalações Hidráulicas e Elétricas Prediais, em Joinville (SC). As aulas serão realizadas entre os dias 13 de agosto e 2 de outubro, no Centro de Treinamento João Hansen Junior, na rua Ottokar Doerffel, nº 1.112, no bairro Atiradores. Oferecidos de forma totalmente gratuita, os cursos visam capacitar homens e mulheres para que possam ingressar no mercado de trabalho. Toda a estrutura (linguagem, ilustrações, metodologia e problemas abordados) foi desenvolvida pensando nos principais problemas relacionados à instalação e manutenção hidráulica e elétrica.Os treinamentos acontecerão no período da tarde, entre os dias 13/08 e 20/09, das 13h45 às 17h; e de noite, de 13/08 a 02/10, das 18h45 às 22h. Entre os tópicos abordados na capacitação hidráulica estão: ofício do instalador; instalação predial de água fria, água quente, esgoto; dimensionamento de tubulações; interpretação de projetos, uso do escalímetro, principais ferramentas do ofício; normatização, drenagem e águas pluviais. Já para instalação elétrica, serão discutidos temas como: normas de instalação; dimensionamento de cabos; esquemas de instalações elétricas; leitura de projetos; ligações simples, paralela e intermediária; quadro de distribuição entre outros. Os cursos contam com aulas práticas e, ao final, os alunos receberão um certificado de formação. As inscrições devem ser feitas pelos telefones (47) 3441-5641 e (47) 98452-7464 (Whatsapp) ou pelo e-mail jose.araujo@tigre.com. Os interessados precisam ter idade mínima de 15 anos e devem informar número de CPF, telefone e e-mail de contato.Porto Alegre, RSA NotíciaTigre abre vagas para cursos gratuitos de instalações hidráulicas e elétricas prediaisA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-tigre-abre-vagas-para-cursos-gratuitos-de-instalacoes-hidraulicas-e-eletricas-prediais-10532033Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24621891Começa nesta quarta-feira o 15º Festival Gastronômico de JoinvilleConheça quais os restaurantes que participam do evento e os cardápios oferecidos2018-08-08T11:19:09-03:002018-08-08T11:19:09-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSMaiara LuizeComeça nesta quarta-feira o 15º Festival Gastronômico de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24621891Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-comeca-nesta-quarta-feira-o-15-festival-gastronomico-de-joinville-10531402Começa nesta quarta-feira o 15º Festival Gastronômico de JoinvilleConheça quais os restaurantes que participam do evento e os cardápios oferecidos2018-08-08T11:19:09-03:002018-08-08T11:19:09-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brComeça hoje em Joinville o 15º Festival Gastronômico - Edição Inverno 2018, que vai movimentar 20 restaurantes da cidade até o dia 29 de agosto. A promoção é da Câmara Setorial de Gastronomia e Entretenimento da CDL Joinville.Com o mote'Todo mundo vai curtir o nosso espetáculo', joinvilenses e visitantes podem esperar delícias surpreendentes durante os 22 dias do evento com entradas, pratos principais e sobremesas que vão dar água na boca.Esta edição do festival volta a oferecer dois pratos principais a preços diferentes. O cliente terá disponíveis uma entrada, um prato principal entre as duas opções e uma sobremesa. Com a opção 1 do prato principal, o menu custará R$ 45; com a opção 2, R$ 56.Com mais esta edição, os restaurantes querem oferecer novamente uma experiência gastronômica completa e inesquecível, destaca o coorde- nador da Câmara Setorial de Gastronomia, Tomé de Souza.Foto: Maiara Luize / divulgaçãoConheça a lista de restaurantes e os cardápiosADEGA DON MAXIMILIANO	EntradaCogumelos recheados com alho poró e caneloni de pupunha com camarão ao curry.	Prato R$ 45Nhoque de batata doce roxa ao molho funghi e mignon.	Prato R$ 56Filé de pirarucu, molho de leite de coco e castanhas do Brasil, guarnecidos de arroz negro e brunoise de legumes.	SobremesaBanana flambada em cachaça com mousse e chips de banana.Horário de funcionamento	De segunda a sábado das 19 às 23hBARÃO - CHOPP, COZINHA E CONVERSA	EntradaCreme tailandês de abóbora com carne seca.	Prato R$ 45Ballotine de frango, acompanhado de arroz de coco e legumes confitados.	Prato R$ 56Mignon ao molho de queijos fundidos e coulis de damasco, acompanha espaguete de pupunha.	SobremesaMil folhas de Nutella com morangos e merengue.	HorárioDe terça a domingo das 11h30 às 23h30BIERGARTEN	EntradaBrusqueta de salmão gravilax com dill e cream cheese.	Prato R$ 45Fraldinha assada ao molho zeit com cebolas, mil folhas de mandioquinha e farofa de shitake.	Prato R$ 56Congrio grelhado ao molho putanesca e polenta cremosa.	 SobremesaMousse tradicional francesa com um toque de café.	HoráriosDe segunda a quinta das 18 às 00h e sexta e sábado 18 às 01hCANTINA BORGONOVO	EntradaPequenos bolinhos de risoto Italiano de linguiça Blumenau à milanesa, sobre molho de tomate clássico e manjericão picado.	 Prato R$ 45Massa de sua escolha ao clássico molho matriciana, feito com pomodori pelati italiano, bacon em cubos, cebola e cobertos com lascas de salmão.	Prato R$ 56Massa de sua escolha ao tradicional molho quatro queijos sobre fino filé mignom grelhado na manteiga e salsa verde.	 SobremesaFatia de bolo em rolo da nonna recheado com Nutella sobre cama de creme de baunilha e raspas de chocolate.HorárioSegunda a Sexta – 11h30 às 14hTerça a Sabado – 18h30 às 23hSábado e Domingo – 11h30 às 15hBOTEQUIM BARÃOEntradaDadinhos de tapioca e queijo coalho servidos com pesto de salsinha e geléia agridoce.	Prato R$ 45Filé de peixe branco grelhado e coberto com amêndoas laminadas e salteadas no azeite de oliva extra virgem, acompanha risoto de legumes e batata sauté.	Prato R$ 56Picanha grelhada guarnecida de farofa de três farinhas com bacon e castanhas brasileiras, e fettuccine puxado na manteiga de garrafa com ervas finas.	SobremesaBrownie de doce de leite e nozes, calda de caramelo salgado aromatizado com whisky e sorvete de creme.	HorárioDe segunda a sexta das 17h às 23h30 e aos sábados das 11h30 às 23h30DIDGE STEAKHOUSE PUB	EntradaBolinho de mandioca recheados com massa macia e suculenta costela suína, acompanhado de molho barbecue.	 Prato R$ 45Meio da asa de frango, servido com molho Uluru, purê de batatas e nossa deliciosa Didge Salad.	Prato R$ 56Medalhão de mignon com o clássico molho madeira a base de vinho do porto e cogumelos paris. Acompanha musseline de batata rosa defumado.	SobremesaPetit gateau em uma versão crocante e deliciosa de Ovomaltine acompanhado de sorvete de creme. 	HorárioTodos os dias à partir das 18hGIUSEPPE PIZZARIA E RESTAURANTE	EntradaRolinho de massa de pizza recheado com mussarela de bufalo, tomate cereja e manjericão, finalizada com pesto de azeitonas pretas.	Prato R$ 45Pizza elaborada com molho de tomate San Marzano, fina camada de mussarela, linguiça artesanal defumada e radichio italiano.	Prato R$ 56Conchiglione de figo e nozes ao creme de gorgonzola e grana padano.	SobremesaPanacota com cullie de frutas vermelhas.	HorárioDe terça a domingo das 18h30 às 23h30GUACAMOLE CUCINA MEXICANA	EntradaTortilla chips coberta com tartar de abacate e camarão, flambado na tequila.	Prato R$ 45Tortillas de trigo tostadas na chapa, recheadas com queijos misto, deliciosa costelinha suína defumada e molho barbacoa com chipotle, acompanhado dos molhos Guacamole, sour e pico de gallo. 	Prato R$ 56Dois clássicos mexicanos em apenas um prato: quesadilla tex-mex com tortillas de trigo tostadas na chapa, recheadas com queijos misto, deliciosa costelinha suína defumada e molho barbacoa com chipotle; e nachosrancheiro, chips, frango em cubos, frijolis, milho, azeitonas e creme picante.	 SobremesaVerrine de doce de leite e creme de abacate com churros crocantes.	HorárioTodos os dias a partir das 18h.HOLZ HOTEL	EntradaMousseline de cenoura com coco e massa folhada.	Prato R$ 45Filé de merluza empanado na farofa crocante húngara do chef, crispy de bacon, arroz com brócolis e tomate assado com queijo e alecrim.	Prato R$ 56Nhoque artesanal de batata ao molho vermelho com gengibre e manjericão levemente picante acompanhados de farofa de grãos e medalhão de mignon com crispy de couve e flores comestíveis para decorar. SobremesaPanqueca de cacau 50% meio amargo recheada com ganache de chocolate ao leite e banana caramelizada. Acompanha sorvete de creme com farofa de grãos crocante e hortelã.	HorárioDe domingo a domingo no jantar das 19h às 22h HÔSU SUSHI 	EntradaSalmão e shimeji servidos em trouxa de papel alumínio.Prato R$ 45Tradicional lamén japonês, servido com massa especial, ovos, carne de porco e especiarias japonesas.	Prato R$ 56Purê de batata salsa com tilápia grelhada e alho poró acompanhada de ervilha torta.	SobremesaHarumaki de banoffee servido com sorvete de creme.	HorárioTerça a domingo, das 18 às 23 horasKIBS COZINHA ARABE	EntradaSalada de alface americana, rúcula, tomate cereja, chancliche (queijo árabe) e temperos típicos.	Prato R$ 45Espaguete cozido no labne (coalhada), servido com frango e amêndoas laminadas.	Prato R$ 56Risoto de açafrão com ragu de cordeiro e temperos típicos árabes.	SobremesaDoce de semolina e amêndoas regadas com água de flor de laranjeira.	HorárioSegunda a sábado a partir das 18:00hNHAC TEMAKI COZINHA ORIENTAL	EntradaLâminas de barriga de salmão regadas com azeite trufado, queijo coalho em cubos selados com maçarico e finalizados com geléia de pimenta.	Prato R$ 45Macarrão lámen com caldo a base de carne suína, ovo, broto feijão e especiarias orientais. 	Prato R$ 56Lula grelhada e recheada com salmão e cogumelos shimeji em cama de arroz negro.	SobremesaÉclair com chantilly de Nutella, morangos e amêndoas.	HorárioTerça a domingo, das 18 às 23h30O FORNÃO RESTAURANTE E PIZZARIA	EntradaSalada de rúcula com crispy de bacon e redução de aceto balsamico.Salada de rúcula com crispy de bacon e redução de aceto balsamico.Prato R$ 45Medalhão de mignon grelhado ao molho de vinho do porto e gratan de batata.Prato R$ 56Fettuccine verde ao molho rosé com camarões e champignon paris.SobremesaTorta mousse de chocolate com chantilly ao lemoncello.	HorárioTerça a sexta das 11h as 14h e das 18h30 as 0h. Sábados e domingos das 11h as 0h.PEDRINNI RESTAURANTE	EntradaCreme a base de camarão, requeijão, molho inglês e especiarias. Levemente gratinado e servido finamente em uma concha que remete as boas lembranças e delícias do mar.Prato R$ 45Delicioso bobó de camarão acrescido de caponata, vieiras, vôngoles e mariscos grelhados.	Prato R$ 56Congrio grelhado sobre leito de batata doce assada, regado ao molho beurre blanc e redução de molho balsâmico, guarnecido e decorado de mini hortaliças e chips de beterraba.	 SobremesaMassa crocante recheada com creme de confeiteiro, chocolate e macadâmia, coberto por lascas de chocolate meio amargo e decorado com um toque especial de morango.	HorárioDe terça a sábado das 11h30 às 14h e das 18h30 às 23h00PEIA CHOPP E GRILL	EntradaEscondidinho de batata salsa com iscas de filé mignon e queijo gratinado, acompanha pimenta da casa.	Prato R$ 45Nhoque caseiro com ragú de carne bovina cozida lentamente.	Prato R$ 56Bisteca suína recheada com bacon, alho poró, queijo colonial de tomate seco. Acompanha mousseline de aipim e molho a base de laranja e mostarda Dijon.	 SobremesaCalda quente de doce de leite caseiro com mini sonho.	HorárioDe segunda a sábado das 17h às 23hPIZZA NA PEDRA	EntradaCreme de palmito com crisps de presunto tipo parma e croutons de massa de pizza.	Prato R$ 45Filé de peito de frango a cordon bleu com massa ao molho bechamel de provolone, confit de tomate cereja com azeite trufado e manjericão fresco.	Prato R$ 56Filé bovino a cordon bleu com massa ao molho bechamel de provolone e confit de tomate cereja com azeite trufado e manjericão fresco.	SobremesaSorvete de chocolate com brigadeiro de paçoca, crocante de torrone e wafer.	HorárioDe terça a domingo das 18h30 às 23h30ROSTI HAUS RESTAURANTE	EntradaDadinho de tapioca acompanhado de molho de nozes e queijo.Prato R$ 45Risoto de carne seca com abóbora, queijo brie e crispies de couve.Prato R$ 56Releitura do tradicional filé Oswaldo Aranha. Mignon ao molho demi-glace, purê de alho poró e chips de batata.SobremesaMaçã ao vinho, servido com sorvete e crumble de castanha e nozes.HorárioDe terça a domingo das 18h às 23h30SLICE PIZZA	EntradaCaponata italiana de berinjela com torradas e mini tábua de frios variados.Prato R$ 45Pizza broto com molho de tomate especial, mussarela, peito de frango temperado e desfiado, requeijão cremoso e batatas ruffles crocantes.Prato R$ 56Calzone de massa fina e crocante, recheado com tiras de mignon, fritas no azeite extra virgem, com alho e cebola e delicioso creme a base de requeijão e queijo roquefort.SobremesaPetit gateau recheado de doce de leite, sorvete de creme, farofa de paçoca e calda de caramelo.HorárioDiariamente a partir das 18h até às 0hTERROIR GASTRONOMIA E EVENTOS	EntradaCreme de pinhão, azeite de trufas e pão crocante com ervas frescas.Prato R$ 45Nhoque de batata doce e capucccino de cogumelos.Prato R$ 56Ragu de costela, polenta branca cremosa, queijo serrano e rúcula baby. SobremesaAbacaxi caramelizado, nata batida e farofa de sementes.HorárioDe segunda a sábado das 19h às 23h30ZUM SCHLAUCH	EntradaPolenta cremosa com ragú de cogumelos.Prato R$ 45Spaghetti Nero di Seppia, servido com camarões, lula e tomates confitados.	Prato R$ 56Stinco de cordeiro assado longamente em forno baixo, servido com purê de batata salsa.SobremesaMil folhas de doce de leite com calda de maracujá.Mil folhas de doce de leite com calda de maracujá.HoráriosDe segunda à sábado das 18h às 01hFoto: Maiara Luize / divulgaçãoPorto Alegre, RSA NotíciaComeça nesta quarta-feira o 15º Festival Gastronômico de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-comeca-nesta-quarta-feira-o-15-festival-gastronomico-de-joinville-10531402Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24620166Cinco pessoas são indiciadas por sequestro de helicóptero que caiu em JoinvilleAeronave foi sequestrada e seria usada para resgatar um preso na Penitenciária Industrial2018-08-08T06:00:38-03:002018-08-08T06:00:38-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteCinco pessoas são indiciadas por sequestro de helicóptero que caiu em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24620166Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-cinco-pessoas-sao-indiciadas-por-sequestro-de-helicoptero-que-caiu-em-joinville-10529876Cinco pessoas são indiciadas por sequestro de helicóptero que caiu em JoinvilleAeronave foi sequestrada e seria usada para resgatar um preso na Penitenciária Industrial2018-08-08T06:00:38-03:002018-08-08T06:00:38-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brCinco pessoas foram indiciadas pelo sequestro de um helicóptero que caiu em 8 de março deste ano na zona Sul de Joinville. Eles são acusados pela Polícia Federal (PF) de ter planejado ou participado do crime.Os indiciados são Bruna Talita Iastrenski, Creuzinei Artmann Cunha e Roni Telmo Teixeira, que teriam ajudado a planejar o resgate de Paulo Henrique Artmann dos Santos (o Calango), preso por tráfico de drogas na Penitenciária Industrial de Joinville.Eles teriam participação na ocultação de provas, falsificação de documentos, planejamento e apoio à tentativa de libertação do detento. Segundo a Polícia Federal, todos eles têm ligação familiar ou de amizade com Paulo Henrique. Ele também foi denunciado, assim como Daniel da Silva (único sobrevivente da queda).A investigação apontou que Paulo Henrique contratou Daniel e Ivan Alexssander Zurman Ferreira (morto no acidente) para resgatá-lo na penitenciária. A dupla foi até Penha, onde contratou um voo panorâmico para Joinville usando a desculpa de sobrevoar um terreno.— Eles fariam com que o piloto pairasse sobre a penitenciária e, por meio de uma corda e uma cadeira de alpinista, fariam o içamento do Paulo Henrique. Ele seria levado até um local próximo, onde uma outra equipe o levaria para um esconderijo — descreve o delegado da Polícia Federal, Cristian Juliano Cardoso.Foto: Salmo Duarte / A NotíciaEm depoimento à PF, Daniel disse que estava apenas acompanhando Ivan. O sobrevivente ainda teria dito que o sequestro foi anunciado ao piloto Antônio Mário Franco Aguiar e ao auxiliar Bruno Siqueira apenas em Joinville.De acordo com o depoimento, houve uma luta dentro da aeronave entre os três mortos no acidente e que resultou em um disparo de arma de fogo, que não atingiu ninguém. Duas armas foram encontradas no local da queda: um revólver com a numeração apagada e uma pistola fabricada no Brasil, que havia sido exportada para as Forças Armadas do Paraguai. A suspeita é de que ela foi extraviada em algum momento e acabou parando na posse de alguém que estava dentro do helicóptero.O delegado da PF disse que concluiu o inquérito, mas aguarda a conclusão do laudo do helicóptero que apontará a causa da queda. No entanto, ele afirma que o resultado não muda o rumo das investigações, porém pode ser mais uma prova para o processo.Também há informações de que o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta 2) não recebeu nenhum aviso de sequestro. De acordo com o delegado, mesmo que o piloto tivesse emitido o sinal, o Cindacta não receberia, já que o helicóptero normalmente sobrevoa abaixo da linha do radar.O delegado da PF, Cristian Juliano, informou ainda que o Ministério Público Federal (MPF) acatou a denúncia e os acusados devem passar por audiência de instrução ainda este mês.Leia também:Três pessoas morrem após queda de helicóptero em JoinvilleMorador conta como resgatou o sobrevivente da queda de helicóptero em JoinvilleCâmera de segurança registrou momento da queda do helicóptero em JoinvilleCONTRAPONTODaniel da Silva: segundo o delegado Cristian Juliano Cardoso, o indiciado afirmou, em depoimento, que apenas estava acompanhando Ivan Alexssander Zurman Ferreira durante o voo. Ele ainda detalhou o que ocorreu dentro do helicóptero.Ivan Alexssander Zurman Ferreira: morreu na queda do helicóptero.Bruna Talita Iastrenski, Creuzinei Artmann Cunha, Paulo Henrique Artmann dos Santos e Roni Telmo Teixeira: dois advogados de defesa constam no processo no Tribunal Regional Federal da 4ª Região. A reportagem entrou em contato com o escritório de Albani Bergamini e foi informada de que a advogada não se pronunciará sobre o caso. O escritório não quis nem informar quais são os clientes representados no processo. A reportagem também ligou para o escritório de Alex Blaschke Romito de Almeida, mas ninguém atendeu às tentativas de contato. As ligações foram realizadas entre o final da manhã e tarde de terça-feira.O trajetoA aeronave, de prefixo PR HBB, modelo Bell 206B, da operadora Avalon Táxi Aéreo, que presta serviços de voo panorâmico para o parque Beto Carrero World, foi contratada para um passeio por dois homens. Eles informaram que gostariam de visitar um terreno em Joinville e efetuaram o fretamento do voo. A partida ocorreu em Penha, no Litoral Norte, por volta das 15h20 do dia 8 de março e deveria retornar ao mesmo local em cerca de 50 minutos.A quedaPor volta das 15h45min, a aeronave caiu nas proximidades da Penitenciária de Joinville, no bairro Paranaguamirim, na Zona Sul da cidade. Um vídeo registrou o momento da queda e mostrou que o helicóptero "despencou", explodindo em uma fração de segundos. A derrubada da aeronave aconteceu a cerca de dois quilômetros distante da unidade prisional.Os ocupantesDois funcionários contratados da operadora da aeronave estavam no voo: o piloto, Antônio Mário Franco Aguiar, de 57 anos, e o auxiliar de pista, Bruno Siqueira, de 20. Ambos morreram no local. Bruno trabalhava na Avalon há três meses e costumava a ajudar o piloto e raramente voava com o colega de trabalho.Além deles os contratantes do serviço Daniel da Silva, de 18 anos, e Ivan Alexsander Zurman Ferreira, de 24, também embarcaram. O primeiro sobreviveu e está preso na Penitenciária Industrial. Ele continua na enfermaria com queimaduras no braço, além de ter ficado com sequelas no rosto. Segundo a polícia, Daniel tem passagens por tráfico de drogas.O acesso dos suspeitosAs informações repassadas pela Polícia Federal revelam que no dia do acidente, Daniel e Ivan foram até o posto da empresa, que fica no parque de diversões, e fizeram o fretamento. Foram pagos R$ 3,1 mil em dinheiro. Eles chegaram no local a bordo de um Honda Civic, conduzido por uma terceira pessoa, que não teve a identidade revelada pela polícia.Porto Alegre, RSA NotíciaCinco pessoas são indiciadas por sequestro de helicóptero que caiu em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-cinco-pessoas-sao-indiciadas-por-sequestro-de-helicoptero-que-caiu-em-joinville-10529876Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24619803Rua Benjamin Constant será parcialmente interditada em JoinvilleCompanhia Águas de Joinville fará obras de ampliação da rede de água2018-08-07T10:51:40-03:002018-08-07T10:51:40-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteRua Benjamin Constant será parcialmente interditada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24619803Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-rua-benjamin-constant-sera-parcialmente-interditada-em-joinville-10529730Rua Benjamin Constant será parcialmente interditada em JoinvilleCompanhia Águas de Joinville fará obras de ampliação da rede de água2018-08-07T10:51:40-03:002018-08-07T10:51:40-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Companhia Águas de Joinville informa que, a partir desta quarta-feira (8), a rua Benjamin Constant, entre a Visconde de Mauá e a Fernando Machado, no bairro América, será parcialmente interditada para ampliação da rede de água.A interdição nesse trecho vai até domingo (12). O trânsito em direção a rua João Colin (sentido bairro-centro) vai seguir na contramão. Quem trafega no sentido centro-bairro será desviado pelas Ruas Fernando Machado, General Andrade Neves e Visconde de Mauá.Conforme o avanço da obra, o desvio será alterado. A ação faz parte de uma série de obras de ampliação de rede que vai melhorar um abastecimento na cidade. Com um investimento de R$ 3,6 milhões, serão instalados um total de 14 quilômetros de tubulação em diversos pontos da cidade.Porto Alegre, RSA NotíciaRua Benjamin Constant será parcialmente interditada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-rua-benjamin-constant-sera-parcialmente-interditada-em-joinville-10529730Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24618756Joinville realizou 5º Mamaço nesta segunda-feiraEvento faz parte da Semana Mundial do Aleitamento Materno, que começou em 1º de agosto2018-08-06T18:13:00-03:002018-08-06T18:13:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSCláudia MorriesenJoinville realizou 5º Mamaço nesta segunda-feiraA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24618756Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-joinville-realizou-5-mamaco-nesta-segunda-feira-10529214Joinville realizou 5º Mamaço nesta segunda-feiraEvento faz parte da Semana Mundial do Aleitamento Materno, que começou em 1º de agosto2018-08-06T18:13:00-03:002018-08-06T18:13:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brNa tarde desta segunda-feira, 6 de agosto, Joinville celebrou a beleza e a importância da amamentação com a 5ª edição do Mamaço. O evento é uma reunião inspirada em movimentos internacionais nos quais grupos de mães se encontram em espaços públicos para amamentar seus bebês ao mesmo tempo. O objetivo é desmistificar a atividade, que ainda sofre preconceito e levava mulheres a serem até constrangidas por serem chamadas à atenção enquanto alimentavam seus filhos. Neste ano, o Mamaço ocorreu ao mesmo tempo em que a Jornada de Perinatologia da Maternidade Darcy Vargas. Por isso, as mães tiveram a oportunidade assistir a palestras. Foi, segundo a pediatra Fátima Mucha, uma chance de oferecer instruções ao mesmo tempo em que as mães podiam trocar experiências.Graziela Mota Hahn de Oliveira, 35 anos, que participou do mamaço, ter informação foi fundamental para se preparar para o nascimento de Anthony, de três meses.— Me preparei para o pior. Para sangramentos, para ter fissuras... Mas queria muito amamentar e queria aprender a amamentar — conta ela.Quando Anthony nasceu, não aconteceu "o pior", mas, como outras mães, sentiu dor e demorou alguns dias para o leite descer. Com o apoio do marido, Wagner de Oliveira, Graziela passou por esse momento sem deixar que nenhuma dúvida sobre a importância do aleitamento materno passasse pela mente.— Me enchi de informações e, por isso, estava preparada para não ceder quando me diziam que meu leite era fraco, por exemplo. Me preparei para ele ter o aleitamento como alimento exclusivo até os seis meses, e continuar mamando depois — afirma ela. Leia mais:Mais de 10 mil crianças foram atendidas pelo banco de leite no primeiro semestre em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaJoinville realizou 5º Mamaço nesta segunda-feiraA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-joinville-realizou-5-mamaco-nesta-segunda-feira-10529214Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24618508Joinville quer vacinar 28 mil crianças em campanha contra sarampo e poliomieliteMobilização começou nesta segunda-feira e vai até o dia 31 em todas as unidades de saúde2018-08-06T15:57:00-03:002018-08-06T15:57:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteJoinville quer vacinar 28 mil crianças em campanha contra sarampo e poliomieliteA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24618508Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-joinville-quer-vacinar-28-mil-criancas-em-campanha-contra-sarampo-e-poliomielite-10529108Joinville quer vacinar 28 mil crianças em campanha contra sarampo e poliomieliteMobilização começou nesta segunda-feira e vai até o dia 31 em todas as unidades de saúde2018-08-06T15:57:00-03:002018-08-06T15:57:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA campanha nacional de vacinação contra o sarampo e a poliomielite pretende imunizar 28.747 crianças em Joinville. A mobilização começou nesta segunda-feira e vai até o dia 31 em todas as unidades de saúde do município. O público-alvo são os maiores de um ano e menores de cinco anos de idade que já tenham ou não recebido as doses anteriores.O atendimento acontece no horário de funcionamento de cada unidade de saúde, de segunda a sexta-feira. Para contemplar também as crianças que não podem ser levadas durante a semana, está marcado um dia D da campanha para 18 de agosto. Será um sábado em que haverá vacinação das 8 às 17 horas.Segundo a enfermeira do serviço de imunização do município, Sandrine Teuber, a poliomielite e o sarampo são doenças graves, principalmente, para as crianças. Ela explica que os adultos ficam muito doentes também, mas as crianças tem até o risco de morte quando contraem as doenças. Por isso, a campanha é fundamental para garantir a segurança do público-alvo.— Se a criança já tem as duas doses, os pais devem levar elas novamente para uma dose adicional para garantir a imunização. A doença está de novo batendo na nossa porta — esclarece.Sandrine conta que durante os últimos dois anos o Brasil permaneceu sem nenhum caso de sarampo, ganhando o certificado de território livre da doença. Em Santa Catarina, o último caso foi em 2013. No entanto, neste ano já são 822 casos confirmados no Brasil, com surtos em Roraima e Amazonas, além de casos isolados em estados como Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.De acordo com a enfermeira, a meta de vacinação no ano passado não foi atingida, com menos de 95% do público-alvo imunizado em todo o País. O sarampo se aproveitou dessa baixa cobertura da vacina para se espalhar em alguns ambientes. — O sarampo é altamente transmissível. Em um ambiente em que as pessoas não estão imunizadas, a grande maioria delas vai pegar a doença. Então, teremos casos também em Santa Catarina se não fizermos a nossa parte, que é a vacinação — defende.No caso da outra doença combatida pela campanha, há 29 anos não existe registro de um caso de poliomielite no País. No entanto, houve um caso confirmado em junho na Venezuela e, como tem havido a entrada de imigrantes do país vizinho pelo Norte do Brasil, aumentou a preocupação do Ministério da Saúde.Além disso, o governo federal fez um alerta de que 312 municípios brasileiros estavam com cobertura vacinal muito baixa contra a doença em julho deste ano. A poliomielite é uma doença grave que pode deixar muitas sequelas nas crianças.Leia também:Campanha de vacinação contra sarampo e pólio começa nesta segunda-feiraFoto: Salmo Duarte / A NotíciaSERVIÇOCampanha nacionalEntre 6 e 31 de agosto ocorre a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo, com dia D em 18 de agosto. Toda criança entre um e cinco anos deve ser levada à sala de vacina para receber as doses, independentemente de já ter sido vacinada. Além disso, as doses gratuitas são ofertadas pelo SUS e estão disponíveis o ano inteiro.PERGUNTAS E RESPOSTAS- Quando e onde ocorre a campanha? Entre 6 e 31 de agosto, com o Dia D agendado para 18 de agosto, em postos de saúde de todo o país. No Estado, 1.102 salas de vacinação participam da campanha. - Qual o foco da campanha?Crianças com idade entre 1 ano e 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias). - Crianças que já foram vacinadas anteriormente devem ser levadas aos postos? Sim. Todas as crianças com idade entre um ano e menores de cinco anos devem comparecer aos postos. Quem estiver com o esquema vacinal incompleto receberá as doses necessárias para atualização e quem estiver com o esquema vacinal completo receberá outro reforço. - Há riscos ao tomar doses a mais? Não há riscos. - Alguma das vacinas têm contraindicação? Não, mas crianças com doenças imunossupressoras devem passar por avaliação médica.- Qual a vacina usada contra a pólio? Crianças que nunca foram imunizadas contra a pólio vão receber a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), na forma injetável. Crianças que já receberam uma ou mais doses contra a pólio vão receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), na forma de gotinha. - Qual a vacina usada contra o sarampo? A vacina contra o sarampo usada na campanha é a tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba.- O que levar?A caderneta de vacinação. Mas mesmo quem não tiver o documento deve procurar o posto de saúde para imunização. - Adultos participam da campanha?Não. A campanha tem como foco crianças, mas conforme previsto no Calendário Nacional de Vacinação, adultos com até 29 anos que não tiverem completado o esquema na infância devem receber duas doses da tríplice viral e adultos com idade entre 30 e 49 anos devem receber uma dose da tríplice viral. O adulto que não souber sua situação vacinal deve procurar o posto de saúde mais próximo para tomar as doses previstas para sua faixa etária.Porto Alegre, RSA NotíciaJoinville quer vacinar 28 mil crianças em campanha contra sarampo e poliomieliteA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-joinville-quer-vacinar-28-mil-criancas-em-campanha-contra-sarampo-e-poliomielite-10529108Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24113801Prefeitura divulga novas vagas de emprego em JoinvilleOs salários das ocupações variam de R$ 1.100 a R$ 3 mil, de acordo com a função2018-08-06T14:02:57-03:002018-08-06T14:02:57-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSMarco FaveroPrefeitura divulga novas vagas de emprego em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24113801Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-prefeitura-divulga-novas-vagas-de-emprego-em-joinville-10529038Prefeitura divulga novas vagas de emprego em JoinvilleOs salários das ocupações variam de R$ 1.100 a R$ 3 mil, de acordo com a função2018-08-06T14:02:57-03:002018-08-06T14:02:57-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Prefeitura de Joinville divulgou nesta segunda-feira (6 de agosto), cerca de 30 vagas de emprego disponíveis no Centro Público de Atendimento aos Trabalhadores (Cepat). O Cepat fica na rua Abdon Batista nº 342 Centro. Os salários das ocupações variam de R$ 1.100 até R$ 3 mil, de acordo com a função. Também há vagas exclusivas para pessoas com deficiência física.Confira a lista completa:Porto Alegre, RSA NotíciaPrefeitura divulga novas vagas de emprego em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-prefeitura-divulga-novas-vagas-de-emprego-em-joinville-10529038Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24618073Águas de Joinville vai instalar 14 km de rede de abastecimento em 11 bairros da cidadeTrabalhos começam nesta terça-feira e devem se estender até abril do ano que vem2018-08-06T11:07:51-03:002018-08-06T11:07:51-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaÁguas de Joinville vai instalar 14 km de rede de abastecimento em 11 bairros da cidadeA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24618073Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-aguas-de-joinville-vai-instalar-14-km-de-rede-de-abastecimento-em-11-bairros-da-cidade-10528945Águas de Joinville vai instalar 14 km de rede de abastecimento em 11 bairros da cidadeTrabalhos começam nesta terça-feira e devem se estender até abril do ano que vem2018-08-06T11:07:51-03:002018-08-06T11:07:51-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Companhia Águas de Joinville começa nesta terça-feira as obras de ampliação de rede que vão melhorar o abastecimento na cidade. Com um investimento de R$ 3,6 milhões, serão instalados um total de 14 quilômetros de tubulação. A previsão é de que o trabalho termine em abril do ano que vem.A obra começa na rua Benjamim Constant, no bairro Costa e Silva, nesta terça. Depois, a ampliação da rede acontece em ruas de diversas regiões de Joinville.— A cidade está crescendo, com novas residências e novos empreendimentos. A distribuição de água precisa acompanhar esse desenvolvimento. Assim, garantimos um abastecimento eficiente para a população — fala Viníniu Voltolini, coordenador de obras da Companhia.Veja as ruas que irão receber a ampliação de rede:Benjamim Constant (Costa e Silva)Estrada Piraí (Vila Nova)Estrada do Atalho (Vila Nova)Rua Eva Benta Poleza (Parque Guarani)Rua Limeira (Boa Vista)Rua Prefeito Helmuth Fallgatter (Boa Vista)Rua Gothard Kaesemodel (Anita Garibaldi)Rua Major Navarro Lins (Anita Garibaldi)Rua Ottokar Doerffel (Atiradores)Rua Hermann Lange (Costa e Silva)Rua Robert Wolf (Costa e Silva)Rua Duarte Schuttel (Costa e Silva)Rua João Pessoa (América)Rua Guilherme (Costa e Silva)Rua Mathilde Drefahl (Floresta)Ruas dos Esportistas (Itinga)Rua Francisco Floriano (Paranaguamirim)Rua Alceu Koehntopp (América)Rua Timbó (América)Rua Padre Anchieta (América)Rua Raymundo Welter (Distrito Industrial)Porto Alegre, RSA NotíciaÁguas de Joinville vai instalar 14 km de rede de abastecimento em 11 bairros da cidadeA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-aguas-de-joinville-vai-instalar-14-km-de-rede-de-abastecimento-em-11-bairros-da-cidade-10528945Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24618005Abastecimento de água ainda não foi totalmente normalizado em JoinvilleSegundo Águas de Joinville, algumas regiões ainda podem sentir a diminuição da pressão2018-08-06T10:22:32-03:002018-08-06T10:22:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaAbastecimento de água ainda não foi totalmente normalizado em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24618005Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-abastecimento-de-agua-ainda-nao-foi-totalmente-normalizado-em-joinville-10528919Abastecimento de água ainda não foi totalmente normalizado em JoinvilleSegundo Águas de Joinville, algumas regiões ainda podem sentir a diminuição da pressão2018-08-06T10:22:32-03:002018-08-06T10:22:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO abastecimento de água ainda não está totalmente normalizado nesta segunda-feira após o rompimento da rede na última sexta-feira. A Companhia Águas de Joinville terminou o conserto no fim de semana, mas a região do Costa e Silva e áreas mais altas da zona Sul ainda podem sentir a diminuição da pressão da água.A recomendação da Águas de Joinville é para que, quem não foi abastecido durante a noite de domingo, entre em contato pelo telefone 115 ou pelo site, informando a falta de água e solicitando o abastecimento pelo caminhão-pipa.Na última sexta-feira, 70% da cidade enfrentou problemas de falta de água por causa de dois vazamentos na rede de distribuição. Para que os consertos pudessem ser realizados, a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Cubatão teve de ser paralisada, provocando o desabastecimento.Leia também:Rompimento na rede provoca falta de água em 28 bairros de JoinvilleNovo vazamento deixa 70% da população sem água nesta sexta em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaAbastecimento de água ainda não foi totalmente normalizado em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-abastecimento-de-agua-ainda-nao-foi-totalmente-normalizado-em-joinville-10528919Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24617982Casa abandonada é destruída pelo fogo na zona Sul de JoinvilleIncêndio aconteceu por volta das 22h30 do último domingo2018-08-06T10:08:00-03:002018-08-06T10:08:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoCasa abandonada é destruída pelo fogo na zona Sul de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24617982Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-casa-abandonada-e-destruida-pelo-fogo-na-zona-sul-de-joinville-10528910Casa abandonada é destruída pelo fogo na zona Sul de JoinvilleIncêndio aconteceu por volta das 22h30 do último domingo2018-08-06T10:08:00-03:002018-08-06T10:08:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm incêndio atingiu uma casa abandonada por volta das 22h30 do último domingo na rua Ricardo Eccel, no bairro Boehmerwald, zona Sul de Joinville. A construção ficou totalmente destruída pelo fogo, mas ninguém se feriu.Segundo os Bombeiros Voluntários, foram usados cerca de cinco mil litros de água para apagar as chamas. Ainda não há informações sobre a causa do incêndio.Porto Alegre, RSA NotíciaCasa abandonada é destruída pelo fogo na zona Sul de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-casa-abandonada-e-destruida-pelo-fogo-na-zona-sul-de-joinville-10528910Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24617230Caminhão carregado de telhas tomba e provoca filas  na BR-101, em JoinvilleMaterial ficou espalhado pela pista e filas superaram os 5 quilômetros na tarde deste domingo; Motociclista colidiu contra as telhas que ficaram no asfalto2018-08-05T19:04:43-03:002018-08-05T19:04:43-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPRFCaminhão carregado de telhas tomba e provoca filas  na BR-101, em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24617230Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-caminhao-carregado-de-telhas-tomba-e-provoca-filas-na-br-101-em-joinville-10528488Caminhão carregado de telhas tomba e provoca filas  na BR-101, em JoinvilleMaterial ficou espalhado pela pista e filas superaram os 5 quilômetros na tarde deste domingo; Motociclista colidiu contra as telhas que ficaram no asfalto2018-08-05T19:04:43-03:002018-08-05T19:04:43-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm caminhão carregado de telhas tombou na tarde deste domingo (5) na BR-101, em Joinville. O veículo seguia sentido Norte e tombou ao fazer uma curva no Km 21 da rodovia por volta das duas horas da tarde. A carga caiu sobre os dois sentidos da via e interditou a passagem até por volta das 17h30. Instantes depois um segundo acidente foi registrado no local.No entanto, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trânsito seguiu pelo acostamento até a limpeza total da pista e a remoção do caminhão. O acidente aconteceu próximo do Viaduto Tia Marta e teve atendimento pela Autopista Litoral Sul.O motorista do caminhão teve ferimentos leves. Momentos depois, uma moto que vinha no sentido Sul colidiu com as telhas e se chocou contra defensa metálica. O motociclista e a passageira, que é esposa dele, tiveram várias fraturas, mas, em princípio, não correm risco. A Autopista informou que a fila sentido Curitiba chegou a até 11 quilômetros e, sentido Florianópolis, a cinco quilômetros.Porto Alegre, RSA NotíciaCaminhão carregado de telhas tomba e provoca filas  na BR-101, em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-caminhao-carregado-de-telhas-tomba-e-provoca-filas-na-br-101-em-joinville-10528488Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24615313Santa Catarina é referência nas agrotechs, empresas que criam inovações para a agriculturaAproximadamente 40 empresas de agronegócios no Estado visam o uso de soluções tecnológicas de ponta para auxiliar a produção rural familiar2018-08-04T08:00:39-03:002018-08-04T08:00:39-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteSanta Catarina é referência nas agrotechs, empresas que criam inovações para a agriculturaA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24615313Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-santa-catarina-e-referencia-nas-agrotechs-empresas-que-criam-inovacoes-para-a-agricultura-10527613Santa Catarina é referência nas agrotechs, empresas que criam inovações para a agriculturaAproximadamente 40 empresas de agronegócios no Estado visam o uso de soluções tecnológicas de ponta para auxiliar a produção rural familiar2018-08-04T08:00:39-03:002018-08-04T08:00:39-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brConsolidada como destaque nacional no fomento de empresas ligadas à tecnologia e inovação, Santa Catarina começa a despontar como um dos Estados brasileiros precursores no desenvolvimento de soluções para o agronegócio. Capitaneadas principalmente por iniciativas de Joinville, as Agrotechs – startups voltadas para o setor – ampliam cada vez mais sua presença no Estado com um objetivo claro: atender demandas importantes dos agricultores familiares, que até então não tinham acesso às tecnologias de ponta.Atualmente, são cerca de 40 as empresas emergentes catarinenses com negócios exclusivos voltados à inovação agro em parceria com o Núcleo de Inovação Tecnológica para Agricultura Familiar (NITA), sendo ao menos oito delas localizadas em Joinville. O portal, que foi formalizado no ano passado, é o único no país que integra uma experiência liderada pelo Grupo Banco Mundial – instituição financeira internacional que faz empréstimos a países em desenvolvimento – junto de outros sete lugares no mundo dentro de um modelo pioneiro de parcerias firmadas entre diversas entidades públicas e privadas. O núcleo tem como seu principal objetivo conectar os pequenos produtores com as empresas e suas determinadas tecnologias disponíveis para a área.De modo geral são projetos de modernização sustentáveis que já estão em andamento ou em desenvolvimento, que se inserem no mercado visando o avanço de sistemas que vão desde o ganho de produtividade e eficiência, redução de custos e de mão de obra, diminuição de nocivos ao meio ambiente e contribuição com a manutenção do homem no campo. Entre os exemplos já disponíveis estão equipamentos de tração elétrica, serviços automatizados de irrigação, adubação e controle da plantação e o uso de sensores e imagens em alta definição para a geração de dados.Essa aposta feita na transformação agropecuária expande também a cauda de investimentos feitas pelas empresas emergentes no município para além da indústria e, com isso, atinge um público classificado como “caseiro” com mais de 17,4 mil habitantes e quase 2 mil produtores. Quantidade significativa, já que a cidade comporta a maior população rural de Santa Catarina. Além disso, o próprio Estado possui uma demanda considerada interessante, visto que possui mais de 87% de participação da agricultura familiar dentre os 168 mil estabelecimentos agropecuários estaduais – proporção acima da média nacional, de 84% entre os mais de 4,3 milhões de empreendimentos mapeados pelo último censo agropecuário consolidado do IBGE (2006).Conforme o coordenador do NITA no Estado, Ditmar Alfonso Zimath, a expansão de negócios no ramo vem das empresas que desenvolvem tecnologias e sistemas para o gerenciamento e organização das produções, além do desenvolvimento tecnológico para os serviços de cultivo, estas possuem maior concentração no Litoral e no Norte catarinense.– Joinville é um grande centro de desenvolvimento acadêmico público-privado, em mecatrônica e automação, por exemplo, aliando áreas de conhecimento e sistemas que potencializam o desenvolvimento de tecnologias embarcadas, de imagens por satélite, uso de drones e o desenvolvimento de máquinas e equipamentos autônomos que ajudam a movimentar as inovações no setor – salienta Zimath.Foto: Fator econômico ajuda na ampliaçãoPara Gilmar Jacobowski, agrônomo e consultor do Banco Mundial no NITA, as condições econômicas da agropecuária brasileira diante da recessão também foram determinantes para resultar no aumento das iniciativas de modernização das áreas de cultivo. No ano passado o setor agrícola avançou 13%, considerado o melhor desempenho desde o início da série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 1996. O resultado fez com que a esfera agropecuária fosse responsável por 70% do crescimento econômico do Brasil no ano – de 1% em sua primeira alta registrada depois de passar dois anos no vermelho – evidenciando a importância da área aos olhos dos investidores.– O setor de tecnologia sempre gerou muitos recursos para as indústrias e o comércio, mas com a crise econômica o agronegócio foi o setor que não parou, então as ideias começaram a se voltar para esse campo. Em Joinville nós temos um mix de atividades na agricultura de pequeno porte bastante grande, além de uma indústria metalmecânica e de automação forte. E isso leva, com o que já existe de inteligência e tecnologia instalada e uma juventude de porte maior, a movimentar o pessoal que está inovando e que quer entrar no mercado – destaca o agrônomo e consultor.Leia mais: Conheça tecnologias criadas em Joinville que estão surpreendendo o setor agrícolaPorto Alegre, RSA NotíciaSanta Catarina é referência nas agrotechs, empresas que criam inovações para a agriculturaA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-santa-catarina-e-referencia-nas-agrotechs-empresas-que-criam-inovacoes-para-a-agricultura-10527613Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24615376Conheça tecnologias criadas em Joinville que estão surpreendendo o setor agrícolaUma das empresas precursoras na área é considerada modelo para o Brasil2018-08-04T08:00:39-03:002018-08-04T08:00:39-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteConheça tecnologias criadas em Joinville que estão surpreendendo o setor agrícolaA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24615376Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-conheca-tecnologias-criadas-em-joinville-que-estao-surpreendendo-o-setor-agricola-10527656Conheça tecnologias criadas em Joinville que estão surpreendendo o setor agrícolaUma das empresas precursoras na área é considerada modelo para o Brasil2018-08-04T08:00:39-03:002018-08-04T08:00:39-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Jetbov possui sistema via aplicativo para controle de gado e gestão de propriedades rurais, que já contabiliza mais de R$ 1 bilhão em ativos de fazendas atendidos pela plataforma. Em outra frente se destaca a YAK Tratores Elétricos, startup que há dois anos trabalha em um protótipo de tração elétrica (YAK 348), um dos vencedores do Prêmio Sinapse de Inovação. O produto deve ser lançado oficialmente até o ano que vem e é o único neste modelo no Brasil.De acordo com João André Ozório, um dos sócios do empreendimento, a proposta é entregar ao agricultor de pequeno porte orgânico uma tecnologia barata, capaz de reduzir o impacto ao meio ambiente e ao mesmo tempo, ampliar a produtividade do campo. Com tiragem inicial de cinco unidades para produtores com áreas de cultivo de até cinco hectares, a ideia é de que eles utilizem o mini trator elétrico e validem a proposta, conseguindo duplicar a área de cultivo, sem dobrar os custos. Para chegar a esses resultados, o equipamento conta com tração 100% elétrica e tem capacidade de reduzir até 70% os custos com combustível e manutenção – estimativa de economia de R$ 10 por hora trabalhada.– O mercado de orgânicos cresce na média de 30% ao ano e percebemos que havia um nicho a ser explorado, porque as soluções voltadas ao maquinário para a produção das plantações não estavam sendo bem atendidas. Quem trabalha com esse setor se preocupa com o ciclo completo da produção, então apostamos no desenvolvimento de produtos sustentáveis e de alto benefício para toda a cadeia produtiva. Nesse primeiro trator elétrico, criamos outros elementos como a capinadeira-fogo (substitui a capina química, com agrotóxico, e também a manual); sistema de preparação do solo e sistema de roçadeira – explica Ozório.O protótipo está sendo testado desde o início do ano e deve ser comercializado entre os valores de R$ 25 mil e R$ 32 mil, dependendo das funcionalidades aplicadas no modelo. A estimativa é de que neste e no próximo ano a produção ocorra somente por pré-reserva de até 20 unidades, ao longo dos dois anos, para que haja acompanhamento da adesão da técnica junto aos produtores. A perspectiva é de que o projeto se torne escalonado a partir de 2020, tendo as funcionalidades validadas.Leia mais:Aproximadamente 40 empresas de agronegócios de SC visam o uso de soluções tecnológicas de ponta para auxiliar a produção rural familiarAplicação que gera e demonstra resultadosA Agrotechlink, empresa liderada por Luciano Bueno e Alexsandro Olivo, é um exemplo joinvilense de agricultura e tecnologia conectadas que está ajudando a melhorar a qualidade de vida no meio rural. Eles conseguiram economizar reduzindo os custos da inserção de equipamentos sensoriais nas lavouras com um painel multifuncional via wifi. A inovação aplicada possibilita o acionamento programado de bombas de irrigação, exaustores e aeradores para a piscicultura e sistemas elétricos que conseguem monitorar cada passo do cultivo dentro de abrigos ou estufas.Além disso, o sistema fornece uma série de dados precisos, em tempo real, aos usuários, o que torna possível o controle e a medição dos níveis de temperatura, de umidade e de pressão do ar e do solo envolvidos no processo de produção. Segundo os empresários, os relatórios gerados por estas ferramentas levam o produtor rural a uma cultura mais saudável e com maiores rendimentos, assim como a economia de energia elétrica, de água e de insumos envolvidos na produção. É o que afirma um dos sócios:– Os dados garantem maior assertividade ao produtor durante todo o cultivo. Hoje esse processo é feito pelo feeling dele ou por crenças que vieram do pai, do avô. Então, o que queremos é ajudar a mudar essa realidade. Um dos exemplos práticos que temos é de uma linha de clonagem de plantas em Joinville que tinha entre 40% e 50% de perdas quando colocadas na estufa. Depois com o sistema de aquisição de dados houve redução de 30% no desperdício, o que representa um impacto direto de produtividade e, consequentemente de faturamento – afirma o empreendedor Bueno.Aposta no futuro ajudam no desenvolvimentoOutra já contemplada com o Sinapse de Inovação é a joinvilense Agtech Agrize, nascida em 2016 com o nome Bauer Aerosystems (Bauer significa agricultor em alemão), que está despontando por entregar soluções de monitoramento aéreo, inteligência e controle de cultivos agrícolas. A startup recebeu um investimento neste ano de cerca de R$ 2,7 milhões para aprimorar as tecnologias que buscam aumentar a eficiência, o conhecimento e a produtividade pelo agricultor. De acordo com o sócio da Agrize, Igor Luduwichack da Silva, a proposta foi criada quando ele ainda era universitário como parte de um projeto disciplinar e agora é utilizada por agricultores em lavouras de arroz, por exemplo. Segundo ele, o sistema consiste em registrar imagens multiespectrais por meio de sensores aéreos capazes de identificar pragas, deficiências nutricionais e outras variantes, além de possibilitar pulverização de forma precisa com o uso de drones. Fatores estes que podem potencializar e otimizar o manejo.– Essas informações são de alto valor agregado para a tomada de decisão do produtor agrícola e o que temos visto e identificado junto deles é que todos têm essa necessidade e estão abertos a conhecer essas soluções tecnológicas. Temos no Estado diversas empresas com esse diferencial não só porque o agronegócio vai bem economicamente, como as perspectivas de futuro nos levam a encarar esse desafio. Por exemplo, a ONU afirma que no ano de 2050 a população mundial deve aumentar de sete para 10 bilhões de pessoas, enquanto a produção de alimentos terá de aumentar em 70%, por isso acreditamos que a tecnologia e a inovação vão permitir com que se produza mais alimentos de forma sustentável e com menos recursos aplicados – avalia positivamente Luduwichack.Porto Alegre, RSA NotíciaConheça tecnologias criadas em Joinville que estão surpreendendo o setor agrícolaA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-conheca-tecnologias-criadas-em-joinville-que-estao-surpreendendo-o-setor-agricola-10527656Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24615107Primeiro vocalista do AC/DC fará show em JoinvilleEle realiza um tributo à uma das maiores bandas de rock da história, além de cantar músicas próprias 2018-08-03T20:50:35-03:002018-08-03T20:50:35-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoPrimeiro vocalista do AC/DC fará show em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24615107Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-primeiro-vocalista-do-ac-dc-fara-show-em-joinville-10527510Primeiro vocalista do AC/DC fará show em JoinvilleEle realiza um tributo à uma das maiores bandas de rock da história, além de cantar músicas próprias 2018-08-03T20:50:35-03:002018-08-03T20:50:35-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO primeiro vocalista da banda AC/DC, Dave Evans, estará em Joinville em novembro para um show exclusivo em um encontro que celebrará uma das maiores bandas do mundo. Ele se apresenta no Teatro da Liga no AC/DC Day, um mini festival com duas horas de show de Dave Evans e sua banda e da banda AC/DC Cover Brazil, além de exposição de relíquias e colecionáveis. No show, Dave Evans terá um repertório com composições de sua carreira solo, do AC/DC na fase Bon Scott e do Rabbit. O músico foi um dos fundadores e primeiro vocalista da banda AC/DC. Com a banda, gravou o single com as faixas Can I Sit Next To You Girl e Rockin’ In The Parlour. Antes de sua saída, em 1974, ainda ajudou a compor músicas como Rock’n’Roll Singer, posteriormente gravada na voz de Bon Scott. Ainda em 1974, passou a integrar outro grande nome do rock australiano, o Rabbit, gravando dois álbuns: Rabbit e Too Much Rock’n’Roll. A partir de 1979, seguiu em carreiro solo, onde se mantém gravando e fazendo turnês. O vocalista sempre declarou em entrevistas ao redor do mundo sobre sua vontade de retornar ao Brasil. Para celebrar sua vinda, será lançada uma edição comemorativa do primeiro single do AC/DC, gravado, originalmente, em 1974. Para encerrar a noite, a banda catarinense AC/DC Cover Brazil realizará um mini show com um repertório especial.Agende-se:Quando: 14 de novembro, quarta-feira (véspera de feriado), às 22 horas.Onde: Teatro da Liga, na Liga da Sociedade Joinvilense (rua Jaguaruna, 100, Centro)Quanto: pista a R$ 30 (promocional no primeiro lote) e camarote superior a R$ 50 (promocional no primeiro lote). Os ingressos serão vendidos no site Portal Ticket e ainda não estão disponíveis.Porto Alegre, RSA NotíciaPrimeiro vocalista do AC/DC fará show em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-geral-joinville-primeiro-vocalista-do-ac-dc-fara-show-em-joinville-10527510Change0Usable