Estado anuncia repasse de R$ 3 milhões mensais para o Hospital São José de Joinville - A Notícia

Versão mobile

 

 

Saúde07/06/2018 | 12h58Atualizada em 07/06/2018 | 12h59

Estado anuncia repasse de R$ 3 milhões mensais para o Hospital São José de Joinville

Governador anunciou parceria com o município na manhã desta quinta-feira

Estado anuncia repasse de R$ 3 milhões mensais para o Hospital São José de Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) anunciou uma parceria com o município de Joinville para o repasse mensal de R$ 3 milhões para ajudar no custeio do Hospital Municipal São José. O anúncio foi realizado na manhã desta quinta-feira durante visita à cidade. Os pagamentos do Estado devem começar a partir de julho.

Segundo Moreira, o compromisso foi firmado a partir da análise das demandas apresentadas pelo prefeito Udo Döhler (MDB) antes da greve dos caminhoneiros. A reivindicação foi de repasse de R$ 4 milhões, mas como há incertezas em relação à economia depois da paralisação em todo o país o valor a ser pago mensalmente será R$ 1 milhão abaixo.

— A qualidade do atendimento na área da saúde do município de Joinville, que já é exemplo para outras cidades do Estado e do Brasil, vai melhorar ainda mais agora com a parceria do governo de Santa Catarina — garantiu o governador.

Inicialmente, os recursos serão repassados do tesouro e do fundo social do Estado para a Prefeitura. Isso até que os secretários estadual e municipal da saúde consigam viabilizar a transferência mensal do Fundo Estadual da Saúde para o Fundo Municipal. O convênio vai até dezembro, mas pode ser renovado pelo próximo governador, que será definido em outubro.

De acordo com o governador, o Estado já faz um investimento mensal de R$ 59 milhões para hospitais públicos de Joinville. Agora, haverá o incremento do recurso anunciado para o Hospital São José, que antes não recebia repasses direto do governo estadual.

Os R$ 4 milhões prometidos pelo governo estadual representam 25% de todo o custo do Hospital São José. São gastos mensalmente R$ 16 milhões, sendo R$ 12 milhões com folha de pagamento.

— Nossa expectativa é de que no futuro, o Estado possa absorver uma parte maior porque compete ao município atender a atenção básica. A média e alta complexidade é dever do Estado — afirmou Udo Döhler.

Apesar disso, o prefeito se mostrou satisfeito com o compromisso do governador. Para ele, os valores são essenciais para o município, que compromete 41% do orçamento na área de saúde, enquanto a média estadual é de 22%. Segundo Udo, esse é um primeiro passo para que no futuro a transferência de recursos seja ainda maior.

Confira outras reivindicações da Prefeitura ao Estado:

Saúde

- A Prefeitura de Joinville pediu que recursos do Estado destinado ao Centrinho Luiz Gomes passem de R$ 50 mil para 500 mil reais, e que sejam pagos os repasses em atraso do Fundo Estadual de Saúde, que somam R$ 11.647.750,91, no momento.

Infraestrutura

- A solicitação é que sejam liberados R$ 50 milhões do Fundo de Apoio aos Municípios, Fundam II, para obras na avenida Edgar Nelson Meister e na rua Hans Dieter Schmidt, assim como a descentralização de recursos para as ruas Copacabana (R$ 650 mil) e Estrada Timbé.

- Outras reivindicações se referem ao corredor de ônibus da rua 9 de Março, a revitalização da Rua XV de Novembro (R$ 3.837.154,17), desapropriações da Avenida Santos Dumont (R$ 7 milhões) e fiação subterrânea no Centro e no Mirante, no Morro do Boa Vista.

Segurança

- No assunto segurança, foram requeridas mais 100 unidades de câmeras de monitoramento, projeto de reestruturação da 2ª Delegacia Regional de Polícia, e que seja implantado um posto da Polícia Militar no aeroporto, por solicitação da Infraero. Também está na lista o convênio com o Corpo de Bombeiros Voluntários e Bombeiros Militares, e a criação de uma vara especializada em mulheres.

- Ainda faz parte da pauta outros temas de interesse do município: Escola Digital, Porta do Mar, Centro de Inovação, Ceasa, Baía da Babitonga e Museu Nacional de Imigração e Colonização.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCepat divulga vagas de emprego em Joinville nesta segunda-feira https://t.co/m2Ox0itJV4 #LeianoANhá 4 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaServidores municipais iniciam greve por tempo indeterminado em Joinville https://t.co/OeP3dekeGq #LeianoANhá 5 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca