Joinville vacina 81% do público-alvo em campanha contra a Influenza neste ano - A Notícia

Vers?o mobile

 

Saúde11/06/2018 | 10h39Atualizada em 12/06/2018 | 08h20

Joinville vacina 81% do público-alvo em campanha contra a Influenza neste ano

Ainda que a campanha já tenha encerrado, as unidades de saúde do município continuarão distribuindo as doses que constam no estoque

Joinville vacina 81% do público-alvo em campanha contra a Influenza neste ano Marco Favero/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS
A Notícia
A Notícia

Joinville atingiu a marca 81,33% do público-alvo previsto para ser imunizado na Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza neste ano. O balanço da Secretaria da Saúde indica que das 137.007 pessoas integrantes do grupo previstas para serem imunizadas, 111.423 receberam a dose até a última sexta-feira (8). 

Ainda que a campanha já tenha encerrado no dia 8 de junho, as 54 unidades de saúde e a sala de imunização central, na rua Abdon Batista, continuarão distribuindo as vacinas ao público-alvo, enquanto houver doses disponíveis.  

Crianças e gestantes estão entre os grupos prioritários que ficaram pouco acima de metade do objetivo. Entre as crianças até 5 anos, da previsão de vacinar 32.340, foram imunizadas 19.410 (60,02%). A meta para gestantes era de 6.023, sendo que apenas 3.417 (56,73%) procuraram as unidades de saúde.

PÚBLICO-ALVO DA CAMPANHA:
-
Crianças entre 6 meses e 5 anos;
- Funcionários do sistema prisional;
- Gestantes;
- Idosos (pessoas com 60 anos ou mais);
- Mulheres em período pós-parto;
- Professores;
- População privada de liberdade;
- Portadores de doenças crônicas;
- Profissionais da área da saúde.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:
- Crianças: carteira de vacinação;
- Gestantes e mulheres em período pós-parto e idosos: carteira de vacinação ou documento pessoal com foto;
- Professores: folha de pagamento do último mês ou do mês presente ou declaração assinada pelo diretor da instituição de ensino onde a pessoa trabalha e documento pessoal com foto;
- Portadores de doenças crônicas: cartão de vacinação para vacinas especiais ou receita médica que informe o diagnóstico do paciente;
- Profissionais da área da saúde: carteira de identidade profissional ou crachá de onde a pessoa trabalha;
- Funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade recebem a vacina em visitas realizadas pela unidade responsável pelo serviço.

Para verificar todos os 54 postos de vacinação, acesse o site da Prefeitura, clicando aqui

 
A Notícia
Busca